sábado, 19 de janeiro de 2019

Semiárido potiguar deve ter volume de chuva acima da média no 1º semestre de 2019

Foto F Damião
 
Os meses de fevereiro, março e abril devem ter volume de chuva acima da média para o trimestre na região do semiárido potiguar. A conclusão foi divulgada no fim da manhã desta sexta-feira, 18, durante o encerramento da Reunião Climática, realizada pela Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme).
Meteorologistas dos centros de previsão climática do Nordeste, do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) e do Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (CPTEC/Inpe) passaram dois dias reunidos discutindo as condições oceânicas e atmosféricas para os próximos meses e fazendo a análise dos parâmetros meteorológicos, de modo a fazer a previsão climática do próximo trimestre.
De acordo com Gilmar Bristot, meteorologista da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn), a análise dos campos atmosféricos e oceânicos de grande escala (vento em superfície e em altitude, pressão ao nível do mar, temperatura da superfície do mar, entre outros), além dos resultados de modelos numéricos globais/regionais indicam que o prognóstico climático para o período de fevereiro, março e abril de 2019 no Rio Grande do Norte é de chuva normal ou acima do normal.
As últimas análises mostram que no Oceano Pacífico equatorial, o Fenômeno El Niño continua atuando, mas com intensidade fraca e ocupando a faixa equatorial. A permanência dessa condição vem ocorrendo de acordo com os resultados dos modelos de previsão de anomalia de TSM, e projetam que essa condição permanecerá nos próximos meses.
Já o Oceano Atlântico vem apresentando aquecimento na faixa equatorial, desde o litoral do Nordeste Brasileiro até a costa do Continente Africano, resfriamento nas águas superficial no setor norte e aquecimento no setor sul. Essa mudança termodinâmica no comportamento do Oceano Atlântico favoreceu o deslocamento da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT-Principal Sistema meteorológico causador das chuvas no Norte do Nordeste no período de fevereiro a maio), para posições mais ao sul da Linha do Equador, o que já tem contribuído para a ocorrência de chuvas sobre a região Nordeste durante janeiro de 2019.
Situação bem clara aqui no Rio Grande do Norte, onde o monitoramento de chuvas realizado diariamente pela Emparn, já mostra que neste mês de janeiro, até esta sexta-feira, 18, já são 71 municípios com o volume acumulado que fica na média e acima da média para o mês. Lembrando que o mês de dezembro de 2018 foi o mais chuvoso dos últimos anos, e o ano de 2018 foi também foi o mais chuvoso dos últimos sete, quando houve 6 anos seguidos de seca.

Previdência: reforma chega ao Congresso em meados de fevereiro

José Aldenir
Segundo o secretário, o governo bateu o martelo sobre a estratégia para apresentar o texto
A proposta de reforma da Previdência será encaminhada ao Congresso Nacional na segunda semana de fevereiro, informou sexta-feira, 18, o secretário de Previdência do Ministério da Economia, Rogério Marinho. Segundo o secretário, o governo bateu o martelo sobre a estratégia para apresentar o texto.
O Palácio do Planalto pretende aproveitar o texto apresentado pelo governo do ex-presidente Michel Temer e apensar a proposta que será encaminhada ao Congresso Nacional. Com isso, o texto poderia ir diretamente à apreciação do plenário da Câmara dos Deputados, aproveitando que o projeto encaminhado por Temer já passou pela etapa das comissões.
“Já foi decidido que vamos utilizar o arcabouço da 287 [Proposta de Emenda Constitucional – PEC 207/16], e a ideia é apresentarmos o projeto no plenário da Câmara a partir da segunda semana depois da votação da mesa diretora”, disse Marinho, em entrevista coletiva na qual apresentou  o texto da chamada Medida Provisória contra Fraudes no Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).
De acordo com o secretário, a estratégia será refinada com a participação do presidente Jair Bolsonaro, dos ministros Paulo Guedes, da Economia, e Onyx Lorenzoni, da Casa Civil. A diferença é que o texto de Temer não prevê a criação de um regime previdenciário em que cada trabalhador faça a própria poupança (capitalização), como o governo deverá apresentar em fevereiro, o que pode gerar questionamentos por parte da oposição.
“A nossa perspectiva foi traçada e, nesse momento, o grupo está trabalhando com cenários, fazendo cálculos atuariais, consultando outras pessoas e, ao mesmo tempo, levando para o presidente Bolsonaro para que ele avalie para onde a gente vai”, afirmou. “Bolsonaro está recebendo as linhas gerais, ele está dando as linhas gerais do projeto, que está sendo submetido a ele”, acrescentou.
A reforma da Previdência deverá ser um dos temas que Bolsonaro abordará no Fórum Econômico Mundial, que ocorrerá em Davos, Suíça, entre os dias 22 e 25 deste mês. Marinho não deu detalhes sobre o texto que será apresentado, mas disse que o governo trabalha para que seja uma “reforma justa”.
A expectativa é que Bolsonaro assista a uma apresentação sobre o material da reforma no fim desta semana. Marinho disse que Bolsonaro só bateria o martelo quando voltasse da Suíça. Questões como idade mínima para aposentadoria de homens e mulheres e período de transição, além da situação dos militares ainda estão em fase de estudo e não foram divulgadas à imprensa.
“[O texto] está tomando forma, estamos bem adiantados, o presidente tem se reunido com a equipe e tem traçado os rumos que ele acha possíveis para que consiga ser aprovada no Congresso e, ao mesmo tempo, que deem uma segurança fiscal para o governo e que seja uma reforma justa, uma reforma solidária, que trate os desiguais de maneira desigual”, disse Marinho.

