sexta-feira, 1 de julho de 2016

Policia Militar frustra roubo a caixa eletrônico em Baía Formosa, RN

Uma quadrilha tentou explodir uma agência bancária do Bradesco na madrugada desta quinta-feira (30) no município de Baía Formosa, no litoral Sul do Estado. Segundo a polícia, cerca de 10 criminosos chegaram à cidade em dois carros e uma motocicleta e invadiram o banco.
Ao chegar ao município, à quadrilha efetuou diversos disparos. Diante dos tiros, populares informaram a polícia, que entrou em diligência na tentativa de capturar os bandidos. “Nós não conseguimos prender os suspeitos, mas acredito que a nossa ação evitou que eles conseguissem levar o dinheiro do caixa”, revelou o Cabo Carlos, do Destacamento de Polícia Militar de Baía Formosa. 
Com a ação dos criminosos, o caixa eletrônico chegou a ser violado, mas os bandidos não conseguiram levar odinheiro. Nas proximidades do Destacamento da cidade, os policiais encontraram cápsulas de calibre .40, que é de uso exclusivo de forças de segurança. Enquanto isso, perto da agência bancária, os militares encontraram uma máscara.
A tentativa de roubo ao banco aconteceu por volta das 3h e, de acordo com a polícia, acredita-se que os suspeitos tenham chegado à cidade em dois carros: um gol preto e um Sandero vermelho.
NO MINUTO

Santana do Matos: Aumento para os vereadores.

Segundo informações postadas em redes sociais, os vereadores santanenses deram uma aumento a eles próprios na ultima terça-feira vejam:
Após esta postagem a população santanense postaram alguns comentário vejamos:

Seara entrega mais 34 bibliotecas rurais no Seridó,Santana do Matos será contemplada



A Secretaria de Assuntos Fundiários e Apoio à Reforma Agrária (Seara) fará a entrega de 34 bibliotecas rurais para 16 municípios da região do Seridó também na sexta-feira (8). Deste total, 20 bibliotecas serão do Programa de Biblioteca Rural Arca das Letras e 14 serão minibibliotecas rurais, fruto de parceria entre o Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) e o Programa de Minibibliotecas da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa).
O Arca das Letras é um programa de bibliotecas rurais e de formação de agentes de leitura coordenado pela Secretaria de Reordenamento Agrário (SRA) do MDA, e no Rio Grande do Norte é executado pelo Governo do Estado, através da Seara. Tem como objetivo fortalecer as respectivas iniciativas de incentivo à leitura no meio rural e, principalmente, de oferecer aos seus beneficiários uma gama de conteúdos diversos que contribuam com as estratégias locais de incentivo à leitura e à inclusão produtiva. Os municípios beneficiados com a ação são: Caicó, Acari, Jardim de Piranhas, Cerro Corá, Florânia, Lagoa Nova, Carnaúba dos Dantas, Jucurutu, Bodó, Currais Novos, Santana do Seridó, São João do Sabugi, Santana do Matos, Tenente Laurentino, Timbaúba dos Batistas e Jardim do Seridó.

Receita aponta que patrimônio da mulher de Cunha cresceu 149% em seis anos

mulher de cunha
Segundo dados da Receita, o patrimônio da jornalista Cláudia Cruz, mulher do presidente afastado da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), cresceu de R$ 1.617.519,09, em 1.º de janeiro de 2008, para R$ 4.029.025.65, em 31 de dezembro de 2014, uma evolução de 149%. A mulher de Cunha é ré em ação penal na 13ª Vara Federal Criminal, do juiz Sérgio Moro, em Curitiba, por lavagem de dinheiro e evasão de divisas.

Dilma decide não depor na comissão do impeachment

A presidente afastada, Dilma Rousseff, decidiu não depor pessoalmente à comissão do impeachment no Senado na próxima quarta-feira (6). Seu advogado, o ex-ministro José Eduardo Cardozo, deve falar no lugar da petista.
A Folha de São Paulo destaca que Dilma não era obrigada a comparecer no depoimento agendado para a próxima semana, e aliados avaliam que, caso seja para ir pessoalmente ao Senado, que o faça no plenário, não na comissão especial.
No colegiado, a presidente afastada poderia ser diretamente questionada por senadores e por uma das autoras do pedido de impeachment, a advogada Janaína Paschoal. A petista ainda pode mudar de ideia, mas a tendência é que não fale à comissão.

