sábado, 29 de setembro de 2018

Parelhas parou para sepultamento de Claudimar Jefferson de Melo, de 17 anos


Aconteceu na tarde dessa sexta-feira o sepultamento do estudante Claudimar Jeferson da Silva Melo,17 anos que foi assassinado com um tiro na cabeça com requintes de crueldade e teve corpo carbonizado.

Claudimar sumiu de casa em Parelhas no sábado (22), por volta do meio-dia, dizendo ao pai apenas que “ia ali e voltava”.

José Dias aposta na experiência e na ficha para ser eleito deputado estadual

 
Experiente, ficha limpa e conhecedor profundo das tramitações de projetos no poder legislativo. Essas são algumas das características políticas do deputado estadual José Dias, do PSDB, candidato à reeleição. Destemido, José Dias é enfático ao afirmar que para cada projeto que se crie, é preciso acabar com cinco. Para ele, o excesso de projetos é puro fortalecimento do corporativismo, o que cria dificuldades para o Estado.
De acordo com o deputado, que vai em busca do nono mandato, a luta fundamental, do qual tudo depende, é pela recuperação do poder público brasileiro. “O Brasil tem um déficit fiscal de R$ 54 bilhões por ano, que pode ficar maior. No nosso estado, a situação é ainda mais grave, porque não se permite apresentação de déficits no orçamento. Hoje, só Deus sabe quanto é o déficit potiguar, mas é crescente, incontrolável e desconhecido. É nisso que vou trabalhar – na recuperação do estado, como já venho fazendo”, detalhou José Dias.
O primeiro passo – na avaliação do deputado – é eleger gente experiente, equilibrada, prudente e democrática. O deputado acredita que tem muita gente apostando em sentimentos baixos: como frustração, ódio e vingança. Para ele, isso fará ainda um mal maior à política potiguar. José Dias busca justamente o oposto: o diálogo, o respeito e a tolerância, que são os elementos necessários para combater a corrupção.
Segundo José Dias, manifestações vêm sendo captadas pelas pesquisas que refletem protestos, frustrações e vinganças, com a gozação da classe política. Diante deste quadro, ele é candidato justamente pelo exemplo e serviços prestados ao estado por meio da atividade parlamentar. Ele acredita que o povo, na hora de votar, saberá discernir entre o político que quer o melhor para o Estado, com a geração de empregos e a justiça social, daqueles que se aproveitam da fragilidade do momento com soluções voluntariosas, escondendo um autoritarismo.
José Dias vem para a disputa política porque sabe que o seu eleitor não tem do que se envergonhar. Coloca-se como um candidato independente e que não pertence às oligarquias e nunca foi dominado pela corrupção. “Sou um candidato que não devo favores políticos. Não recebo recursos de empresas, nem de fundo partidário, nem mesmo de empresários que são meus amigos. São oito mandatos a serviço do povo, são 32 anos”, destacou Dias, que vê com tristeza a falta de apoio da classe dominante, que preferiu uma solução difícil e que resultará em um futuro ainda mais complicado para o Estado.
Deputado diz que governador sofreu sabotagem por grupos políticos tradicionais
O Rio Grande do Norte talvez seja o único estado em que a radicalização política não dá tréguas. É o que pensa José Dias. Para ele, as dificuldades de governar foram crescendo por este tipo de comportamento egoísta na política. Na prática, tudo pode ser resumido a uma frase: “se não fiz, não vou deixar que ninguém faça”. Segundo José Dias, essa atitude política está matando o estado e – sem medo de denunciar, embora não queira dar ‘nome aos bois’ -, o deputado afirma ser o canal ideal para que essas práticas não se repitam.
Na avaliação de José Dias, o povo precisa entender que o governo do Estado não é o único culpado por esta situação, e sim todos os poderes. “Não existe poder absoluto. As soluções têm que ser negociadas. Não tenho a mínima dúvida que a incansável disputa pelo poder máximo trouxe malefícios ao Estado. Houve ações negativas deliberadas. Como é que estados com a mesma situação – em termos de falta de recursos – tiveram destinos diferentes? Houve solução para o Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, mas com o Rio Grande do Norte funcionários do Tesouro Nacional tiveram uma visão misteriosamente diferente”, lamenta José Dias.
Para o deputado, o dinheiro que o governo federal estava prestes a liberar daria para resolver muitos problemas, inclusive o de pagamento de pessoal. “Eram recursos para todas as áreas. O que fizeram foi uma grande sabotagem. Isso precisa acabar no Estado. Aqui na Assembleia, fizemos um projeto e apresentamos para o Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal, com um grande acordo de bancadas. Seriam recursos para a infraestrutura. Estava tudo certo. De repente, tudo foi vetado em Brasília por forças ocultas do próprio Rio Grande do Norte. Estou pronto para combater esse tipo de coisa”, frisou José Dias.
José Dias é um deputado que doa sua verba de gabinete para instituições sociais que buscam resolver graves problemas, sem distinção da origem política ou ideológica. Para ele, o povo está começando a aprender a comandar e uma das provas se encontra em sua vida política, com oito mandatos sem escândalos. José Dias nasceu em Martins, começou a vida como um trabalhador na zona rural, é casado, tem um filho e é um católico fervoroso. É autor da lei que tornou o dia de Santos Mártires um feriado estadual, que é comemorado no dia 3 de outubro. Quando esteve em Roma, no Vaticano, para a canonização dos Mártires, foi com recursos próprios, mesmo representando a Assembleia Legislativa. José Dias é detentor das comendas dos Mártires, do Santuário da Esperança e é Ministro da Eucaristia.