Polícia acredita em crime encomendado na morte de empresária

Arquivo família
Empresária Maria da Conceição de Lima Barbosa, de 56 anos, foi morta em novembro passado
A Polícia Civil descartou a possibilidade de latrocínio (roubo seguido de morte) no caso da empresária Maria da Conceição de Lima Barbosa, de 56 anos, morta em novembro passado.  Os delegados responsáveis pela investigação acreditam que a razão do crime seja uma execução encomendada.
Durante ações realizadas pelas Polícia Civil de Sergipe e Alagoas, dois suspeitos de participação na morte de Maria da Conceição foram presos. A polícia ainda procura outras três pessoas com suspeitas de envolvimento no crime.
O delegado Erick Gomes, diretor da Divisão Especializada em Combate ao Crime Organizado (Deicor), afirmou que a possibilidade de latrocínio foi descartada porque a filha da vítima foi liberada pouco depois de ter sido sequestrada junto com a mãe. Além disso, o carro e outros objetos pessoais foram deixados na cidade de Mamanguape, na Paraíba.
Os suspeitos detidos nos dois estados da região Nordeste foram localizados em virtude de um aluguel de carro em Pernambuco. O automóvel usado pelos criminosos foi encontrado carbonizado entre as cidades de Santo Antônio e Espírito Santo, no interior do Rio Grande do Norte.
Os policiais conseguiram identificar que o veículo pertencia a uma locadora de Recife e em contato com a empresa, conseguiram identificar que o contrato de locação aconteceu 11 dias antes do crime.
Segundo os investigadores, o cliente que alugou o carro era um jovem de 22 anos, que agiu de forma indireta. De acordo com a polícia, a única função dele era alugar o carro. Ele foi preso em Aracaju (SE).
Depois, os policiais prenderam um suspeito de 33 anos, na cidade de Arapiraca, em Alagoas. Ele estava com dois revólveres e munições de espingarda.
Caso
A empresária Maria da Conceição de Lima Barbosa, 56 anos, era proprietária de um posto de combustíveis no município de Santo Antônio. O corpo dela foi encontrado com marca de tiro na cabeça, na zona rural de Pedro Velho, na madrugada do dia 8 de novembro do ano passado.

sexta-feira, 18 de janeiro de 2019

Mesmo após brigas na Justiça, filho de Marciano lamenta sua morte

'Peço pra mulher dele que me deixe dar um último abraço no meu pai naquele caixão', pediu Fabiano Martins
Marciano e seu filho, Fabiano Martins Foto: Instagram / @marcianoinimitavel | Instagram / @ofabianomartins

Fabiano Martins, filho do cantor Marciano, que travou uma batalha judicial para ser reconhecido por seu pai ao longo de anos, publicou um desabafo após a morte do sertanejo nesta sexta-feira, 18, aos 67 anos.

"Todos que me conhecem sabem da péssima relação que eu tinha com meu pai. Mas estou muito triste com essa notícia", relatou em seu Instagram.
O caso entre Fabiano e Marciano chamou atenção do público em 1997, com a realização de um exame de DNA em programa apresentado por Ratinho. Ao longo dos anos seguintes, o tema foi explorado por diversas atrações televisivas. Em 2016, Marciano chegou a mover um processocontra o próprio filho.
Em entrevista ao Superpop em junho de 2018, Fabiano chegou a declarar: "Nem de pai dá para chamar mais ele [Marciano]. Pede R$ 20 mil de indenização em vez de pedir perdão para mim, recorre, e vai perder de novo. Depois que me tornei herdeiro, ele pegou mais ódio ainda. Nunca fui atrás de um real do meu pai, mas não vou abrir mão da herança. Eu tenho o mesmo direito da filha dele."
Após a morte de Marciano, Fabiano, que também é cantor, ressaltou estar passando por um luto: "Não era uma relação boa, mas, gente... É pai. Com certeza eu fiquei triste, tô chateado. [...] Confesso a vocês que me abalou muito essa notícia, mesmo a gente não tendo uma relação boa. Só o fato de saber que ele é meu pai, isso já é o suficiente."
Fabiano contou que pessoas próximas questionaram se ele estaria, de fato, triste com a situação: "Não tem como, gente. Por mais que a gente não tivesse uma relação boa, ele era meu pai, me gerou nesse mundo. Se hoje eu tenho o dom de cantar é graças ao meu pai. Herdei dele esse dom."
"E confesso a vocês que eu tinha um sonho, desde menino, de pegar um violão, sentar ao lado do meu pai e cantar com ele. Mas infelizmente eu não consegui realizar esse sonho em vida. Tenho certeza que no plano espiritual vou encontrar meu pai e dar esse abraço que não pude dar em vida. Disso tenho certeza absoluta."
Por fim, Fabiano pediu à família de Marciano que lhe permita dar um abraço no corpo do pai antes do enterro: "O que eu peço, de verdade, pra mulher dele, Alexandra, que me deixe eu dar um último abraço no meu pai naquele caixão. O abraço que não pude dar em vida."
"Que eu possa dar esse abraço nele. Não era do jeito que queria, da forma que queria, mas é o jeito que Deus quis. Só peço à Alexandra que me deixe dar esse último abraço nele. Não sei se vão deixar, não sei o que passa na cabeça deles. É só isso que peço, de coração."
Fabiano afirmou ter "lutado" e "batalhado" para ser amigo do pai, sem sucesso. 
"Meu sonho sempre foi gravar uma música com meu pai, mas não rolou. [...] Agora, mais do que nunca, cantarei as músicas do meu pai nos shows. Músicas que ficarão eternizadas em nossos corações. Hoje é um dia muito triste pra música sertaneja que perdeu um grande ídolo, um grande ícone, um grande nome."
"Agora não é hora de a gente culpar eu ou ele, quem tenha falhado. Só Deus pode julgar. [...] Que Deus receba meu pai de braços abertos e que um dia a gente possa [se] encontrar num outro plano", concluiu.