Nova regra permite que governo corte bolsas de estudos já concedidas

Uma das principais agências do governo federal responsáveis pelo fomento de estudos no exterior –como no programa Ciência sem Fronteiras– pode, a partir de agora, cancelar bolsas de pesquisa já concedidas devido à restrição orçamentária.
A decisão foi publicada em junho em uma nova portaria que regulamenta as bolsas no exterior da Capes, agência de fomento vinculada ao MEC.
A norma define que a agência “poderá cancelar a carta de concessão emitida em função de restrição orçamentária”. Mesma coisa pode acontecer devido “documentação com dados parciais, incorretos ou inverídicos”.
Isso significa que pedidos concedidos não têm garantia de assinatura de contrato. A regra vale de graduação a pós-doutorado fora do país.
A nova norma surge no momento em que o Senado vai decidir se dará continuidade ao programa federal de intercâmbio Ciência sem Fronteiras. A proposta está tramitando em projeto de lei –e tem causado controvérsias.
A SBPC (Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência), por exemplo, apoia o Ciência sem Fronteiras, mas tem torcido o nariz para a proposta do Senado.
Em carta divulgada em junho, a entidade diz que a definição do financiamento do programa no projeto de lei “está vaga, imprecisa e aberta o suficiente para que o programa venha a ter problemas tanto de orçamento como de liberação de recursos.”
Lançado em 2011, o programa sobrevive com recursos das pastas de Educação e de Ciência. Conforme a Folha apurou, o receio é que o governo aprove novas concessões de bolsas que não consiga pagar.
De acordo com assessoria de imprensa da Capes, apenas bolsas concedidas a partir de agora estarão submetidas ao novo regulamento.
Em nota, a Capes afirma que “não há nenhuma referência a interromper bolsa de estudos em andamento por corte orçamentário.”
“Todos os bolsistas da Capes possuem garantia de terminar seus estudos, desde que possuam mérito e estejam cumprindo com as obrigações previstas.”
Para quem está estudando fora, o rumor de que a crise financeira poderia abalar as bolsas vigentes e a incerteza da continuidade do programa têm causado insônia.
A especulação, dizem os bolsistas, surgiu diante da lentidão do governo em responder demandas dos cientistas que estão nas universidades estrangeiras.
“Toda vez que se faz qualquer alteração no projeto, precisamos entrar em contato com eles [a agência de fomento], justificar e pedir autorização”, diz Júlia* (nome fictício). A bolsista prefere não se identificar.
PÂNICO
“Às vezes, eles demoram mais de três meses para responder”, diz. “Com todas as falhas de comunicação, tenho quase pânico. O medo maior é ter de restituir o valor recebido da bolsa [caso o pedido de renovação seja negado definitivamente], o que giraria em torno de meio milhão de reais. ”
Quem mais tem reclamado de “falha de comunicação” entre bolsistas e governo são os pós-graduandos que tiveram a renovação da concessão da bolsa negada depois de apresentação do relatório de desempenho acadêmico (cada ano, os bolsistas devem pedir renovação da concessão mediante relatório).
Como a Folha informou em reportagem recente, quatro bolsistas relataram enfrentar problemas financeiros e até legais por causa da interrupção da bolsa durante o processo de renovação.
Dois deles tiveram a bolsa renovada após a publicação da reportagem; outros dois ainda aguardam retorno da agência de fomento.
De acordo com dados solicitados pela Folha, a agência recebeu 715 pedidos de renovação de concessão de bolsa de doutorado pleno no exterior neste ano. Desses, 22 pedidos foram, ainda na gestão anterior, negados “por questões de baixa qualidade”.
De quem teve o relatório negado, um foi definitivamente indeferido e outros seis foram aceitos depois de recurso. Ainda há 15 pedidos em avaliação pela Capes.

Como funciona

Contrato
Bolsista assina um contrato de quatro anos com o governo
Renovação
A cada ano, o bolsista deve enviar um relatório três meses antes da renovação da concessão da bolsa para análise da agência de fomento. Não há renovação automática
Recurso
Se a agência negar o pedido de renovação, o bolsista pode entrar com um recurso em até dez dias. Não há prazo estipulado para que a agência de fomento responda o recurso
Devolução
Se o pedido de renovação da concessão foi indeferido definitivamente, o bolsista deve retornar ao Brasil e devolver ao governo o dinheiro investido
COMO FICA AGORA Com a nova portaria, a Capes pode cancelar bolsas de pesquisa concedidas devido à restrição orçamentária
De 715 pedidos de renovação de concessão de bolsa de doutorado pleno no exterior, 22 foram negados.
Um foi indeferido definitivamente, seis foram aceitos depois do recurso e 15pedidos estão em avaliação

