sexta-feira, 30 de abril de 2021

Feriado: Lagoa Nova Feira é antecipada

Foi publicado Decreto Municipal, estabelecendo sobre a antecipação da feira livre:

“Art. 1º – Fica antecipada a realização da FEIRA LIVRE do Município de Lagoa Nova/RN, que, excepcionalmente, ocorrerá na sexta-feira dia 30 de abril de 2021.

Art. 2º- Fica determinado que a FEIRA LIVRE e o Mercado Público Municipal deverão ocorrer no horário compreendido das 06 (seis) horas às 14 (quatorze) horas.

Câmara Municipal de Fernando Pedroza retoma emissão de Carteiras de Identidades.

Garantindo mais cidadania a população Fernando-Pedrozense, a Câmara Municipal retomou desde o início do mês de Abril a emissão de Carteiras de Identidade. Fruto de um convênio firmado com a Federação das Câmara Municipais do Rio Grande do Norte (FECAM/RN) em parceria com o Instituto Técnico-Científico de Perícia (ITEP), o projeto já beneficiou centenas de populares com a confecção do RG.
"É de grande importância a permanência desta ação em nosso município, antes quem necessitava desse serviço tinha que se deslocar para cidades mais distantes como Assú ou Mossoró, e hoje fruto dessa parceria com o Instituto de Identificação e a Câmara Municipal vamos conseguir atender melhor nossa população sem precisar de deslocar para outros municípios gerando também economia para cada cidadão" frisou o Presidente da Câmara Municipal Kleverlan Félix.

De acordo com à secretaria legislativa, Eziana Costa, à Câmara Municipal só poderá emitir RG's em casos de gratuidade, como a 1ª via, idosos, portadores de necessidades especiais, estrangeiros ou com ordem judicial. Ela informa ainda que a emissão desse importante e principal documento de identificação continuará sendo realizada na sede do Poder Legislativo Pedrozense de segunda à sexta das 8h às 11h.

*SERVIÇO*

Primeira via e idosos o documento é gratuito;
Segunda via, valor: R$ 25,00 (vinte e cinco reais); Terceira via, valor: R$ 35,00 (trinta e cinco reais).

*DOCUMENTOS NECESSÁRIOS*

Certidão de Nascimento ou casamento;

Fotos 3x4;

CPF;

Comprovante de residência (no caso de emissão de segunda ou terceira via a identidade).

........

Assessoria de Comunicação - Câmara Municipal de Fernando Pedroza/RN

RN ASSINA PRÉ-ACORDO DE OPERAÇÃO DE ÁGUAS DO SÃO FRANCISCO

O Governo do Estado do Rio Grande do Norte assinou, nesta quinta-feira (29/04), pré-acordo de operação da Transposição de Águas do Rio São Francisco. O evento, às 18 horas, na Governadoria, em Natal, foi realizado de forma virtual com o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) e os estados envolvidos na obra: PB, PE e CE. A governadora Fátima Bezerra, acompanhada do vice-governador Antenor Roberto e membros do Poder Executivo estadual participou de forma virtual e, após a reunião, concedeu entrevista para entrevista a imprensa.

CPI mira vacinas, cloroquina e estratégia de comunicação do governo Bolsonaro

O plano de trabalho apresentado nesta quinta-feira (29) pelo relator da CPI da Covid, senador Renan Calheiros (MDB-AL), elenca seis linhas de investigações que serão conduzidas pelos membros da comissão, sendo a primeira delas as ações do governo Jair Bolsonaro no enfrentamento da pandemia.

O tópico tem potencial para atingir em cheio o governo federal, já que trata das medidas consideradas mais polêmicas do presidente por envolverem discursos negacionistas.

A comissão vai investigar, por exemplo, as medidas tomadas para promover o isolamento social -do qual Bolsonaro é crítico- e para a aquisição e distribuição de vacinas e insumos, que tardaram a serem comprados e entregues no Brasil.

Além disso, o plano trata da "aquisição e distribuição de testes e respiradores, a estruturação de leitos de UTI, distribuição de EPIs (Equipamentos de Proteção Individual) e a estratégia de comunicação das ações de combate à pandemia".

Um dos focos, portanto, será o atraso no cronograma do Plano Nacional de Imunizações, principalmente a lentidão e recusa para adquirir as vacinas Coronavac e do laboratório Pfizer.

A Coronavac foi alvo de disputa entre Bolsonaro e o governador de São Paulo, João Doria (PSDB). Bolsonaro chegou a dar ordem para Pazuello voltar atrás em um acordo para a compra do imunizante.