Com informações O ESTADO DE S.PAULO

Cantor Marciano morre após processar e renegar o filho que desabafa: “Estou muito triste”

Cantor Marciano morreu vítima de infarto aos 67 anos de vida (Foto reprodução)

O cantor Marciano morreu vítima de um infarto fulminante aos 67 anos de idade. Ele, que é conhecido como um dos maiores cantores do mundo sertanejo, estava envolvido em algumas polêmicas, principalmente em relação ao filho Fabiano Martins, que ele nunca reconheceu como herdeiro.

Por diversas vezes, Fabiano Martins, filho não reconhecido pelo cantor, tentou se aproximar do pai. Por sinal, em 2016, Marciano chegou a processar o rapaz, que teria o chamado de “mau-caráter” nas redes sociais dele. Fabiano venceu tal processo em 2017 e se livrou da necessidade de ter que pagar pouco mais de 20 mil reais em indenização.

“Meu pai nunca me aceitou como filho, eu sempre fui rejeitado por ele. Para mim, um pai que rejeita e nega seu próprio filho é ser mau-caráter”, escreveu o filho de Marciano na época.


Com Informações: TV Foco

Registrado crime de Homicídio na cidade de Frutuoso Gomes


Uma informação chegada a nossa redação e que aconteceu um crime de homicídio nesta quinta-feira na cidade de Frutuoso Gomes.

A vitima conhecida apenas por Paloma foi esfaqueada por um homem que até o fechamento da matéria não tivemos a identificação.

Informações via WhatsApp

Morre de forma precoce secretário da prefeitura de Bonito de Santa Fé ele cometeu suicídio e deixou mensagem no WhatsApp para um amigo


Fredson  tiro sua vida com um tiro na cabeça. 
Uma triste notícia abalou a população do município de Bonito de Santa Fé/PB, na madrugada e manhã desta quinta-feira (17). O secretário municipal de Serviço Social, Fredson Jorge de Sousa, 38 anos, faleceu de forma precoce na cidade de Patos, no Sertão do estado da Paraíba.
Segundo as primeiras informações, Fred Lacerda como era mais conhecido entre os amigos, teria cometido suicídio. O corpo foi encontrado próximo ao Residencial Itatiunga, em Patos, dentro de um carro às margens da BR-361, com um disparo de arma de fogo na cabeça. Na mão direita da vítima estava um revólver de calibre não revelado.

O corpo foi removido para o Núcleo de Medicina e Odontologia Legal (Numol) de Patos, para a realização da perícia técnica.
A notícia pegou amigos, colegas e as pessoas que o conheciam de surpresa. Fred era um secretário de destaque e que amava sua cidade e seu povo. Nas redes sociais as pessoas continuam deixando mensagens de conforto para a família e ainda chocadas sem entender porque isso aconteceu. A morte de Fred chocou toda a cidade de Bonito de Santa Fé.

O secretário, Fredson Jorge de Sousa, deixou uma texto que foi enviado pelo WhatsApp de um amigo. 

Meu Amigo Bibo, tenho uma missão para você. Tenho você como um irmão bom, sempre pude contar com você e por isso nesse momento de dor e tristeza preciso que você avise que fui embora pra nunca mais voltar. Não quis fazer isso em Bonito porque não queria o meu corpo e meu sangue exposto. Aos meus amigos deixo um abraço fraternal e a minha família quero pedir perdão por não conseguir suportar essa dor que mais parecia uma doença em fase terminal, amo vocês minha amada Wállyna e meus queridos filhos Wdson, Hellen e Fernando. Estou em Patos, na saída para Piancó. Vou deixar a localização do meu corpo. Amigo, obrigado e perdão por te entregar essa dura missão”.

Jucurutu/RN:Raio mata animais em propriedade rural no município.


As precipitações que caíram na noite da quarta (16), na cidade de Jucurutu no interior do Rio Grande do Norte vieram acompanhadas de vento, raios e trovões.

Segundo conta um morador do Sítio Arroz, pelo menos uma vaca e um porco foram atingidos pela descarga elétrica. Ele não tem dúvida de que os animais morreram durante o temporal.

Com informações Blog Edilson Silva e fotografia de Igor Araujo.