Currais Novos: 19ª Edição da Exponovos acontece no final de semana

A 19ª Exponovos, uma das maiores exposições de animais do Seridó, acontece nos próximos dias 8, 9 e 10 de julho em Currais Novos e deve reunir em torno de mil animais, entre bovinos, caprinos e ovinos no Parque de Exposições José Bezerra de Araújo. Além do julgamento de raças, torneio leiteiro e leilão, o evento vai contar com shows culturais, feira de artesanato regional e mostra de máquinas e implementos agrícolas. A abertura oficial está marcada para as 20h de sexta-feira (8) com a presença do governador Robinson Faria, secretário de Agricultura Guilherme Saldanha e presidente da Assembleia Legislativa, Ezequiel Ferreira, entre outras autoridades.
A Exponovos faz parte do Circuito Estadual de Exposições Agropecuárias realizado pelo Governo do Estado por meio da Secretaria Estadual de Agricultura, Pecuária e Pesca (Sape). A programação começa na sexta-feira (8) com admissão e mensuração dos animais, palestras e torneio leiteiro. No sábado (9) tem início o julgamento de caprinos e ovinos e palestras da Emater, Emparn e Idiarn. À noite, a partir das 18h30, acontece o Leilão do Seridó Emparn & Convidados, com 30 lotes de animais. No domingo ocorre a ordenha das cabras leiteiras pela manhã e às 12h a exposição se encerra.
O evento é realizado pela Sape em parceria com a Associação Norte-rio-grandense de Criadores (Anorc), Associação Norte-rio-grandense de Criadores de Ovinos e Caprinos (Ancoc), Assembleia Legislativa, Banco do Brasil, Banco do Nordeste, Faern/Senar, Ceasa, Emater, Emparn, Idiarn e E.M. Leilões.
Emater entrega equipamentos para Centrais de Comercialização do Compra Direta
Na sexta-feira à noite (8) a Emater também realiza entrega de itens para o Projeto de Apoio e Modernização das Centrais de Comercialização, dentro do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA-Compra Direta). Entre os itens estão balanças de 30 kg; balanças de 300kg; computadores e veículos, tipo caminhoneta leve (Saveiro). Serão beneficiados mais 10 municípios da região – Acari, Bodó, Cerro Corá, Cruzeta, Currais Novos, Florânia, Lagoa Nova, Santana do Matos, São Vicente, Tenente Laurentino e Serra Caiada.
O projeto totaliza R$ 9 milhões e é resultado da parceria entre o Governo do Estado e o Ministério de Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), firmada em 2013. Ao todo, serão beneficiados 161 municípios com a estruturação das Centrais de Comercialização do PAA-Compra Direta. Os primeiros a receberem os equipamentos foram Jardim do Seridó, Carnaúbas dos Dantas e Santana do Seridó, no início deste mês.
Dentro da 19ª Exponovos, acontecera a entrega de Secretaria de Assuntos Fundiários e Apoio à Reforma Agrária (Seara) fará a entrega de 34 bibliotecas rurais para 16 municípios da região do Seridó.
PROGRAMAÇÃO 19ª EXPONOVOS
SEXTA-FEIRA (08)
8H – INÍCIO DAS ATIVIDADES DA 19º EXPONOVOS, COM ADMISSÃO E  MENSURAÇÃO DOS ANIMAIS
12H – ENCERRAMENTO DA ENTRADA DE ANIMAIS
14H – PALESTRA IDIARN – TEMA: RAIVA
18H – NIVELAMENTO DO TORNEIO LEITEIRO MUNICIPAL DE CAPRINOS
20H – ABERTURA OFICIAL DA 19º EXPONOVOS
SÁBADO (09)
6h – 1º ORDENHA DAS CABRAS LEITEIRAS
8h – INÍCIO DO JULGAMENTO DE CAPRINOS E OVINOS
8h30 – PALESTRA EMATER – TEMA: CAR (CADASTRO AMBIENTAL RURAL)
14h – PALESTRA EMPARN – TEMA: ALIMENTAÇÃO DO REBANHO NA SECA
15h – PALESTRA IDIARN – TEMA: COCHONILHA DO CARMIM 18h – 2ª ORDENHA DAS CABRAS LEITEIRAS
18h30 – LEILÃO DO SERIDÓ EMPARN & CONVIDADOS
DOMINGO (10)
6h – 3º ORDENHA DAS CABRAS LEITEIRAS
11h – INÍCIO DA SAÍDA DOS ANIMAIS
12h – ENCERRAMENTO DA 19ª EXPONOVOS