Em relação à Pfizer, o governo primeiro alegou dificuldades logísticas, principalmente de armazenamento. O ex-ministro Eduardo Pazuello depois argumentou que as condições "leoninas" impostas pela empresa americana impediam o Brasil de comprar a imunização.

Em entrevista recente à revista Veja, o ex-secretário de Comunicação Fabio Wanjgarten afirmou que o acordo não foi fechado por incompetência do Ministério da Saúde e também disse que esteve à frente das negociações.

O plano do relator também aborda indiretamente a questão da hidroxicloroquina, medicamento sem comprovação científica contra a Covid-19, que é incentivado pelo governo e pelo próprio presidente Bolsonaro. A esse respeito o relator incluiu como foco da investigação o aplicativo TrateCov, desenvolvido pelo Ministério da Saúde.

Nesse aplicativo, os pacientes descreviam seus sintomas e recebiam uma sugestão de tratamento, com alguns remédios sem comprovação de eficácia, sendo o mais comum nas respostas a hidroxicloroquina.

"Esta relatoria tem ciência de que, durante pandemias, vidas são perdidas em razão do agravamento da condição de saúde das vítimas contaminadas. A despeito disso, é necessário investigar se, somado à gravidade de um vírus potencialmente letal, o poder público agiu de maneira adequada ao propósito de minimizar perdas e proteger a população", diz o plano de trabalho.

O plano de trabalho estava inicialmente programado para ser votado em sessão da CPI da Covid na manhã desta quinta-feira (29). No entanto, em ações vistas como protelatórias, governistas apontaram que não haviam tido contato com o plano com antecedência e por isso se recusaram a votá-lo.

Os senadores então aprovaram requerimentos de convocação, apenas para estabelecer uma programação para a primeira semana de trabalhos.

Foram convocados o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, além dos últimos três titulares da pasta: Luiz Henrique Mandetta, Nelson Teisch e Eduardo Pazuello.Também foi convocado o diretor-presidente da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), Antonio Barra Torres.

Renan, que fez um discurso inaugural repleto de críticas indiretas ao governo e ao ex-ministro Eduardo Pazuello, fez questão de incluir trecho no plano no qual rechaça a ideia de ter motivação política no colegiado.

"Assim, no que couber a este relator, procuraremos afastar qualquer discussão movida por questões partidárias ou voltadas a atacar o governo ou a oposição", escreveu Renan.
Em entrevista coletiva para apresentação do plano, Renan disse que objetivo do documento é não limitar a investigação.

"Nós investigaremos tudo que for necessário investigar", disse. "É um plano em função do objetivo da própria comissão parlamentar de inquérito. Na medida que nós caminharmos, os requerimentos darão os parâmetros da própria investigação. Os próximos requerimentos a serem apreciados darão esse balizamento, ou seja, para onde a CPI irá a partir dessas novas convocações", acrescentou.

Ele disse que ainda está em estudo a criação de subrelatorias, mas afirmou temer que isso disperse o foco do trabalho.

Renan acrescentou que é um plano que agrega todos os planos apresentados pelos outros membros.

"Se nós nos depararmos com desvios de recursos, e se for da nossa competência, vamos apurar, vamos responsabilizar, é o que compete à CPI fazer. Mas essa CPI não é para isso. É para investigar se houve omissão, irresponsabilidade, negligência do governo na pandemia."

FOLHAPRESS

 

 

Saque do auxílio emergencial 2021 começa nesta sexta (30); confira as regras e calendário

Nesta sexta-feira (30), a Caixa libera o saque da primeira parcela do auxílio emergencial 2021 para beneficiários nascidos em janeiro, que não estão inscritos no Bolsa Família. A ordem de liberação obedece o mês de nascimento do trabalhador. A cada dia há novas autorizações para saques em dinheiro, com exceção de sábados e domingos.

Como a conta digital não tem cartão, o beneficiário vai precisar usar o aplicativo Caixa Tem para liberar o resgate da grana. O processo é exatamente igual ao do ano passado. Ao acessar o Caixa Tem, é preciso clicar em “saque sem cartão” e digitar o valor desejado. Será informado um código, necessário para retirar o dinheiro no banco.

Com o código, o beneficiário vai a uma lotérica, terminal de autoatendimento da Caixa (caixas eletrônicos) ou nos correspondentes Caixa Aqui e informa o número para efetuar o saque. Segundo a Caixa, o beneficiário também pode comparecer em uma agência para a geração desse código.

O saque da primeira parcela foi antecipado. Antes, a operação só seria possível no dia 4 de maio. A Caixa avalia antecipar também a data de saque das próximas parcelas do auxílio. De acordo com o presidente do banco, Pedro Guimarães, a antecipação vai depender da dinâmica do primeiro pagamento.