AgoraRN

Radialista desiste de votar em Styvenson após entrevistá-lo

O radialista Alisson Amaral, conhecido como Alisson Cajuru de Jucurutu, gravou vídeo na última quinta-feira, 27, afirmando que desistiu de votar em Styvenson Valentim (Rede) para o Senado após constatar “arrogância” e “prepotência” dele ao entrevistá-lo numa rádio. O vídeo gravado pelo comunicador viralizou nas redes sociais.
Na gravação, Alisson pede desculpas aos amigos e se justifica. “Quero pedir desculpas a alguns amigos de Jucurutu porque já tinha declarado meu voto em Styvenson. Hoje o capitão esteve em nosso programa e eu pude ver algumas atitudes dele que mudaram meu pensamento”.
De acordo com o radialista, Styvenson se mostrou arrogante e prepotente durante a conversa. “Só que depois da entrevista que vi hoje, mudei meu voto. Fiquei preocupado com certa prepotência e arrogância dele em dizer que não quer nada com ninguém”, explica.
O locutor contou que durante a entrevista, Styvenson se exaltou após uma pergunta de seu colega de trabalho. “Uma certa arrogância. Quando meu companheiro fez uma pergunta sobre uns áudios dele da polícia, ele se alterou, quis mostrar uns papéis. Ninguém faz nada sozinho. Estou fazendo esse vídeo para dizer que tenha cuidado com esse negócio de dizer que não quer nada com ninguém”, alertou o comunicador.
Amaral, por fim, comparou o comportamento de Styvenson aos do prefeito e vice de Jucuturu, indicando que, assim como Styvenson, eles surgiram na política por causa da iniciativa popular, mas que hoje rechaçam o discurso que tinham de melhorar a cidade junto ao povo.
“O Brasil é governado por três poderes. Como é que você diz que não quer nada com ninguém. Tiro pelo minha cidade, onde o prefeito [Valdir Medeiros] e o vice [José Pedro] tinham o mesmo discurso e a cidade está como está, parada no tempo”, conclui.
Veja o depoimento do radialista na íntegra:

Anatel determina ligações gratuitas em orelhões da Oi no RN e em mais dez estados

 
Ligações locais e de longa distância nacional feitas a partir de orelhões da Oi serão gratuitas até 31 de março de 2019
 
As ligações locais e de longa distância nacional feitas a partir de orelhões da Oi permanecerão gratuitas até 31 de março de 2019 em 11 estados do país. A determinação é da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) em razão do não cumprimento de obrigações por parte da concessionária.
A medida vale para nove estados da Região Nordeste (Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí e Rio Grande do Norte) e dois da Região Norte (Amazonas e Amapá). A punição é uma extensão de pena aplicada a Oi pela Anatel em outubro do ano passado.
Após fiscalização que constatou que o percentual de orelhões em condições de operação não atingiu os patamares estabelecidos pela agência, que deve ser de, no mínimo, 90% em todas as unidades da Federação e de no mínimo 95% nas localidades atendidas somente por orelhões, a Oi foi responsabilizada.
Na ocasião, a agência liberou as ligações locais em 15 estados. Em março deste ano, após nova fiscalização, a agência manteve a punição desta vez para 12 estados, determinando que o encerramento da punição para dia 30 de setembro.
Em agosto, nova aferição foi realizada e constatou que a Oi não cumpriu as metas de disponibilidade de orelhões em funcionamento nestes estados, à exceção de Roraima. Em Roraima, as ligações poderão ser cobradas, a partir de segunda-feira, 1º.
A Anatel disse ainda que a Oi já foi notificada da medida e que uma nova medição deverá ser feita em 28 de fevereiro de 2019 e vai indicar os estados em que as ligações poderão ser cobradas a partir de 1º de abril de 2019.
Esta não é a primeira vez que a Oi é punida pela Anatel a não cobrar pelas ligações feitas a partir de seus orelhões. A operadora já chegou a ser punida em 2015 por não ter alcançado os patamares mínimos de operações exigidos pela agência reguladora.

Ministério Público Eleitoral apreende 130 mil panfletos irregulares em comitê de Fátima Bezerra

O alvo da apreensão foram os impressos com o nome de Lula como candidato a presidente

Maioria do material recolhido pertence ao candidato ao Senado Alexandre Motta


O Ministério Público Eleitoral, com o apoio da Polícia Militar e do Ministério Público Estadual, cumpriu - na tarde desta sexta-feira, 28 - mandados de busca e apreensão em endereços vinculados a candidatos da Coligação “Do Lado Certo” (PT / PHS / PC do B), com o intuito de apreender material de propaganda eleitoral que contivesse o ex-presidente Lula ainda como candidato à Presidência da República.



Luiz Inácio Lula da Silva teve o registro de sua candidatura indeferido pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que proibiu, também e em virtude disso, a continuidade da aparição do ex-presidente – na condição de candidato - em qualquer meio de propaganda eleitoral divulgada pelos partidos integrantes da coligação composta pelo Partido dos Trabalhadores (PT).



Nesta semana, o TSE autorizou os juízes auxiliares da propaganda eleitoral - em todo o País - a mandar apreender qualquer material que constatassem nessa condição, ressalvados, porém, os impressos em que Lula aparece apenas como apoiador, a exemplo do que utiliza o slogan “Haddad é Lula”.