CORRUPÇÃO: STF suspende investigação sobre Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro, diz MP


O Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) informou que uma decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) suspendeu o procedimento investigatório criminal que apura movimentações financeiras atípicas do ex-assessor do senador eleito Flávio Bolsonaro (PSL), Fabrício Queiroz, e de outros assessores da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), “até que o Relator da Reclamação se pronuncie”.
As movimentações atípicas detectadas pelo Coaf na conta de Queiroz incluíram depósitos de assessores de Flávio na Assembleia Legislativa do Rio (Alerj). A maioria deles ocorreu em datas próximas aos dias de pagamento no Legislativo fluminense.
O Ministério Público, no entanto, não informou o que motivou a decisão cautelar proferida nos autos da Reclamação de nº 32989. “Pelo fato do procedimento tramitar sob absoluto sigilo, reiterado na decisão do STF, o MP-RJ não se manifestará sobre o mérito da decisão”, informou o órgão, por meio de nota. O pedido ao STF foi movido pela defesa de Flávio Bolsonaro e foi distribuído ao ministro Marco Aurélio Mello.

Segurança Pública recebe investimentos na ordem de R$ 80 milhões

CIOSP
 
Nos próximos meses o Rio Grande do Norte receberá uma série de investimentos na Segurança Pública, através de um convênio firmado com a Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp). Será um total de R$ 79.973.763,73 milhões destinados para diversos setores e órgãos que fazem parte da Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed). 
 
Para modernização dos sistemas utilizados no Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (CIOSP), setor responsável pelo recebimento e monitoramento de ocorrências, foi destinado R$ 1.928.105,28 milhão. Já para Centro Integrado de Comando e Controle Regional (CICCR) e o Centro de Inteligência da Sesed, o aporte foi, respectivamente, de R$ 5.092.927,38 milhões e R$ 2.877.717,48 milhões. O Centro Integrado de Operações Aéreas (CIOPAER) irá comprar um novo helicóptero e mais duas viaturas, somando R$ 21.777.286,93 milhões.
 
O restante dos recursos foi assim destinado:
 
Polícia Militar
 - Valor: R$ 29.977.330,89 milhões
 - Investimentos: 2 mil coletes balísticos; 179 viaturas; 1.306 armas; 80 escudos balísticos,entre outros equipamentos.
 
Polícia Civil
- Valor: R$ 12.209.780,77 milhões
- Investimentos: 90 armas; 87 viaturas; 10 escudos balísticos; mais investimentos em tecnologia
 
Corpo de Bombeiros Militar
- Valor: R$ 6.110.615,00 milhões
- Investimentos: 16 viaturas

CURRAIS NOVOS/RN: POLÍCIA PRENDE DUPLA DE ALTA PERICULOSIDADE ACUSADA DE TENTAR ASSALTAR PRODUTOR RURAL


 
Na tarde dessa quinta-feira (17/01/19) Policiais Civis de Currais Novos com apoio da Polícia Militar conseguiram prender uma dupla considerada de alta periculosidade, acusada de tentar assaltar um produtor rural nessa manhã em Currais Novos onde chegaram a efetuar disparos de arma de fogo no carro da vítima que não parou ao ser abordado próximo a sua granja. MARCOS AURÉLIO DA SILVA PONTES, 21 ANOS, VULGO MARQUINHOS DE NERISSE já havia sido preso com droga no último dia 08 de Dezembro passado (RELEMBRE AQUI ) , porém já estava em liberdade. Na casa dele foi apreendido um revólver calibre 38 municiado e uma porção de entorpecente.
MARCOS ANTÔNIO ALVES DE FREITAS, 18 ANOS, VULGO “ANÃO” foi preso em sua residência onde foi encontrado uma roupa camuflada semelhante a usada na tentativa de assalto. Anão também havia sido preso no último dia 24 de Dezembro passado   ( RELEMBRE AQUI) acusado de ameaçar a companheira e seus familiares, mas já estava em liberdade.
A dupla é velha conhecida da polícia com várias passagens pela delegacia incluindo assaltos e tráfico de drogas.
Parabéns a todos os policiais pelo empenho nessa ocorrência e mais uma vez mostra a força que tem a segurança pública aqui na nossa cidade no tocante o combate a criminalidade.

Com informações da  CN Policia.com

Lajes/RN: Casa lotérica foi assaltada


A onda de assaltos a lotéricas continua, na última quarta-feira foi a vez da Casa Lotérica de Lajes, a 65km aqui de Santana do Matos, a lotérica está localizada no centro comercial da vizinha cidade. 

Segundo relatos de populares, dois homens, em uma moto, chegaram no estabelecimento por volta das 14h20min da quarta-feira e anunciaram o assalto.
 
No local estavam alguns clientes e atendentes, os dois homens estavam armados e levaram dinheiro. O valor não foi informado.

Suspeitos de matar empresária potiguar são presos pela Polícia Civil em AL e SE


A Polícia Civil prendeu na noite da quarta-feira (16), em ações realizadas em Sergipe e Alagoas, dois suspeitos de participação na morte da empresária Maria da Conceição de Lima Barbosa, de 56 anos, em novembro do ano passado, no interior do Rio Grande do Norte. A ação foi realizada pela Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor), com a Delegacia de Pedro Velho e em conjunto com policiais dos outros estados.
De acordo com os investigadores da Deicor, os homens estavam escondidos, separadamente, um em Alagoas e o outro em Sergipe. Ainda de acordo com a polícia, ainda há outros envolvidos a serem identificados.
Os investigadores chegaram a desconfiar de um caso de sequestro, mas durante as diligências a possibilidade foi descartada. Segundo a polícia, os dois suspeitos têm uma "ficha criminal bastante extensa".
Mais detalhes sobre as prisões e o andamento da investigação serão apresentados pela polícia durante uma entrevista na Delegacia Geral de Polícia Civil, em Natal, na tarde desta quinta-feira (17).