Na mesma data em que o saque é liberado, o beneficiário também poderá transferir o valor para outra conta bancária pelo Caixa Tem (por meio de TED, DOC e Pix) . É uma opção para quem quiser fugir das filas nas agências e do risco de contaminação do coronavírus. A outra conta pode ser de qualquer banco e estar no nome de outra pessoa.

Confira o calendário completo

A transferência é feita pelo aplicativo Caixa Tem, sem o pagamento de tarifa. Segundo a Caixa, após o trabalhador pedir a transferência, o dinheiro normalmente entra na conta indicada no dia seguinte de manhã, que é o tempo para a compensação bancária.

  1. Acesse o aplicativo Caixa Tem
  2. Selecione a opção “Saque sem Cartão”. Essa opção só estará disponível a partir do dia em que o saque for liberado para o trabalhador
  3. Escolha a opção “Saque Auxílio Emergencial”
  4. Clique em “Gerar Código para Saque”
  5. Digite a senha para acesso ao Caixa Tem
  6. Como não há cartão para esta conta digital, será gerado um código autorizador para o saque nos caixas eletrônicos e nas casas lotéricas. Anote o número. Este código terá validade de 2 horas. Se ele expirar, pode ser gerado novamente
  7. No caixa eletrônico, digite o código autorizador no campo específico
  8. Na lotérica, informe o número para o atendente

Atenção! Será preciso informar o código autorizador emitido pelo aplicativo Caixa Tem para fazer o saque

Horário das agências

  • As agências da Caixa abrem das 8h às 13h
  • Para sacar o auxílio emergencial não é necessário ir à agência durante o horário do expediente
  • Como o saque pode ser feito no caixa eletrônico, é possível optar por horários alternativos e evitar filas

1 – Não saia de casa sem máscara de proteção

  • Nunca coloque a mão diretamente na máscara
  • Use os elásticos ou as tiras de amarrar para colocá-la e tirá-la
  • Certifique-se que a máscara está cobrindo nariz e queixo

2 – Mantenha distância social

  • Se precisar esperar na fila, procure ficar a mais de um metro e meio das outras pessoas
  • Dentro das agências, respeite o controle de acesso estipulado pelo banco
  • Haverá sinalização no chão, determinando a distância adequada entre as pessoas na calçada da agência

3 – No caixa eletrônico

  • Após usar o caixa eletrônico, higienize as mãos com álcool em gel
  • Mantenha as mãos longe do rosto

4 – Quando chegar em casa

  • Limpe o celular, a bolsa e a carteira com álcool 70%
  • Coloque a roupa do corpo para lavar e tome um banho
  • Fique atento ao que acontece ao seu redor para evitar assaltos
  • Não saque se tiver receio de alguém que está por perto
  • Não aceite ajuda de outras pessoas, exceto de funcionários da Caixa, identificados com uniforme e crachá
  • Se o caixa eletrônico parecer violado, não o utilize
  • Ao sacar o dinheiro, seja discreto e só conte o valor sacado em lugar reservado
  • Antes de deixar o caixa eletrônico, certifique-se de que a tela não ficou aberta para outros verem os seus dados

Agora São Paulo

TAP cancela voos Lisboa-Natal até 30 de outubro em razão da covid-19

A companhia aérea TAP cancelou mais uma vez todos os voos Lisboa-Natal em razão da covid-19.

A suspensão dos voos é válida até pelo menos o dia 30 de outubro de 2021.

A TAP anunciou a retomada dos voos ao Brasil no dia 16 de abril, prevendo um total de 25 voos semanais:  dois para Brasília, dois para Belo Horizonte, três para Fortaleza, seis para o Rio de Janeiro (um com partida do Porto), seis para São Paulo, dois para Recife, dois para Recife/Maceió e dois para Salvador.

Com informações de Panrotas

quinta-feira, 29 de abril de 2021

PM fala sobre tentativa de homicídio em Currais Novos-RN

Lagoa Nova celebra 48 anos da Biblioteca Bernadete Xavier

A Prefeitura de Lagoa Nova celebrou, na última segunda-feira (26), os 48 anos da Biblioteca Municipal Bernadete Xavier Gomes. O evento aconteceu de forma remota e contou com a presença do prefeito Luciano Santos, presidente da Câmara Lourival Adão e vereadores, Ana Karenine representando o SESI, Sueli Fernandes representando a 9ª Dired, gestores escolares e outras autoridades. A programação que foi divida em duas partes, foi conduzida no 1° momento pela secretária de Turismo, Cultura, Desporto e Desenvolvimento Econômico Josiane Gomes, e no 2° momento pela Bacharel em Biblioteconomia Nina Davi e as professoras Adelaide e Ana Paula Bezerra. Durante a reunião foi apresentado um vídeo documentário que conta a história do espaço.