Em alguns estados foi detectada a continuidade da utilização e da distribuição do material proibido, mesmo depois da decisão do TSE. No Rio Grande do Norte, inúmeras denúncias chegaram ao Ministério Público Eleitoral, inclusive instruídas com vídeos e fotografias do material verificado. A partir delas, a Procuradoria Regional Eleitoral (PRE) instaurou uma investigação e, com as provas que reuniu, requereu do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) as buscas e apreensões cumpridas nesta sexta-feira.



Dentre os endereços inspecionados, o material proibido foi encontrado no Diretório Municipal do PT em Mossoró e no comitê de campanha de Fátima Bezerra, candidata ao governo do Estado pela Coligação “Do Lado Certo”, em Natal. Nesse último, cerca de 130 mil impressos, dentre panfletos e “santinhos”, foram apreendidos por apresentarem a figura do ex-presidente Lula ainda como candidato presidencial.



Os encaminhamentos dessa apreensão serão adotados no âmbito da investigação que transcorre na PRE e da representação eleitoral em trâmite no TRE.

Confira a íntegra da representação aqui.

 
Assessoria de Comunicação

Esposa de líder de facção criminosa é presa em São José de Campestre

 
A terceira fase da Operação Silêncio foi deflagrada na manhã desta sexta feira na cidade de São José de Campestre, 103 quilômetros de Natal. Na ação, foi detida Poliana Vicente da Costa, 22 anos, esposa de Edgar Fabrício da silva, conhecido como “Bimbo”, considerado como o homem que comandava as ações da facção criminosa na cidade”, segundo o delegado Marcelo Marcos Alves de Lima.
A Operação Silêncio, iniciada em junho, tem o objetivo de desarticular uma facção criminosa que atua na região do Agreste Potiguar. As polícias Civil e Militar cumpriram mandados de busca, apreensão e prisão na área. Com a prisão decretada nesta sexta-feira (28), oito pessoas foram detidas ao todo nas cidades de São José do Campestre e Tangará.
As prisões dos investigados foram em decorrência de cumprimento de mandados de prisão preventiva pelos crimes de associação criminosa e tráfico de drogas. Além de Poliana, as outras sete pessoas presas são Carlos José de Oliveira, 23 anos; Patrícia da Silva, 32 anos; Francineide dos Santos, 24 anos; José Adrielson da Silva, 19 anos; Edileide da Silva Lucena, 36 anos; José Maria Isídio Ferreira, 34 anos e Sérgio Herculano de Freitas 22 anos. Além das prisões, um adolescente foi apreendido na Operação.
A primeira fase da operação, ocorrida no dia 27 de junho, prendeu sete pessoas. A ação deu cumprimento a mandados de prisão expedidos pelo poder Judiciário. Os presos foram autuados em flagrante. Na ocasião, foram apreendidos drogas, armas e munição.
Durante a segunda fase da operação, a polícia prendeu Francisco de Assis Daladier Clementino Gomes, conhecido como Baratinha, 22 anos, apontado pela polícia como líder de organizações criminosas em duas cidades do interior do RN. O homem foi preso em cumprimento a um mandado de prisão pelos crimes de tráfico de drogas e organização criminosa.
A intervenção contou com o trabalho de policiais militares e com a coordenação da Diretoria de Polícia Civil do Interior (DPCIN), responsável por coordenar operações da Polícia Civil no interior do Estado, e da Secretaria de Estado da Justiça e da Cidadania (SEJUC).

sexta-feira, 28 de setembro de 2018

Ex-esposa acusou Bolsonaro de furto de cofre e agressividade, diz Veja



separação litigiosa de Jair Bolsonaro (PSL) e da ex-esposa dele foi além da disputa pela guarda do filho do casal e incluiu acusações de furto de cofre, ocultação de bens e relatos de "comportamento explosivo" e "desmedida agressividade" do hoje candidato à Presidência da República pelo PSL. As informações constam de um processo de cerca de 500 páginas obtido pela revista Veja e revelado na noite desta quinta-feira (27).


No documento, Ana Cristina Siqueira Valle acusou seu ex-marido de ocultar milhões de reais em patrimônio pessoal na prestação de contas à Justiça Eleitoral em 2006, quando foi candidato a deputado federal -e eleito em seguida.



Ana Cristina também acusou o ex-marido de furtar US$ 30 mil e mais R$ 800 mil -sendo R$ 600 mil em joias e mais R$ 200 mil em dinheiro vivo - de um cofre que ela mantinha em uma agência do Banco do Brasil, em 26 de outubro de 2007. O caso resultou em um boletim de ocorrência registrado na 5ª Delegacia de Polícia Civil, no mesmo dia.

A ex-esposa também disse no processo que a renda mensal do deputado na época chegava a R$ 100 mil. Para tal, Bolsonaro recebia "outros proventos" além do salário de parlamentar - à época, segundo a Veja, de R$ 26,7 mil como parlamentar e outros R$ 8.600 como militar da reserva. Ela não especificou quais seriam as fontes extras.


As acusações descritas no processo incluem o caso revelado nesta semana pela Folha de S.Paulo sobre a disputa da guarda do filho do casal, Jair Renan. Ana Cristina afirmou em documentos obtidos junto ao Itamaraty que ela sofria ameaças de morte de Bolsonaro. Em 2009, ela teria fugido para a Noruega por medo do deputado. A narrativa de Ana Cristina foi confirmada à Folha por brasileiros que conviveram com a ex-mulher de Bolsonaro naquele país.



A disputa de guarda entre o ex-casal acontecia em paralelo ao desenrolar do caso do cofre. Segundo a revista Veja, enquanto a ex-mulher o acusava de furto, o deputado dizia que Ana Cristina tinha sequestrado Renan. Atualmente Ana Cristina, ex-servidora da Câmara Municipal de Resende (RJ), usa o sobrenome Bolsonaro e é candidata a deputada federal pelo Podemos. Ela atualmente nega as acusações e defende o ex-marido. Disse apoiar a candidatura de Bolsonaro ao Planalto e considerou "superado" o episódio na Noruega.