O crime

Maria da Conceição de Lima Barbosa, de 56 anos, era dona de um posto de combustíveis no município de Santo Antônio. O corpo dela foi encontrado com marca de tiro na cabeça, na zona rural de Pedro Velho, distante cerca de 90 quilômetros de Natal, na madrugada de 8 de outubro do ano passado. 

A mulher e a filha dela foram vítimas de assaltantes ainda na tarde do dia 7 de outubro, quando estavam na estrada, saindo de Santo Antonio a caminho de Natal. O carro em que elas estavam, um Ônix, foi trancado por outro veículo, modelo Gol, que tinha três criminosos; Dois deles assumiram o carro das mulheres e as levaram como reféns.
Em direção a Brejinho, os bandidos entraram em uma estrada de terra que dá acesso ao município de Espírito Santo, onde o Gol foi incendiado. O assaltante que estava no carro se juntou aos outros dois e o Ônix com as reféns seguiu viagem. Mais adiante, a filha foi libertada e a mãe continuou em poder dos criminosos.
Parentes também revelaram ao G1, na época, que os bandidos queriam o dinheiro do posto, exigindo que a empresária entregasse uma certa quantia. Maria da Conceição teria entregue um envelope com cerca de R$ 3 mil em dinheiro, dizendo que era tudo o que tinha com ela.
Já libertada, e com a ajuda de um morador da região, a filha conseguiu pedir socorro ao pai, que acionou a Polícia Militar, que fez buscas pelos criminosos. Já na madrugada, veio a notícia de que um corpo havia sido encontrado em uma estrada de terra entre Espírito Santo e Pedro Velho, próximo ao distrito de Coité.
O carro e bens da empresária foram achados já na Paraíba.

Do G1

Novos dirigentes do Detran e DER são anunciados



A governadora Fátima Bezerra anunciou na terça-feira, 17, os dirigentes do Departamento Estadual de Trânsito (DETRAN) e Departamento de Estradas e Rodagem (DER).
O engenheiro mecânico e de segurança no trabalho, Octávio Santiago Filho, aposentado do DER, assumirá a direção geral do DETRAN e o engenheiro civil, Manoel Marques Dantas, com mais de 30 anos de atuação no DER, assumirá a direção geral do Departamento de Estradas e Rodagem. “A nossa meta é recuperar e manter as estradas em boas condições, bem como todo o sistema de transportes que está sob a responsabilidade do DER, afim de contribuir para desenvolvimento do estado”, afirmou.
Sobre os nomes anunciados, a Governadora enfatizou o perfil técnico da sua equipe “Assumi o compromisso de escolher profissionais com perfil técnico para todas as áreas do nosso governo. O DETRAN e o DER são dois órgãos fundamentais e estratégicos, para alavancar o desenvolvimento do Rio Grande do Norte”, ressaltou.

Com informações do BG

quinta-feira, 17 de janeiro de 2019

Acusado de matar repórter policial em Carnaúba dos Dantas foi preso durante operação policial


Policiais Civis da Delegacia de Carnaúba dos Dantas, com o apoio da Polícia Militar, prenderam na tarde desta quarta-feira (16/01/2019) JOÃO VÍTOR DE SOUZA, acusado do homicídio praticado em desfavor de ALEXANDRE LÚCIO DANTAS, acontecido no dia 04/01/2019, por volta das 18h, no sítio Carnaúba de baixo, zona rural de Carnaúba dos Dantas.
A vítima era conhecida na cidade por ser possuidor de um blog que noticiava fatos policiais e o assassinato causou grande comoção na comunidade onde residia.
O Inquérito foi instaurado na Delegacia de Polícia local e a investigação terá prosseguimento, sob a coordenação do Delegado Bruno Ferraz, com vistas à identificação de outros envolvidos no ilícito.
DANIEL SOCORRISTA

Mãe identifica corpo achado em praia amordaçado, com as mãos amarradas e nu


Fim do mistério – ou pelo menos uma parte dele. Foi identificado na manhã desta quarta-feira (16) o corpo do homem encontrado amordaçado, com as mãos amarradas para trás e sem roupa na praia de Tourinhos, município de São Miguel do Gostoso. Essa cidade fica a 101 quilômetros de Natal. Ele foi identificado como Janilson da Cruz de Oliveira, 32 anos, era divorciado e deixa um filho de dois anos. Quem identificou foi a mãe dele, que concordou em dar informações sobre seu filho desde que sua identidade fosse preservada.
De acordo com ela, Janilson era morador de Muriú, praia que fica no município de Ceará-Mirim, na Grande Natal. E deixou o lugar após se envolver em crimes. Janilson era suspeito de ter participado de um assalto em Ceará-Mirim e também de ter assassinado uma tia sua. De acordo com informações do sistema de processos do Tribunal de Justiça, ele teria deixado Muriú em 2015, ano quando foi morar na cidade de Extremoz.
No sistema do TJ também é possível confirmar que ele respondia por furto e latrocínio, quando foi morta Maria Nazaré de Oliveira. Por este crime ele teria sido preso em julho de 2011, mas foi liberado em 2014 após três anos preso. O motivo foi que ele deveria ter passado por exame de insanidade, mas não foi levado pela Justiça.
Depois de ter sido libertado, a Justiça tentou intimar ele por, pelo menos, três vezes, a última delas em fevereiro de 2016, quando o oficial de Justiça, sem conseguir encontrá-lo, intimou a mãe dele sobre a ação penal que ainda necessitava do exame de sanidade. Depois disso, ele nunca mais foi encontrado.
A mãe diz que, após os crimes, Janilson acumulou muitos inimigos. E não poderia voltar a Muriú porque seria morto. Ela não informou há quanto tempo ele havia partido. Apenas contou que o assassinato provavelmente se deu porque ele era envolvido com drogas e bebida. “Sou mãe, mas não vou negar. Não posso negar a verdade”, disse.
E acrescentou, com relação a quem fez isso com o filho dela: “Não importa o que ele fez. É meu filho. É sangue. Quem fez isso com ele, um dia… Deus… Tem a justiça da Terra, mas tem Deus no céu, num é? Deus tá vendo”.  Apesar de ter sido reconhecido pela mãe, o corpo de Janilson não foi liberado. Isso porque ele não possuía documentos.
De acordo com informações do Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep) o cadáver só é liberado caso haja documento comprovando a identidade. Caso a família não compareça com o documento, o Itep tentará outros exames para consolidar a identificação do cadáver, o que pode incluir o DNA.
OP9