Florânia: lei de contratação temporária de servidores é declarada inconstitucional


Florânia: Lei de contratação temporária de servidores é declarada inconstitucional
Os desembargadores que integram o Tribunal Pleno do TJRN julgaram procedente pedido formulado pela Procuradoria Geral de Justiça em Ação Direta de Inconstitucionalidade para declarar inconstitucional a Lei nº 715/2013, do Município de Florânia, por contrariar o artigo 26 da Constituição Estadual. A relatoria foi do desembargador Dilermando Mota, cujo voto foi acompanhado à unanimidade pela Corte potiguar.
Na ação, a PGJ alega que a lei autorizou a contratação temporária de servidores públicos para diversos cargos que são de natureza permanente, tais como, médico, fonoaudiólogo, farmacêutico, ASG, nutricionista, professor, motorista, entre outros, sem especificar nenhuma situação excepcional que pudesse justificar o afastamento da regra do concurso público.
Segundo o órgão, o município trouxe apenas mera justificativa genérica de que os cargos seriam necessários para “atendimento urgente a exigências do serviço, em decorrência da falta de pessoal concursado e para evitar o colapso nas atividades”.
De acordo com o desembargador Dilermando Mota, a questão é polêmica e foi debatida pelo Supremo Tribunal Federal, no que diz respeito à competência para julgar Ação Direta de Inconstitucionalidade de leis ou atos normativos estaduais ou municipais contrários à Constituição Estadual, quando as normas desta última constituem mera reprodução de preceitos da Constituição Federal, como é o caso da presente demanda.
Segundo o voto, o Supremo Tribunal Federal reviu o posicionamento, deixando assentado que a competência seria mesmo dos Tribunais de Justiça, em razão do artigo 125 da Constituição Federal não contemplar qualquer exceção, pouco importando a ocorrência de repetição na Constituição Estadual de norma da Constituição Federal.
Para o desembargador, a lei contestada não especifica concretamente a contingência fática que evidenciaria a situação de emergência, deixando a cargo do chefe do Poder Executivo Municipal a tarefa de fazê-lo. “Com isso, o seu único propósito é o de utilizar a contratação temporária de excepcional interesse público como válvula de escape para fugir à regra da obrigatoriedade do concurso público para ingresso no serviço público”, define Mota.

Casa da Moeda interrompe produção de passaporte por falha em máquina

Agência Brasil: A Casa da Moeda informou nesta quinta-feira (30) que a produção de passaportes comuns e de urgência ficará temporariamente parada por causa de uma falha em um dos equipamentos usados para essa finalidade
O órgão também informou que a produção de passaportes deverá ser retomada na semana que vem. Até lá, vai buscar uma alternativa para acelerar a emissão dos documentos.
A nota também afirma que já foi feita a encomenda do equipamento que vai substituir o que estragou. A máquina virá da Alemanha.
No texto, a Casa da Moeda pede desculpas à população pelo "transtorno".
Também em nota, a Polícia Federal informou que, devido ao problema com a máquina, "não poderá cumprir os prazos de entrega inicialmente previstos nos postos de emissão de passaportes".
Na nota, a PF pede desculpas à população, mas informa que "a normalização do serviço depende exclusivamente da Casa da Moeda do Brasil".
Em São Paulo, a PF oferece a "entrega urgente" do passaporte com o pagamento de uma taxa extra de R$ 77.
Falta de papel
Também neste mês, a Casa da Moeda já enfrentava problemas para entregar os passaportes devido à falta de material para produzir as capas dos documentos.
No último dia 16, o órgão informou que, devido à falta de material, o prazo para entrega dos passaportes, que normalmente é de uma semana, poderia durar até 45 dias, dependendo do caso.
Veja a íntegra da nota da Casa da Moeda:
A Casa da Moeda do Brasil (CMB) informa que, por conta de um problema num dos equipamentos, a produção dos documentos (comuns e de urgência) foi temporariamente interrompida.
A empresa já solicitou a substituição da peça com defeito, que virá da Alemanha.
A produção de passaportes deve ser retomada na próxima semana. Em paralelo, a CMB busca uma alternativa para agilizar a retomada da produção.
A CMB se desculpa com a população por todos os transtornos.