A boa notícia anunciada de forma oficial pelo prefeito Luciano Santos, foi que o município será contemplado com a moderna Biblioteca Indústria do Conhecimento do Projeto Sesi Tec, com investimentos na ordem de R$ 384 mil. O projeto contempla a edificação de uma estrutura que possibilita o desenvolvimento de habilidades como autonomia, criatividade, pensamento crítico e colaborativo – fundamentais para o mundo do Século XXI. É também um espaço de aprendizagem para o fazer criativo, cultura maker, trabalho em redes, foco no Steam.

Fundada em 26 de abril de 1973, a Biblioteca Municipal Bernadete Xavier Gomes, é um marco histórico na dedicação à educação e cultura dos lagoanovenses. As Bibliotecas públicas foram criadas em razão da convocação do Instituto Nacional do Livro. Em Lagoa Nova, datava a época da gestão do prefeito João Luís (in memorian), que após realizar a adesão do convênio baixou um decreto municipal, que dentre seus efeitos tinha a obrigatoriedade de comprar os primeiros volumes de livros.

O nome da Biblioteca, foi escolhido em homenagem a jovem professora Bernadete Xavier Gomes, que após ser acometida com câncer dedicou-se a uma Cruzada de combate a doença no Brasil. Bernadete, nasceu no dia 26 de Novembro de 1927, no território de Lagoa Nova que a época ainda pertencia a Currais Novos e faleceu em 09 de Fevereiro de 1958 no Hospital Saint Michel Paris-França. Parente da homenageada, Antonio Xavier, acompanhou toda cerimônia em alusão aos 48 anos do espaço.

FPM: Última parcela correspondente ao mês de abril será creditada na próxima sexta-feira

 O último repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) de abril será de R$ 3.477.425.133,18 e o dinheiro entra nas contas das prefeituras na próxima sexta (30).
O terceiro levantamento da Confederação Nacional de Municípios (CNM) sobre a transferência constitucional - a partir dos dados da Secretaria do Tesouro Nacional (STN) entre os dias 11 e 20 - aponta que o repasse de fechamento mensal é 11,67% maior que em 2020.
No entanto, esse crescimento do terceiro decêndio do mês reduz para 4,92% quando se aplica a inflação do período.
Ao considerar a retenção do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), o montante destinado aos cofres municipais será de R$ 2.781.940.106,54.
Ainda assim, abril fecha com aumento de 33,92% ou de 14,18%, aplicando a inflação, diz nota postada pela página eletrônica da Confederação na internet.

RN vai receber primeiro lote de vacinas da Pfizer até sábado (1°), diz Ministério da Saúde


O portal G1-RN destaca que com a chegada prevista do primeiro lote das vacinas da Pfizer ao Brasil com cerca de 1 milhão de doses nesta quinta-feira (29), segundo o Ministério da Saúde, o Rio Grande do Norte deve receber as primeiras doses do novo imunizante entre a sexta-feira (30) e o sábado (1°).

“A distribuição para as 27 capitais do país inicie entre sexta-feira (30) e sábado (1°), em uma divisão proporcional e igualitária”, disse o Ministério da Saúde em nota. A quantidade para cada estado não foi confirmada pela pasta nacional.

A estimativa é de que o estado receba neste primeiro lote cerca de 6 mil doses da vacina da Pfizer – todas vão ficar em Natal, segundo a Sesap.

Com essa vacina, o processo tem uma necessidade específica: as doses precisam ser armazenadas a uma temperatura abaixo de – 70°C. E por isso a recomendação do MS é de que as doses fiquem apenas nas capitais, já que para o armazenamento, é necessário a utilização de ultrafreezers que atingem uma temperatura de até – 90°C.

Por esse motivo, a Secretaria de Saúde confirmou que todas as doses recebidas pelo estado ficarão em Natal, seguindo a recomendação do órgão nacional. Veja a matéria completa no G1-RN.

MPF identifica quebra de contrato da Covaxin e suspeita de favorecimento da gestão Pazuello a empresa

O MPF (Ministério Público Federal) identificou um descumprimento do contrato assinado para o fornecimento da vacina indiana Covaxin e investiga suspeita de favorecimento do Ministério da Saúde à empresa responsável, a Precisa Medicamentos, em razão de cláusulas tidas como benevolentes. O contrato para a entrega de 20 milhões de doses tem o valor de R$ 1,61 bilhão. Foi negociado na gestão do general da ativa Eduardo Pazuello e assinado em 25 de fevereiro.