Talento mirim: Com 11 anos, potiguar Yasmin Brito conquista público com repertório de MPB e forró

José Aldenir / Agora RN
Yasmin Brito e o músico Reniê Aprígio
“Como é grande o meu amor por você”, canção de Roberto Carlos, marca o início da carreira da pequena cantora mirim, Yasmim da Silva Brito, de apenas 11 anos. Natural do Rio Grande do Norte, ela reside com sua família no bairro Felipe Camarão, na zona Oeste de Natal.
Sua paixão pela música surgiu desde muito pequena. Yasmim começou a cantar aos dois anos de idade. Pais da garota, Ediciod’edicio da Silva e Ana Cláudia Cosme de Brito, ambos de 38 anos, viram desde cedo o talento da filha e decidiram investir no seu sonho.
As referências musicais que fazem o repertório de Yasmin são bem diversificadas, com nomes como Elis Regina, Gonzaguinha, Dominguinhos, Elba Ramalho e Roberto Carlos, entre outros. A Música Popular Brasileira e o forró são seus estilos preferidos.
Yasmim já é convidada para fazer shows na região e também no interior do Estado. Sua agenda é administrada pelo pai. O telefone para contato é (84) 98707-7194. O jovem Reniê Aprígio é o músico de Yasmim e a acompanha nos eventos.
Atualmente no sexto ano do ensino fundamental, ela já planeja se qualificar com aulas de canto e, assim, viver de música. Nunca desistir dos sonhos é um dos seus lemas. “Assim você pode ter uma história de vida grande, uma história de vida bonita”, declarou Yasmim.
Seu pai, Ediciod’edicio, não esconde o orgulho que sente da filha. “Felicidade. Me sinto muito feliz. Percebemos o talento dela cedo e a gente segue investindo”, enfatizou o pai.

 Do Agora RN

Márcia Maia confirma que vai chefiar Agência de Fomento do RN a partir de fevereiro

José Aldenir / Agora RN
Filiada ao PSDB, Márcia apoiou Fátima Bezerra, do PT, para governadora
A deputada estadual Márcia Maia (PSDB), que não conseguiu se reeleger nas eleições 2018, confirmou nesta quarta-feira, 16, que vai assumir – a partir de fevereiro, quando termina seu mandato na Assembleia Legislativa – a presidência da Agência de Fomento do Rio Grande do Norte (AGN).
“Será um trabalho de extrema importância para trazer investimentos para o nosso Estado e vamos precisar de um trabalho em conjunto da classe política”, disse Márcia Maia, durante a solenidade de posse da nova diretoria da Federação dos Municípios (Femurn), que contou com a presença da governadora Fátima Bezerra.
De acordo com a deputada, o convite partiu da governadora e foi bem recebido pelas entidades empresariais do Estado, bem como a classe política.
“Nosso foco será voltado para o trabalho de desenvolvimento dos microempreendedores. Haverá uma reunião em fevereiro para a aprovação do meu nome e, em seguida, iniciarei este trabalho de grande importância”, completou Márcia Maia. 

Com informações do AgoraRN

São Paulo: Paraibana morre depois de ser esfaqueada e espancada por um casal em Peruíbe


A jovem Roneide Santos, natural da cidade de Conceição, foi brutalmente espancada por um casal na terça-feira (15), na cidade de Peruíbe, zona Sul de São Paulo e morreu, depois de ser socorrida e ficar internada em um hospital local. Um casal, que residia vizinho da jovem foi preso em flagrante, acusado de praticar o crime.
De acordo com informações apuradas pela Polícia Militar de São Paulo, primeiro a mulher do suspeito esfaqueou a vítima que caiu no chão. Em seguida, o marido pegou um veículo e atropelou a jovem.
Uma viatura da PM fazia patrulhamento quando os policiais ouviram gritos de uma mulher, que pedia socorro na esquina das ruas Tupi e Carlos Gomes, no Jardim Ribamar. Os policiais seguiram o som e ao chegar no local encontraram um veículo vermelho estacionado. Ao notar a presença da polícia um casal fugiu do local. No chão a jovem conceiçãoense estava caída com diversos ferimentos e fraturas. Ela foi socorrida, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu, segundo informou um homem natural de Conceição, que reside em São Paulo e é casado com uma tia da jovem.
Na viatura os policiais seguiram acompanhar o veículo e poucos instantes depois o casal foi abordado. Tanto o homem quanto a mulher estava com a roupa suja de sangue e no interior do veículo foi encontrada uma faca suja de sangue. Segundo a PM, a vaca teria sido usada para golpear a jovem.