Câmara de Jucurutu nega aumento de 77% nos salários dos vereadores

Nesta quinta-feira (30), um boato envolvendo o possível aumento de 77% nos vencimentos dos vereadores da Câmara Municipal de Jucurutu, interior do RN, tomou conta das redes sociais. O salário dos parlamentares, que atualmente é de R$ 3.500,00, passaria para R$ 6.200,00 a partir de janeiro. O reajuste, de fato, acontecerá, mas em nota a Câmara explicou a situação. Confira.
A respeito do assunto que está sendo repercutido nas redes sociais, referente aos projetos de leis aprovados nas sessões ocorridas no dia 29/06/2016 na Câmara Municipal de Jucurutu, por dever de ofício, temos que esclarecer algumas informações, que estão sendo distorcidas, não guardando nexo com a realidade. Os principais equívocos que estão sendo comentados são as seguintes:
1º comentário: “os vereadores aumentaram seus salários em quase 80%”
A VERDADE: a diferença será de apenas R$ 200,00 (duzentos reais) mensais a mais em relação ao que ganham atualmente, o que representa aumento de somente 3,33%.
2º comentário: “os salários dos vereadores passaram de 3,5 mil para 6 mil”
A VERDADE: é preciso explicar, como é direito de todo cidadão e está disponível o acesso para quem quiser pela internet, que o vereador já recebe atualmente R$ 6.000,00 (seis mil reais) por mês, que é a soma dos subsídios (R$ 3.500,00) mais a verba indenizatória (R$ 2.500,00) e os parlamentares que eventualmente forem eleitos em outubro próximo vão receber R$ 6.200,00 (seis mil e duzentos reais) mensais.
3º comentário: “eles aumentaram os próprios salários”
A VERDADE: vereadores são proibidos por lei de aumentar os salários deles próprios. Eles aprovaram a lei que estabelece os valores dos parlamentares que vão trabalhar na legislatura seguinte, que começa em 2017 e vai até 2020, conforme obriga a Constituição Federal em seu art. 29º, inciso VI – b “o subsídio dos Vereadores será fixado pelas respectivas Câmaras Municipais em cada legislatura para a subseqüente, observado o que dispõe esta Constituição…”.
4º comentário: “nesses tempos de crises, eles aumentaram os gastos da prefeitura”
A VERDADE: Não há aumento de despesas com relação aos valores que foram aprovados, pois o dinheiro utilizado para esses pagamentos é o mesmo que já é repassado todo mês para a Câmara de Vereadores, no percentual estabelecido pelo art. 29º – A, inciso I, da Constituição Federal, para município do porte de Jucurutu, que diz: “O total da despesa do Poder Legislativo Municipal, incluídos os subsídios dos Vereadores e excluídos os gastos com inativos, não poderá ultrapassar os seguintes percentuais, relativos ao somatório da receita tributária e das transferências previstas no § 5o do art. 153 e nos arts. 158 e 159, efetivamente realizado no exercício anterior: I – 7% (sete por cento) para Municípios com população de até 100.000 (cem mil) habitantes”.
5º comentário: “isso é um absurdo, um aumento desses pra quem ganha muito”
A VERDADE: Há 5 anos não havia correções de qualquer natureza sobre os rendimentos dos vereadores, já que os vencimentos atuais foram criados em 2012, sendo que nos últimos 4 anos (2013 a 2016) a inflação acumulada já totaliza cerca de 30%, o que significa dizer que o salário atual já é defasado, e considerando a projeção de inflação prevista para o período de 2017 a 2020, ao final do próximo mandato (2020) cada vereador terá acumulada um perda de quase 50%,  com valor equivalente ao que ganhavam em 2013.
Diante dos esclarecimentos acima expostos, reafirmamos nosso total compromisso com o povo e com as leis que regem o nosso país, certos de estarmos exercendo nossas obrigações legais no fiel dever e responsabilidade que nos são atribuídos pela população de Jucurutu.