Ana Cristina também reagiu de forma negativa à reportagem da Folha que revelou as ameaças de morte relatadas por ela ao Itamaraty. Em vídeo divulgado nas redes sociais, a ex-mulher do deputado chamou o jornal de "sujo" e se colocou à disposição de Bolsonaro para ajudá-lo a se tornar o próximo presidente do Brasil.



A separação oficial de Bolsonaro e da ex-esposa ocorreu em 2008, depois de dez anos juntos. Questionada pela revista Veja, Ana Cristina se esquivou de comentar as informações da reportagem. Ela também não explicou sobre como resolveu o litígio com Bolsonaro e passou a apoiá-lo publicamente. "Quando você está magoado, fala coisas que não deveria", limitou-se a dizer à revista. Sobre as joias, a ex-mulher afirmou: "Era coisa minha, que juntei. Coisas do meu ex-marido, joias que ganhei do Jair".



Questionada sobre por que não atendeu às convocações para depor na polícia, Ana Cristina respondeu: "Não lembro. Fiquei quieta". Por quê? "Não me sentia à vontade. Iria dar um escândalo para ele e para mim. Deixei para lá", disse à revista Veja. O hoje candidato pelo PSL também foi questionado, mas não se manifestou.


Policia não descarta que jovem de Parelhas tenha sido vítima de latrocínio


O corpo encontrado carbonizado na zona rural de Parelhas na terça-feira (25) é mesmo o do adolescente Claudimar Jefferson da Silva Melo, de 17 anos. A identificação foi confirmada pela família do adolescente na noite desta quinta (27) após a conclusão dos exames de arcada dentária feitos no Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep), em Natal.
Claudimar morava com a família. Todos são de Parelhas, cidade da região Seridó potiguar. O estudante, que cursava Informática no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN), foi visto pela última vez com vida no dia 22, quando saiu de casa sem dizer para onde iria. Ele estava de moto quando desapareceu.

Parentes, amigos e a polícia passaram três dias mobilizados à procura do rapaz, até encontrarem um corpo carbonizado em uma região de difícil acesso chamada de Areias. Desde então, a angústia da família era para saber se o corpo era mesmo o de Claudimar.
“Agora, por um lado temos o alívio de acabar com a dúvida e por outro a dor de ter a certeza que ele foi assassinado”, disse Cleiton Melo, tio do garoto.

Investigação

Em contato com o G1, o delegado Alex Wagner, titular da DP de Parelhas, disse que ainda não há uma linha de investigação definida. Embora não descarte a possibilidade de latrocínio (roubo seguido de morte), uma vez que a motocicleta do estudante não foi encontrada, também existe a possibilidade de Claudimar ter sido vítima de traficantes.

EDUCAÇÃO INOVADORA: Com o tema “O Jornalismo em Face das Novas Tecnologias”, Tristão de Barros realizou mesa redonda com profissionais da imprensa



Alunos da Eletiva TIC’s, do Colégio Tristão de Barros, participaram na tarde desta quinta-feira (27) de uma mesa redonda que teve como tema: “O Jornalismo em Face das Novas Tecnologias”.
O evento contou com as palestras dos profissionais da imprensa curraisnovense R. Alves (jornal impresso); Jean Souza (jornal eletrônico); Margot Fernandes (rádio); Ismael (TV) e Jr. Caçarola (ética na comunicação). A organização do encontro foi do professor Josias Ivo de Sousa.
O EETB é reconhecido em todo o Brasil por desenvolver uma educação inovadora. O colégio já foi destaque em jornais e programas de TV de todo o País, dentre eles: Bom Dia Brasil e Esquenta, ambus da Rede Globo.


Jean Souza

Eleições 2018: MPF e PRF firmam termo de cooperação técnica

Acordo pretende coibir a prática de ilícitos eleitorais nas BRs do Rio Grande do Norte, durante a atual campanha


O Ministério Público Federal (MPF), através da Procuradoria Regional Eleitoral no Rio Grande do Norte, firmou um termo de cooperação técnica com a Polícia Rodoviária Federal. O objetivo é reforçar a segurança nas estradas federais do estado, monitorando possíveis casos de “ilícitos eleitorais referentes à propaganda, transporte de eleitores e corrupção eleitoral”.

De acordo com o termo, a procuradoria ficará responsável por repassar informações de possíveis crimes eleitorais para a PRF. A polícia, por sua vez, deverá mobilizar seu efetivo para realizar operações e checar os casos. O documento foi assinado pela procuradora regional eleitoral, Cibele Benevides, e pelo superintendente regional da PRF no RN, Marcelo Henrique Montenegro.

Confira o termo de cooperação técnica completo.



Assessoria de Comunicação

Ministério da Integração libera R$ 32 milhões para a Barragem de Oiticica


Diogo Sergio / Wikipedia
Esta é a 35ª parcela referente à construção da barragem
O ministro da Integração Nacional, Antônio de Pádua comunicou a liberação de um repasse de R$ 32,7 milhões para o Departamento Nacional de Obras Contra a Seca (Dnocs), que serão repassados imediatamente ao Governo do Rio Grande do Norte, para a retomada das obras da Barragem de Oiticica. Esta é a 35ª parcela referente à construção da barragem.
A novidade foi informada ao senador Garibaldi Alves (MDB), que já estava conversando com o ministro em busca de recursos para o prosseguimento das obras.
A Barragem de Oiticica está sendo construída desde 2011 em Jucurutu. A previsão é que as obras estejam concluídas até o final do próximo ano, beneficiando a mais de 350 mil pessoas de 17 municípios do Rio Grande do Norte.