 VALE DO PIANCÓ NOTÍCIAS

Governo estuda excluir afastamento por doença de cálculo para aposentadoria


No plano de passar um pente-fino nas regras do INSS (Instituto Nacional de Seguro Social), a equipe econômica do ministro da Economia, Paulo Guedes, estuda dificultar o acesso à aposentadoria para quem tem que se afastar do trabalho por motivo de saúde.
Segundo pessoas envolvidas nas discussões, está no radar um artigo para que o período de recebimento do auxílio-doença seja, na prática, descontado do tempo que se conta para ter direito a se aposentar.
Em termos técnicos, o que ocorreria seria uma mudança na forma de calcular o chamado tempo de carência: o número mínimo de meses pagos ao INSS para ter direito a benefícios, como auxílios e aposentadoria.
Para se aposentar por idade, é preciso ter no mínimo 180 meses de contribuição, o equivalente a 15 anos. Se nesse período a pessoa tiver algum problema de saúde e ficar afastada por um ano, por exemplo, recebendo auxílio-doença, não poderá contar esse ano na carência. Terá de trabalhar mais um ano para compensar.
A proposta de alteração na lei considera que quando a pessoa está afastada e recebe o auxílio, ela não contribui para o INSS.
O impacto da medida recairia principalmente sobre as aposentadorias por idade, afetando em cheio pessoas de baixa renda.
É a população mais pobre que geralmente se aposenta por idade no Brasil, pois essa parcela da população não permanece no mercado formal de trabalho por muitos anos. Pelas regras atuais, homens (65 anos) e mulheres (60 anos) que tiverem pelo menos 15 anos de contribuições à Previdência conseguem esse benefício. Para trabalhadores rurais, são cinco anos a menos para ambos os sexos.
Atualmente, há cerca de 10,77 milhões de aposentados por idade no país, o equivalente a quase 31% dos benefícios da Previdência Social e 27% dos gastos totais. No ano passado, o valor médio do benefício era de quase R$ 970 -o salário mínimo era de R$ 954.
O pano de fundo da discussão é que a Justiça tem decidido a favor do trabalhador e determinado que, para cálculo da carência, deve ser considerado o tempo de afastamento do trabalho por razão de saúde. Por exemplo, um homem que completou 65 anos de idade, trabalhou 14 anos formalmente e recebeu auxílio-doença por um ano teria o direito a se aposentar por idade, segundo a regra atual.
A proposta que vem sendo discutida entre técnicos do Ministério da Economia e especialistas em Previdência é para alterar a legislação e impedir esse cálculo, restringindo mais o acesso à aposentadoria.
O argumento é que, durante o auxílio-doença, não há pagamento ao INSS. Por isso, esse tempo não poderia ser considerado como forma de alcançar os requisitos mínimos.
A mudança geraria pouco efeito nos casos das aposentadorias por tempo de contribuição -em que não há exigência de idade e o tempo de contribuição é de 30/35 anos (mulheres/homens). Neste caso, há uma carência de 15 anos, mas como o tempo de contribuição requerido é muito superior, a exclusão do período sob auxílio-doença não seria representativa.
Para o advogado João Paulo Ribeiro, especialista em direito previdenciário, a proposta fere questões básicas da seguridade social. "Se a pessoa está doente, ela tem que ser amparada pelo sistema. É uma situação contrária à vontade do trabalhador", disse.
A medida provisória (MP) que passará um pente-fino no INSS ainda está em análise pelo governo. O presidente Jair Bolsonaro (PSL) terá que dar o aval e publicar o texto a ser enviado para o Congresso Nacional.
No esboço da MP, a equipe técnica não apresentou uma estimativa de redução nas despesas da Previdência com essa medida em estudo. Alguns acreditam que essa nova regra valeria imediatamente, mas há especialistas contrários a essa tese.
Consultores da Câmara dos Deputados defendem que seria injusto com quem já faz parte do regime previdenciário; a alteração só teria validade no futuro.
Durante a gestão de Michel Temer, o INSS fez um pente fino em 710,8 mil aposentadorias por invalidez e 471,6 mil auxílios-doença de segurados que recebiam o benefício há mais de dois anos, dos quais 55% (na soma total de ambos) tiveram o benefício cortado.
DOIS BENEFÍCIOS  
Ao retirar o período de auxílio-doença para calcular a carência, também ficaria mais difícil para que um trabalhador tenha direito a dois benefícios em um curto prazo.
A medida provisória que está em elaboração prevê a criação de carência para receber o auxílio-reclusão, pago a dependentes do trabalhador preso.
Inicialmente, seria estabelecido um prazo mínimo de 12 meses de contribuições, mas esse período pode ser estendido, de acordo com pessoas que participam das discussões.
A medida provisória para alterar normas da Previdência Social pode economizar até R$ 20 bilhões por ano, informou na terça (8/1) o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni.
A MP visa combater fraudes na Previdência e modernizar a legislação. A ideia é endurecer regras para pensão por morte, auxílio-reclusão e aposentadoria rural.

Com informações do diariodolitoral.com.br

quarta-feira, 16 de janeiro de 2019

Conheça novas regras para posse de arma no país



O presidente Jair Bolsonaro assinou nesta terça-feira (15) decreto que flexibiliza as regras para a posse de arma de fogo no país, que já entrou em vigor. O decreto mudou algumas regras, como o prazo de renovação passou para dez anos.