Três dias antes, em 22 de fevereiro, o ministério já havia autorizado o pagamento à farmacêutica. A nota de empenho, que é a autorização para os depósitos, contempla a íntegra do valor. O pagamento ainda não ocorreu. Pazuello foi demitido do cargo de ministro da Saúde em 15 de março. É, hoje, um dos principais alvos da CPI da Covid, recém-instalada no Senado.

O contrato assinado entre o Ministério da Saúde e a Precisa Medicamentos —que representa a Bharat Biotech Limited International— estabeleceu um cronograma de entrega que deveria ser cumprido “após a assinatura”. Para 16 milhões de doses, esse prazo já se esgotou. Para os 4 milhões restantes, esgota-se no próximo dia 6, conforme cláusula prevista em contrato.

A Covaxin ainda não tem aval da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). No último dia 31, a agência negou pedido do Ministério da Saúde para autorização excepcional de importação e distribuição da vacina. Faltam dados técnicos básicos sobre o imunizante, segundo a Anvisa.

Também foi negado pedido de certificado de boas práticas de fabricação para a Bharat Biotech, após inspeção de técnicos da Anvisa na fábrica na Índia.

A especificação sobre entrega da Covaxin é diferente, por exemplo, da cláusula no contrato entre o ministério e a União Química, responsável pela vacina russa Sputnik V. A Sputnik também segue sem aval da Anvisa.

Assinado em 12 de março, o contrato prevê que 10 milhões de doses devem ser entregues em até 60 dias “após a obtenção da autorização temporária de uso emergencial ou registro definitivo”. Em nota, o Ministério da Saúde afirmou que não há diferença entre os dois contratos. “Trata-se meramente de redação”, afirmou.

Segundo a pasta, a aquisição da Covaxin só será concluída após a Anvisa conceder registro de uso emergencial ou definitivo. “Com a aprovação da agência sanitária, o laboratório deverá providenciar o embarque do produto na Índia.”

Diante do descumprimento dos prazos contratuais, o MPF em Brasília decidiu cobrar, no último dia 31, uma explicação do diretor do Departamento de Logística do Ministério da Saúde, Roberto Ferreira Dias. É ele que assina contratos do tipo.

A Procuradoria também quer uma cópia dos processos de importação da vacina. Neste caso, o pedido se dirige ao tenente-coronel do Exército Alex Lial Marinho, nomeado por Pazuello no cargo de coordenador-geral de Logística de Insumos Estratégicos para Saúde.

O MPF investiga suspeita de favorecimento à Precisa em razão de termos contratuais tidos como benevolentes e por não ter havido sanção contratual após o descumprimento dos prazos previstos.

Além disso, a Procuradoria reúne indícios de que a cúpula do ministério pressionou as áreas técnicas para que fosse encontrada uma solução diante do descumprimento do contrato –o que o ministério nega. “Não houve pressão para solução no deferimento da licença de importação. Este assunto foi tratado entre a empresa e a Anvisa”, disse a pasta, em nota.

Os indícios levantados fazem parte de inquérito civil aberto para investigar suposta improbidade administrativa de Pazuello e seus auxiliares nos atos para compra e distribuição de vacinas, na distribuição de cloroquina —um medicamento sem eficácia para Covid-19—no país e na omissão diante do iminente colapso de oxigênio no Amazonas em janeiro.

Se ficar constatado que o Ministério da Saúde não adotou medidas diante do descumprimento do cronograma de entrega da Covaxin, o MPF pretende abrir uma investigação à parte, para apurar a ocorrência de crimes no caso.

A Covaxin é a vacina mais cara, dentre os imunizantes comprados pelo Ministério da Saúde para o combate à Covid-19. Pelo contrato, cada dose custa US$ 15 (R$ 80,70, pela cotação do dólar no momento da emissão da nota de empenho).

A Sputnik V tem um custo individual de R$ 69,36. Cada dose das vacinas da Pfizer e da Janssen saiu por US$ 10 (ou R$ 56,30, segundo pagamentos feitos antecipadamente). A Coronavac, do Instituto Butantan, custa R$ 58,20.

O Ministério da Saúde disse que os preços estão dentro da média e em conformidade com os mercados interno e externo.

No sábado (24), a pasta fez nova atualização no cronograma de entregas de vacinas e diminuiu em 31% a previsão até maio –de 46,9 milhões de doses antes para 32,4 milhões agora. Imunizantes sem autorização da Anvisa —Covaxin e Sputnik V— saíram do cronograma.