Suspeita de chefiar desvios de R$ 2,4 milhões da ALRN através de 'servidores fantasmas' é liberada da prisão

Ana Augusta Simas, investigada na Operação Canastra Real, deixa sede do Itep onde fez exames de corpo de delito, na manhã desta quinta-feira (27) — Foto: Vinícius Veloso/Tribuna do Norte
Suspeita de chefiar um esquema que teria desviado cerca de R$ 2,4 milhões da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte por meio da nomeação de servidores fantasmas, a ex-chefe do gabinete da presidência da Casa, Ana Augusta Simas Aranha Teixeira de Carvalho, foi liberada da prisão nesta quinta-feira (27).Ela foi presa pela Operação Canastra Real, deflagrada pelo Ministério Público neste mês e estava detida há cerca de 10 dias.
O Ministério Público tinha pedido a manutenção da prisão temporária dos investigados. Além de Ana Augusta, outras cinco pessoas foram detidas em cumprimento aos mandados expedidos pela 3ª Vara Criminal de Natal. As prisões de cinco dias foram renovadas uma vez, mas um novo pedido feito pelo MP foi negado pela Justiça.
Os demais suspeitos presos já haviam deixado a prisão nesta quarta-feira (26). Ana Augusta estava detida no Comando da Polícia Militar do Rio Grande do Norte desde a deflagração da Operação, que apura desvios de dinheiro por meio da nomeação de servidores fantasmas - a maioria ligado ao grupo político dela no município de Espírito Santo, onde a investigada é primeira-dama. Ela foi exonerada do cargo no Legislativo nesta quarta, em publicação do Diário Oficial Eletrônico da Assembleia.
Segundo o advogado Flaviano Gama, a Justiça acatou a argumentação da defesa e não transformou a prisão de Ana Augusta em preventiva. Ela, porém, deverá atender a algumas medidas cautelares. "Ainda não sei quais são, mas estou me dirigindo ao fórum para tomar ciência", explicou o defensor.
O esquema
Segundo as investigações do MP, o esquema fraudulento foi iniciado em 2015. De acordo com o MP, Ana Augusta indicava pessoas para ocupar cargos na Assembleia Legislativa e dava o próprio endereço residencial para constar nos assentos funcionais e nos cadastros bancários dos servidores fantasmas por ela indicados. Cinco dos presos nesta operação são ex-assessores técnicos da presidência da Assembleia que foram indicados por Ana Augusta e que tinham altos vencimentos na Casa, embora não possuíssem nível superior.
A investigação verificou que todos os indicados possuem movimentações financeiras atípicas, recebendo mensalmente a importância líquida aproximada de R$ 13 mil. Logo após o depósito dos valores nas contas bancárias, as quantias eram integralmente sacadas. Essa movimentação financeira das contas bancárias, todas com saques padronizados, de valores idênticos, revela que os titulares não possuíam o controle de suas próprias contas.
Para o MPRN, as contas-correntes desses ex-assessores técnicos foram abertas somente para desvio de dinheiro público. Embora fossem servidores com alta renda, optaram por não contratar cartões de crédito. Mesmo sendo bem remunerados, investigação do Grupo de Atuação Especial ao Combate ao Crime Organizado (Gaeco), órgão do MPRN, mostra a ausência de aquisição de patrimônio no período em que estiveram nomeados para o cargo na Assembleia. A movimentação financeira deles não espelha a renda percebida.
Renda incompatível
De acordo com o MP, Ana Augusta possui uma movimentação financeira superior à renda declarada, "incompatível com a qualidade de servidora pública e dissociada da sua declaração de Imposto de Renda. Ela declarou à Receita Federal, no IR do ano calendário 2015, somente rendimentos advindos da Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Norte, enquanto que a declaração de informações sobre movimentação financeira revelou que a entrada de recursos na conta dela foi em valores que equivalem a mais que o dobro da remuneração dela".
Dama de Espadas
Os crimes investigados na operação Canastra Real são semelhantes aos apurados na operação Dama de Espadas, deflagrada pelo MPRN em agosto de 2015. Na Dama de Espadas, havia a inserção de servidores fantasmas na folha de pagamento da Casa Legislativa, seguida da expedição de 'cheques salários' em nome dos servidores, sendo sacados por terceiros não beneficiários, com irregularidades na cadeia do endosso ou com referências a procurações inexistentes ou não averbadas na ficha cadastral bancária do cliente.
No caso atual dos ex-servidores residentes em Espírito Santo, pelo menos em alguns meses, os saques – sempre feitos na agência bancária na ALRN – eram realizados por eles próprios.
G1/RN