MPF quer reforço na fiscalização contra retirada de areia das margens do Rio Piranhas-Açu

O Ministério Público Federal (MPF) em Assu enviou uma recomendação ao Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Idema/RN) e a seis municípios da região para que reforcem a fiscalização sobre as retiradas irregulares de areia e argila das margens do Rio Piranhas-Açu. A prática ilegal põe em risco o abastecimento da população local, contribuindo com o assoreamento do curso d’água e, segundo denúncias, estaria sendo promovida até mesmo por prefeituras da área.
“Em um contexto de escassez de água, como o que vivemos atualmente no nosso semiárido, torna-se ainda mais danosa a agressão ao leito do Rio Açu para a retirada de areia, prática que pode até mesmo comprometer o abastecimento de municípios inteiros na região. Por isso, é importante que todos os órgãos atuem de modo mais eficaz no combate a esse crime”, destaca o autor da recomendação, o procurador da República Victor Queiroga.
Os municípios alvo da recomendação são Pendências, Alto do Rodrigues, Carnaubais, Ipanguaçu, Itajá e Assu. Eles devem, junto com o Idema, promover não só o reforço na fiscalização, como também instalar placas sinalizadoras nas margens do rio alertando sobre a proibição da exploração de areia e argila, com a seguinte informação: “a extração de areia sem a autorização do DNPM e do órgão ambiental é crime, conforme art. 2º da Lei n° 8176/91 e art. 55 da Lei nº 9605/98”.
Outra forma de atuação das prefeituras, recomendada pelo MPF, é impedir empresas que se utilizam de areia como matéria-prima venham a obter alvará de funcionamento se não comprovarem o devido licenciamento junto ao Idema e ao Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM).
As informações obtidas pelo MPF são de que, atualmente, só há fiscalização no Rio Piranhas-Açu quando ocorrem denúncias sobre irregularidades no local. De acordo com a recomendação, o Idema deverá enviar ao Ministério Público Federal, no prazo de 30 dias, cronograma das fiscalizações a serem executadas.

Bodó: Multidão na procissão marca o encerramento da Festa de São Pedro

Encerramento na noite da quarta feira(29) os festejos em alusão ao padroeiro São Pedro do município de Bodó a 35Km aqui de Santana do Matos .
A festa começou no último dia 17 e desde então levou aos Bodoenses e visitantes momentos de oração, e entretenimento e Fé.
 Fotos: de Tony Macedo

Jucurutu: Vereadores aumentam próprios salários em 77%

G1RN:Os vereadores de Jucurutu, cidade da região Oeste do Rio Grande do Norte, aprovaram um aumento de 77% nos próprios salários. Atualmente o salário de um vereador em Jucurutu é de R$ 3.500. Com o reajuste o valor passa para R$ 6.200. O reajuste não é imediato e o novo valor é para a legislatura de 2017 a 2020. A votação aconteceu na sessão da última terça-feira (28). Também foram aprovados reajustes dos salários do prefeito e vice e de secretários municipais.
O aumento de 77% foi proposto pela mesa diretora da Câmara. Dos onze vereadores, sete votaram a favor do aumento, dois contra e outros dois não compareceram à sessão. A Câmara Municipal de Jucurutu tem uma sessão por semana, realizada sempre às terças-feiras. Jucurutu tem 18.450 habitantes, segundo estimativa do IBGE de 2015.
O presidente da Câmara Municipal de Jucurutu, vereador Rubinho Alves (PMDB), justificou que o aumento é para "compensar' o cancelamento de uma verba indenizatória de R$ 2.500 por recomendação do Tribunal de Contas do Estado.
"Um município que não tem merenda escolar, não está pagando o transporte escolar, está com o pagamento de fornecedores atrasados, falta o básico para o município funcionar, e os vereadores aumentam o próprio salário em quase 100%. Isso é um absurdo", disse o vereador Marcio Soares (PR), um dos que votaram contra o reajuste. Ele chegou a apresentar uma emenda para reduzir os salários em 30%, mas a emenda não foi aprovada.
Os salários do prefeito e vice vão subir 30% e dos secretários municipais 30%. O prefeito que atualmente recebe R$ 12 mil vai receber R$ 15.600 por mês. O atual prefeito George Queiroz (PMDB) adminitiu a dificuldade financeira do município, mas disse que concorda com o reajuste já que, segundo ele, desde 2008 o cargo não tem aumento.

quinta-feira, 30 de junho de 2016

Santana do Matos: Começa a operar betoneira para o preparo de asfalto no VII Distrito Rodoviario

Foi iniciado teste, na tarde desta quarta-feira, 29, a betoneira para produzir asfalto no VII Distrito Rodoviário aqui em Santana do Matos . 
E esperado uma boa produção para os próximos meses, e com boa qualidade
O acionamento foi acompanhado pelo chefe do VII Distrito Francisco de Assis Macedo, Joao Maria de Macedo chefe do soo, o dono da Junior Guedes dono da empresa JG Construções acompanhado dos engenheiros da empresa RodrigoFernandes, Adroaldo Lacerda.