Em nota, a Precisa Medicamentos afirmou que o ministério fez pedido de importação dentro do prazo contratual e que, em paralelo, a empresa solicitou emissão do certificado de boas práticas de fabricação. “Embora o processo de emissão do certificado não tenha ligação formal com o pedido de licença de importação feito pelo Ministério da Saúde, e ainda que a lei não condicione a autorização de uso excepcional ou emergencial à emissão do certificado, a Anvisa indeferiu a licença solicitada pelo ministério”, disse.

Precisa e Bharat Biotech têm mantido contato permanente e relatado ao ministério as tratativas com a Anvisa, afirma a nota, “possibilitando assim, com a maior urgência e brevidade possível, sua entrega ao Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19”.

FOLHAPRESS

quarta-feira, 28 de abril de 2021

Ministério da Saúde inclui grávidas no grupo prioritário de vacinação

O Ministério da Saúde decidiu incluir as grávidas e puérperas (mulheres no período pós-parto) no grupo prioritário para receber a vacina contra a covid-19, informou nesta terça-feira (27) a coordenadora do Programa Nacional de Imunização (PNI) do ministério, Franciele Francinato. 

Em audiência na Câmara dos Deputados para debater a situação das vacinas no país, a coordenadora disse que a medida foi tomada em razão da situação preocupante da pandemia no Brasil e visto que grávidas e puérperas têm risco maior de hospitalização por covid-19.  “A vacinação deve começar a partir do dia 13 de maio”, informou.

Em 15 de março, o governo já tinha incluído as gestantes com comorbidades. De acordo com Franciele, uma nota técnica foi encaminhada na segunda-feira (26) aos secretários estaduais de Saúde, com as novas orientações.

“Nossa indicação é que, nesse momento, vamos alterar um pouco a recomendação da OMS [Organização Mundial de Saúde] que hoje indica a vacinação, de acordo com o custo x benefício. Mas, hoje, o risco de não vacinar gestantes no país já justifica a inclusão desse grupo para se tornar um grupo de vacinação nesse momento”, afirmou.

Locação de trator e escavadeira vias custas R$ 463 mil a Prefeitura de Lajes (RN)

Visando a locação de um trator para corte de terra e uma retroescavadeira, o Prefeito Felipe Menezes Júnior da cidade de Lajes (RN), autorizou a contratação da Empresa Santos Lima Engenharia e Aquitetura Ltda, que fica sediada em Campo Redondo(RN), pelo valor de R$ 463.200,00.

Não será muita grana por aluguel de um trator e uma retroescavadeira? É somente uma pergunta.

3º sargento PM Lusiano Pereira é novo comandante do destacamento de polícia militar de Lagoa Nova

O 3º sargento Lusiano Pereira assume o posto no lugar do sargento Alexandre. Com 19 anos de serviço, em 2001, através de concurso público, ingressou no Curso de Formação de Soldados. Em 2017 concluiu o Curso de Nivelamento de Praças (CNP), de agosto a dezembro de 2018, integrou o curso de Formação de Sargentos (CFS) NO 6º Batalhão de Policia Militar do Estado do Rio Grande do Norte, na cidade de Caicó- RN, e em 31 de dezembro de 2018 foi promovido à graduação de 3º sargento. Além de formação militar, Lusiano Pereira é Bacharel em Serviço Social. Filho natural de currais novos, e no ano de 2020 recebeu título de cidadão lagoanovense.

“A cada novo dia surge em nossas vidas, novos desafios, e nossa fé nos impulsiona a realizar coisas que parecem impossíveis, nos fazendo enxergar um alento de esperança e triunfo nas piores situações. Hoje me foi dada a missão de comandar, de estar a frente do destacamento dessa cidade que tanto amo e escolhi para viver, Lagoa Nova.” Comentou o 3º sargento Lusiano Pereira.

Segunda dose da vacina contra a Covid-19 deve ser tomada mesmo fora do prazo

A população deve tomar a segunda dose da vacina contra a Covid-19 mesmo que a aplicação ocorra fora do prazo recomendado pelo laboratório. Essa é a orientação do Ministério da Saúde, que reforça a importância de se completar o esquema vacinal para assegurar a proteção adequada contra a doença. As recomendações estão em uma nota técnica, divulgada na segunda-feira (26/04) pelo Programa Nacional de Imunizações (PNI).

Atualmente, o Brasil conta com duas vacinas disponíveis, ambas com a necessidade de duas doses para garantir a imunização completa. A Sinovac/Butantan deve ter a aplicação da dose 2 no intervalo de quatro semanas. A AstraZeneca/Fiocruz no intervalo de 12 semanas.