TRISTEZA: ITEP CONFIRA QUE CORPO ENCONTRADO EM PARELHAS É DO ADOLESCENTE QUE ESTAVA DESAPARECIDO

 
ITEP/RN Confirma que Corpo encontrado nas proximidades da Serra do Boqueirão é o do jovem estudante do IFRN Claudimar Jerfferson. O corpo do jovem foi encontrado Carbonizado com um disparo na nuca.
Claudmar Jefferson desapareceu no sábado por volta das 11:30. Desde então Parelhas abraçou e absolveu a dor dos Pais, dando início a uma busca incessante a procura do rapaz, que foi encontrado por Policiais Militares na manhã da última terça-feira, dia 25 de setembro.
Deixamos aqui registrado o nosso abraço de conforto a toda família em especial aos pais Cláudio e Betânia.
Parelhas se reveste de Revolta, tristeza e angústia, os sonhos e o futuro de um jovem, foram tirados, cortados repentinamente com requintes crueldade e covardia, a maldade típica do mundo do crime chegou a Parelhas, onde jovens vestem a camisa do desconhecido, levando choro e o desespero a pessoas que não merecem passar por tamanha dor. Para esses jovens peço Justiça, deixando o recado que o seu final será a cadeia ou a morte.
As investigações continuam, precisamos de suas informações para fazer justiça, qualquer informação ligue para a central 190 ou para o celular 99812-3479. "
"SUA IDENTIDADE FICARÁ NO MAIS COMPLETO SIGILO".
"SOMOS A SUA POLÍCIA"
FACE CARCARÁ

Polícia registra duplo homicídio na cidade de Serrinha dos Pintos no Oeste Potiguar

 
A cidade de Serrinha dos Pintos, distante 161 km de Mossoro na Região Oeste do Potiguar registro no início da noite desta quinta-feira, 27 de setembro de 2018 um duplo homicídio a bala.
Segundo Informações o caso ocorreu por volta das 19hs horas, no centro da cidade, onde dois homens foram mortos dentro de casa, com vários disparos, na ação criminosa uma criança de 06 anos que estava na casa foi atingida na barriga.
Os dois homens assassinados, de acordo com a PM, eram conhecidos como "Marquinhos de cobrinha e seu cunhado de nome Adriano, que morava em Serrinha dos Pintos, mas era do estado do Rio de Janeiro e era o pai da garotinha de 6 anos que saiu baleada durante o ataque criminoso. O duplo homicídio ocorreu nas proximidades da Delegacia da Polícia, mas até o momento a motivação dos assassinatos. Os executores fugiram após a ação criminosa e não foram identificados pela policia.
As investigações ficaram por conta da equipe da Policia Civil da cidade de Martins. Os corpos foram periciados no local pela equipe do ITEP e removidos para a sede do órgão em Mossoró. Em relação a criança baleada, não há informações até o momento sobre o estado de saúde dela.

quinta-feira, 27 de setembro de 2018

Delegada acusa Natália Bonavides de ser contra o trabalho da polícia

Vereadora Natália Bonavides (PT) foi criticada pela secretária de Segurança, Sheila Freitas
A Secretária de Segurança Pública e da Defesa Social do Rio Grande do Norte, Sheila Freitas, está fazendo uma campanha nas redes sociais contra a candidatura de Natália Bonavides (PT) à Câmara dos Deputados. Nos posts que publica, Sheila Freitas divulga fotos da vereadora com a legenda “Não votem em que é contrário ao trabalho da Polícia”, acompanhadas da hashtag “Somos Todos Maurílio Pinto”.
A crítica da secretária remete a uma fala da vereadora petista, que chamou Maurílio Pinto, ex-delegado da Polícia Civil falecido em maio deste ano, de “criminoso”, em sessão na Câmara Municipal de Natal, enquanto o vereador Cícero Martins (PSL) fazia um pronunciamento sobre a atuação das polícias civil e militar no combate ao crime no RN.
“Chega a ser irônico alguém falar que é contra bandido e grupo paramilitar, e ao mesmo tempo falar bem de Maurílio Pinto, um dos grandes criminosos do nosso estado e inclusive responsável, exatamente, por grupos paramilitares”, afirmou a vereadora. O vídeo com a declaração, inclusive, viralizou nas redes sociais em poucas horas, causando diferentes opiniões sobre o fato”, disse Natália, na sessão ocorrida em 22 de março.
Sheila Freitas, por sua vez, considera que Maurílio foi um dos maiores representantes da categoria policial do Rio Grande do Norte. “O delegado Maurílio Pinto de Medeiros [ao morrer] deixou um legado de trabalho, compromisso, competência, lealdade e dedicação para todos nós. Foi um verdadeiro líder. Tenho muito respeito e admiração por sua trajetória como policial e por tudo o que representa para a Segurança Pública e para o povo do Rio Grande do Norte.
Maurílio Pinto
Maurílio Pinto, conhecido por “xerife”, dedicou 47 anos ininterruptos à Polícia Civil. Ele morreu no dia 19 de maio deste ano, aos 76 anos de idade, por complicações do diabetes. Ele foi ex-subsecretário de Segurança Pública do Rio Grande do Norte e delegado aposentado da Polícia Civil.

Metralhadora usada por quadrilha em Salgueiro podia derrubar aviões

Arma é capaz de furar a blindagem de carro-forte e aeronaves e mede 1,68 metro e pesa 38 quilos. Ela dispara de 400 a 600 tiros por minuto, tendo uma precisão que alcança 1,5 quilômetro (km)

A quadrilha que tentou assaltar um avião de transportes de valores na manhã desta quarta-feira (26) em Salgueiro, Sertão de Pernambuco, possuía um armamento capaz de derrubar aviões e furar blindagens de carros-forte. A ação da polícia, que terminou com a morte de seis criminosos, também apreendeu seis fuzis AK 47, um fuzil FAL 762 e uma metralhadora Browning .50. Na semana passada, uma metralhadora do mesmo modelo foi apreendida pela Polícia Civil do Rio de Janeiro. Ela estava sendo negociada por R$ 200 mil para traficantes de uma comunidade da capital carioca e foi a maior arma já encontrada naquele estado.