Veja abaixo alguns pontos do novo decreto:

O que muda com o decreto?

O decreto trata da posse de armas, ou seja, o cidadão poder ter uma arma em casa. Com o decreto, poderá adquirir uma arma quem morar em cidade ou estado onde a taxa de homicídios seja superior a 10 para cada 100 mil habitantes, morar em áreas rurais, for dono de estabelecimentos comerciais ou industriais, militares, for agente público que exerce funções da área de segurança pública, administração penitenciária, integrantes do sistema socioeducativo lotados nas unidades de internação, da Agência Brasileira de Inteligência e no exercício do poder de polícia administrativa e correcional em caráter permanente ou for colecionador, atirador e caçador, devidamente registrado no Exército. Antes, a necessidade de ter uma arma era avaliada e ficava a cargo de um delegado da Polícia Federal, que poderia aceitar, ou não, o argumento.

O decreto anterior estabelecia que o registro deveria ser renovado a cada três anos, nos casos em que o Exército é responsável pela expedição, e a cada cinco anos, nas situações sob responsabilidade da Polícia Federal. O decreto publicado hoje unifica esses prazos em 10 anos.

Quem poderá ter a posse de arma?

A posse de arma de fogo de uso permitido pode ser concedida a quem atender aos requisitos dos incisos I a VII do caput do Artigo 12 do Decreto nº. 5.123, de 2004:

I – declarar efetiva necessidade;

II – ter, no mínimo, vinte e cinco anos;

III – apresentar original e cópia, ou cópia autenticada, de documento de identificação pessoal;

IV – comprovar, em seu pedido de aquisição do Certificado de Registro de Arma de Fogo e periodicamente, a idoneidade e a inexistência de inquérito policial ou processo criminal, por meio de certidões de antecedentes criminais da Justiça Federal, Estadual, Militar e Eleitoral, que poderão ser fornecidas por meio eletrônico;

V – apresentar documento comprobatório de ocupação lícita e de residência certa;

VI – comprovar, em seu pedido de aquisição do Certificado de Registro de Arma de Fogo e periodicamente, a capacidade técnica para o manuseio de arma de fogo;

VII – comprovar aptidão psicológica para o manuseio de arma de fogo, atestada em laudo conclusivo fornecido por psicólogo do quadro da Polícia Federal ou por estar credenciado.

Se eu conseguir a posse, isso significa que poderei sair na rua com a arma?

Não. A posse dá direito de manter a arma apenas em casa ou no trabalho. Para sair da residência com a arma, é preciso autorização para o porte, que garante ao cidadão circular com a arma fora de casa, trabalho ou estabelecimento comercial, ou seja, poder andar com ela na rua. O porte de arma não é objeto do decreto.

Quantas armas posso ter registradas em meu nome?

Não existe limite legal da quantidade de armas a serem registradas por cidadão. O decreto presidencial, em algumas situações, limita a aquisição de até quatro armas. Nesses casos, se o indivíduo tiver interesse em adquirir mais armas, deverá comprovar a efetiva necessidade. Se a pessoa tiver mais de quatro armas registradas e comprovar a necessidade de mais, poderá conseguir autorização para compra das demais.

Poderei ter em casa fuzis, metralhadoras ou armas automáticas?

Não, o decreto somente facilita a posse de armas de uso permitido e não inclui armas de uso restrito, como armas automáticas ou fuzis.

Perdi o prazo de regularização das armas. Poderei ser anistiado?

O decreto não prevê anistia para quem perdeu o prazo para recadastramento, que terminou em 2009. Essa medida demanda mudança legislativa, o que só pode ser feita por meio de lei. O decreto prevê a renovação automática dos certificados de registro de arma de fogo expedidos pela Polícia Federal antes da data de publicação do ato, e ainda vigentes, pelo prazo de dez anos.

Por quanto tempo valerá a autorização de posse de arma?

O prazo passou de cinco para dez anos com o decreto

Como faço para solicitar o registro e quais os documentos necessários?

Primeiro, o interessado precisa obter uma autorização da Polícia Federal para comprar a arma. Para isso, deve preencher os requisitos previstos no Artigo 12 do Decreto nº. 5.123, de 2004. Depois de comprar a arma, deve-se ir a uma unidade da Polícia Federal para fazer o registro com os seguintes documentos: requerimento preenchido disponível no site da PF, autorização para adquirir arma de fogo, nota fiscal de compra da arma de fogo e comprovante bancário de pagamento de taxa devida por meio da Guia de Recolhimento da União – GRU.

Onde devo guardar a arma?

Em um local seguro, como um cofre ou um local com tranca, de difícil acesso por parte de crianças, adolescentes ou pessoas com deficiência mental.

Se eu não tiver um cofre para guardar a arma, serei punido?

Se, na residência houver criança, adolescente ou pessoa com deficiência, o interessado deve se assegurar que a arma seja armazenada em segurança, pode ser um cofre ou local com tranca. Será exigido do interessado a apresentação de declaração de que mantém a arma em um cofre ou local com tranca. Se a criança, adolescente ou pessoa com deficiência tiver acesso à arma por falta de cuidado do responsável, este incorrerá na prática do crime de omissão de cautela do art. 13 da Lei nº 10.826/2003, com até dois anos de prisão.

Agência Brasil