Com o aumento no número de casos de coronavírus e a necessidade da aceleração da vacinação, o Ministério da Saúde mudou a estratégia no início de março, com o envio de doses da vacina Sinovac/Butantan começando a ocorrer em duas etapas: primeiro com a entrega da dose 1 e, quatro semanas depois, da dose 2 – o que já estava ocorrendo com o imunizante da AstraZeneca desde o início da campanha. A quantidade de doses a serem enviadas, tanto para a primeira quanto para a segunda aplicação, é cuidadosamente detalhada através dos informes técnicos, divulgados toda a semana aos estados e municípios.

A partir da 11ª pauta de distribuição de vacinas, realizada no fim de março, o Ministério da Saúde começou a enviar as segundas doses da vacina Sinovac/Butantan para completar o esquema vacinal dos brasileiros. Atualmente, há três grupos prioritários pendentes da segunda aplicação dessa vacina: 3% dos trabalhadores da saúde, 6,2% das forças de segurança, salvamento e Forças Armadas e 1,9% dos idosos entre 60 e 64 anos, totalizando 416.507 de pessoas. A previsão de envio da segunda dose para esses grupos é para a primeira semana de maio, cumprindo o ciclo vacinal no tempo adequado.

O Ministério da Saúde presta apoio aos estados para garantir a compensação e o fechamento do esquema vacinal dos grupos prioritários iniciados, com a previsão de recebimento de novas remessas de vacinas na primeira quinzena de maio. A recomendação é de que estados e municípios sigam as orientações do Governo Federal quanto ao avanço da imunização dos grupos prioritários sequencialmente definidos no Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19 (PNO).

Marina Pagno/Ministério da Saúde

PRF prende sete pessoas e recupera cinco carros roubados; Operação Capellus combateu fraudes veiculares na Grande Natal

A Polícia Rodoviária Federal prendeu sete pessoas, recuperou cinco veículos roubados, apreendeu uma arma de fogo com 11 munições, além da quantia de R$ 4.336,50 em dinheiro vivo em operação na grande Natal que teve como objetivo o combate ao crime organizado e às fraudes veiculares.

A Operação Capellus nas cidades de Natal, Macaíba, São José de Mipibú,São Gonçalo do Amarante, Taipú e Ceará-Mirim foi realizada de 19 a 23 de abril e teve seu balanço divulgado nesta terça-feira (27).

Bolsonaro chama jornalista de “idiota” após questionamento sobre foto

Jair Bolsonaro (sem partido) – Foto: Alan Santos/Presidência da República

Foto de Bolsonaro com "CPF cancelado" é criticada pela oposição

O presidente da República, Jair Bolsonaro, chamou uma jornalista de “idiota”, ao ser questionado na segunda, 26, sobre uma foto em que aparece segurando um cartão com a inscrição “CPF cancelado”. A expressão é uma gíria do meio policial para se referir a mortes ou execuções. “O senhor foi criticado por uma foto postada dizendo ‘CPF cancelado’ num momento em que tantas pessoas estão morrendo. O que o senhor tem a dizer?”, questionou a repórter Driele Veiga, da TV Aratu, durante a inauguração de um trecho da BR-101, na Bahia. “Você não tem o que perguntar, não? Deixa de ser idiota”, respondeu o presidente.

A foto em que Bolsonaro aparece rindo enquanto segura o cartão foi tirada nos bastidores da gravação de uma entrevista do presidente ao programa policial Alerta Nacional, de Sikêra Jr. A imagem viralizou nas redes sociais durante o fim de semana.

“É comum que pessoas imaturas e políticos autoritários ajam com grosseria, falta de educação e violência quando confrontados com seus erros e irresponsabilidades, aumentando o grau de irracionalidade quando se tratar de um homem e do outro lado estiverem as mulheres”, diz o presidente do Sindicato dos Jornalistas da Bahia (Sinjorba), Moacy Neves.

Opositores de Bolsonaro se manifestaram sobre o caso nas redes sociais. Governador da Bahia, Rui Costa (PT), chamou a atitude de Bolsonaro de “lamentável”. “Ao invés de trabalhar, ele ataca governadores, ameaça as instituições, provoca aglomerações, despreza as vacinas. E continua agredindo jornalista. Lamentável Minha solidariedade a Driele Veiga e a todos os jornalistas que têm convivido com essa rotina de ofensas do presidente. A imprensa é um pilar fundamental da democracia. Tem que ser preservada e defendida.”

O ex-prefeito de Salvador e presidente do DEM, ACM Neto, também comentou a situação. “Quero me solidarizar com a jornalista Driele Veiga, a quem conheço bem e sei da seriedade, competência e educação. É fundamental que, em uma democracia, o presidente da República compreenda e respeite o papel da imprensa.”