Ex-vice-prefeito de Água Nova, RN, é executado a tiros de pistola, em estrada de barro


Antônio Sezanildo Do Nascimento, conhecido por Neném de França, foi encontrado morto em uma estrada de barro — Foto: Reprodução/Redes Sociais

Um ex-vice-prefeito de Água Nova, cidade distante 411 quilômetros de Natal, foi encontrado morto em uma estrada de barro que liga o município a Riacho de Santana. A vítima é Antônio Sezanildo do Nascimento, conhecido por Neném de França.
De acordo com a polícia, Neném de França viajava de moto com destino a Riacho de Santana quando foi executado a tiros de pistola, por volta de 12h20 dessa quarta-feira. O veículo foi deixado no local do crime. A Delegacia Regional de Pau dos Ferros investiga o caso.

O filho da vítima, Antônio Kadson da Silva Nascimento, é o atual presidente da Câmara dos Vereadores da cidade. Antônio Sezanildo do Nascimento foi vice-prefeito e também vereador de Água Nova.


Por Jbelmont

quarta-feira, 26 de setembro de 2018

Santana do Matos: Matriz Santuário de Sant'Ana passa por Restauração


O Santuário de Sant'Ana vem passando por um amplo processo de restauração.
A cada dia trabalho os serviços avançam e nas paredes centenárias da Matriz,  a história mostra suas marcas. Conforme vão sendo removidas as inúmeras camadas de tintas, vestígios de pinturas artísticas vão surgindo, como por exemplo , no arco da lateral a esquerda do altar de Sant'Ana,  pinturas em forma de ramagens de rosas foram descobertas. Já por trás do altar de Sant'Ana, acima da rosácea, marcas como se fossem de pinturas de asas de anjos são vistas.
Por trás do altar de Nossa Senhora de Fátima há marcas de que havia uma rosácea que foi fechada para construção do altar.
Com tanta história e detalhes à serem preservados e recuperados o serviço caminha de forma demorada,  mas cada parte restaurada faz a demora valer a pena.
Ressaltamos que toda obra está sendo custeada com recursos provenientes de doações e eventos realizados pela Paróquia.

Fotos: Shileide e Welington / Pascom

Empresas de pesquisas têm média elevadas de erros


Nas eleições de 2014 e 2016, os principais institutos de pesquisa erraram, em média, 54% dos prognósticos. Em 2016, o Ibope de 28 de setembro, quatro dias antes da eleição em São Paulo, “com 95% de grau de confiança”, apontou João Dória com 28% e Russomano em 2º com 22%. Contados os votos, Doria teve 53,7% e venceu no 1º turno. Em 2014, os resultados ficaram fora da margem de erro do Datafolha em 17 das 27 das pesquisas, 63%. No Ibope, 45% das 84 pesquisas.
Na pesquisa a quatro dias da eleição de 2016, Haddad (PT) aparecia em 4º lugar. Apurados os votos o petista chegou em 2º com 16,7%.
Em nota, o Ibope explicou que pesquisa é “retrato do momento” etc, e da pesquisa à votação vários fatores “impactam diretamente o eleitor”.
A menos de 10 dias da eleição de 2014, em Pernambuco, o Datafolha cravou empate de Paulo Câmara (PSB) com Armando Monteiro (PTB).
Paulo Câmara foi eleito governador no primeiro turno, com espetaculares 68% dos votos. Armando Monteiro teve 31%.

CLÁUDIO HUMBERTO

Ponte Newton Navarro passará por serviços de manutenção em outubro


José Aldenir/Agora Imagens
A Secretaria de Estado da Infraestrutura do Estado do Rio Grande do Norte (SIN) vai realizar licitação para a contratação de empresa para serviços de manutenção da ponte Newton Navarro.
De acordo com a SIN, o principal objetivo da contratação é o monitoramento dos estais – cabos de aço galvanizados com alta resistência à tração, além de uma vistoria geral da ponte, que vai desde inspeções visuais da estrutura, até a medição das tensões com a passagem dos automóveis. Trata-se de uma questão de verificação de segurança.
O recebimento e abertura dos envelopes de documentos de habilitação e proposta de preços acontece no dia 4 de outubro, a partir das 10h, na Sala de Licitações, na sede da Secretaria.
Segundo a Companhia Docas do RN (Codern), existe um projeto para colocar as defensas e redes de proteção na ponte, mas falta a liberação dos recursos. A Codern informou, ainda, que isso era obrigação do governo do estado e era para ter sido feito no período de construção da ponte.
A companhia informou também que a ausência das defensas não altera o serviço de atracagem no Porto de Natal. Sem as defensas, os embarques e desembarques só podem ser feitos durante o dia, em razão de critérios de segurança.

Ônibus cai em abismo, mata 23 pessoas e deixa 15 feridas no Peru



A queda de um ônibus, no sudeste do Peru, deixou 23 pessoas mortas e 15 feridas. O veículo caiu em um abismo de 200 metros, na última segunda-feira (24). O resgate demorou quase um dia para ser concluído por causa do difícil acesso ao local do acidente.
"O acidente ocorreu devido à distração e à virada de um ônibus da empresa de transporte 'María Belén' na estrada Cusco-Paruro-Chumbivilcas em um abismo de 200 metros na tarde de segunda-feira", disse um porta-voz da polícia de Paruro à imprensa, segundo a France Presse.
Na hora, 21 passageiros morreram e dois chegaram a ser levados ao hospital, mas não resistiram à queda. "O ônibus estava correndo, até que bateu em outro ônibus grande e depois caiu", disse um dos feridos, Ronald Peñafiel, à emissora de rádio "RPP Notícias", informou a agência EFE.

Partes de moto furtada em Parelhas foram encontradas nesta terça

  Foto Ilustrativa
 
Na manhã desta terça (25/9) a Polícia Militar, conseguiu localizar partes de uma moto que foi furtada na tarde do último sábado (22) em Parelhas.
Policiais Militares encontraram o tanque e quadro da motocicleta. 
As peças foram encontradas nas proximidades do açude Caldeirão zona rural do município de Parelhas.
A motocicleta furtada trata-se de Honda Titan, ano 2004, de cor vermelha, placa MNC 8657.
Na ocasião, a moto foi furtada de frente a uma residência no Bairro José Clóvis de Medeiros.
A Polícia Civil irá investigar o caso.

TRE define quase 5 mil homens para atuarem na segurança durante as eleições no RN


 
O Plano Operacional de Segurança para as eleições 2018 foi apresentado nesta terça-feira, 25, pelos representantes da Secretaria de Segurança e Defesa Social ao presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte, desembargador Glauber Rêgo, ao corregedor, desembargador Cornélio Alves e aos juízes das zonas eleitorais de Natal.
Quase cinco mil policiais militares, civis, bombeiros, polícia de trânsito, força nacional e guardas municipais de Natal, Mossoró e Macau irão participar do esquema de segurança que começará no sábado, dia 6, a partir das 15h.
Cada local de votação terá entre dois policiais e seis policiais no dia da eleição. Na abertura da reunião, o presidente do TRE-RN comunicou à secretária Sheila Freitas que sessenta oficias, lotados no Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, irão atuar na segurança dos magistrados no dia 7 de outro.
Uma reunião entre o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Expedito Ferreira com o presidente e corregedor do TRE-RN definiu a participação deles no pleito.
De acordo com planejamento, os 1551 locais de votação nos municípios do interior do Rio Grande do Norte irão contar com um efetivo de 2.885 PMs. Todos irão receber diárias operacionais. Na capital e nos municípios da Região Metropolitana serão 956 PMS, cumprindo escala de 30hs, começando no sábado, às 15h e concluindo o trabalho ao término da apuração. O comando nessa área será do Ten. Cel Santos Lima.
A Guarda Municipal de Natal, que vai participar do esquema de segurança das eleições pela primeira vez, vai disponibilizar 120 guardas que serão incluídos na escala da PM. No dia 7 de outubro as delegacias instaladas nos municípios das Zonas Eleitorais funcionarão normalmente com a atuação de todos os delegados. Já a Força Nacional, que atua no Rio Grande do Norte desde de 2016, vai colaborar com a Justiça Eleitoral com a participação de 100 homens em Natal, região metropolitana e Mossoró. A DPRE, a Polícia de Trânsito, responsável pelo monitoramento de 79 rodovias estaduais, vai escalar 225 policias para os dias 6 e 7 de outubro. Já os policiais bombeiros irão trabalhar em regime de sobreaviso e de plantão nas unidades dos municípios pólos.
O presidente do TRE-RN, desembargador Glauber Rego, agradeceu a secretária Sheila Freitas o empenho do governo em atender a demanda da Justiça Eleitoral . “Saio da reunião com bastante satisfeito com o plano apresentado e certo de que teremos uma eleição tranquila no Rio Grande do Norte. O resultado só é satisfatório quando é planejado e foi isso que presenciamos aqui”, declarou.
ESQUEMA DE SEGURANÇA CONTINUA NA QUINTA-FEIRA
Na próxima quinta-feira, dia 27, às 14h, no plenário do TER-RN, a Justiça Eleitoral vai reunir os representantes das áreas da segurança para apresentação dos procedimentos que serão usados nas Eleições Gerais de 2018. O Ministério Público Eleitoral vai participar do evento.

CORPO CARBONIZADO ENCONTRADO NA ZONA RURAL DE PARELHAS PODE SER DO JOVEM QUE ESTAVA DESAPARECIDO

 Foto TV Social Mídia

Na manhã desta terça (25/9), a Polícia Militar de Parelhas foi informada que várias aves (urubus), foram vistos sobrevoando uma localidade nas proximidades da serra do Boqueirão.

Os Policiais Militares e Civis foram ao local indicado e encontraram uma ossada humana, em um local de difícil acesso.
 
O corpo encontrado, pode ser do jovem estudante parelhense, Claudimar Jefferson da Silva Melo, de 17 anos, que encontra-se desaparecido desde o último sábado, (22).

Segundo informações da Polícia, não foi possível identificar se o corpo é realmente do jovem, pois, além de carbonizado, já estava em avançado estado de decomposição, a Polícia Civil e uma equipe do ITEP de Caicó foram até o local realizar os procedimentos cabíveis.

Alguns familiares afirmaram que o corpo é do jovem ‘Claudimar Jefferson da Silva Melo’. Dados e vestígios foram coletados no local para que se haja à comprovação, após as investigações.
O coordenador do ITEP de Caicó, Sargento César disse que a ossada humana localizada na manhã dessa terça feira (25) na cidade de Parelhas foi encaminhada pelo órgão para a sede na capital.
 De acordo com César, foi solicitada à família do adolescente Claudimar Jefferson da Silva Melo, 17 anos, desaparecido desde o último sábado 22, que entregasse ao órgão documentos que comprovem tecnicamente a arcada dentária.

"A ossada foi encaminhada para Natal porque só lá temos o profissional que pode realizar a perícia na arcada dentária, que é o Odontolegista. Mas este perito só pode iniciar o trabalho com a documentação da vítima em mãos", disse.