Histórico

Entidades de defesa da liberdade de imprensa têm destacado o “histórico de forte hostilidade de Bolsonaro contra jornalistas” Em agosto do ano passado, questionado sobre repasses de R$ 89 mil feitos por Fabrício Queiroz, ex-assessor de seu filho, o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), à primeira-dama Michelle Bolsonaro, o presidente respondeu: “Vontade de encher sua boca de porrada.”

“Desde o início de seu mandato, Bolsonaro vem demonstrando carecer de preparo emocional para prestar contas à sociedade por meio da imprensa, uma responsabilidade de todo mandatário nas democracias saudáveis. Jornalistas têm sido vítimas de agressões verbais constantes”, disseram em nota conjunta a Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji), Artigo 19, Conectas, Observatório da Liberdade de Imprensa da OAB e Repórteres Sem Fronteiras.

Três bandidos roubam carro e acabam mortos após troca de tiros com a polícia

Três suspeitos morreram após uma troca de tiros com policiais militares, nesta terça-feira (27). O confronto aconteceu na rodovia BR-406, nas proximidades do distrito de Massaranduba em Ceará Mirim.

Os suspeitos estavam em um veículo modelo Gran Siena que possui rastreador e tinha queixa de roubo. Na fuga, o trio se deparou com a polícia e desobedeceu às ordens de parada. Militares de Ceará-Mirim e Extremoz participaram da ação.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) precisou interditar a rodovia, devido a troca de tiros.

Os três suspeitos, ainda não identificados, foram socorridos para o Hospital Santa Catarina, mas morreram antes de dar entrada na unidade, nenhum policial ficou ferido.

Com informações de Novo Notícias

Inundações em Recife podem ter causado ondas de lixo em praias do RN e PB

O lixo doméstico e hospitalar que atingiu as praias do Rio Grande do Norte e da Paraíba nos últimos dias pode ter sido levado para o mar pelas inundações que atingiram a área urbana de Recife, a capital de Pernambuco, na segunda semana de abril. De acordo com o presidente da Associação Nacional de Órgãos Municipais de Meio Ambiente (Anamma), Welison Silva, que é também secretário do Meio Ambiente de João Pessoa, materiais com identificação de procedência no lixo, como uma mochila escolar, santinhos de um candidato a vereador e restos de correspondência com endereço de Recife, reforçam a hipótese.

Entre os dias 9 e 14, a capital pernambucana registrou chuva acumulada de 343 milímetros de chuva, mais que a média prevista para o mês, de 326 mm, segundo a Agência Pernambucana de Água e Clima. Foi o maior índice de chuvas do Estado, e a cidade sofreu fortes inundações. Houve alagamentos e queda de barreiras em toda a região metropolitana. No bairro Cohab, na zona sul da capital, um homem foi levado pela correnteza – o corpo foi encontrado no último domingo, 25.

Conforme Silva, não houve outro evento que possa explicar a chegada de aproximadamente 40 toneladas de lixo nas praias do litoral. “Fizemos inspeções aéreas e marítimas, incluindo a foz de rios, e nada foi encontrado que pudesse indicar a origem dos resíduos em território paraibano”, disse. Ele acredita que os alagamentos podem ter carregado lixo urbano da região metropolitana de Recife para o mar e as correntes marítimas teriam levado o material flutuante para pontos mais distantes da costa. As marés e as ondas empurraram o lixo para as praias.

O material recolhido inclui objetos de uso pessoal e doméstico, como chupetas, fraldas, chinelos, vasilhas e garrafas plásticas, além de lixo hospitalar, incluindo seringas descartadas, tubos para coleta de sangue e embalagens de medicamentos. Os resíduos foram recolhidos nas praias do Bessa, Manaíra e Tambaú, em João Pessoa, e nas orlas de Lucena, Conde e Cabedelo. Também foi encontrado lixo nas praias do Rio Grande do Norte, próximas da divisa entre os dois Estados. Praias badaladas de Tibau do Sul, como a da Pipa, ficaram cobertas por resíduos.

Conforme o secretário, já houve contato com órgãos ambientais e da prefeitura de Recife para análise conjunta das amostras colhidas nas praias. Praticamente todo o lixo já foi recolhido por equipes das prefeituras e voluntários. Relatórios sobre a poluição serão encaminhados aos ministérios públicos estadual e federal.

A Superintendência de Administração do Meio Ambiente (Sudema) da Paraíba informou que técnicos vistoriaram as praias e trabalham para identificar a origem dos resíduos. Segundo a agência ambiental, em relação aos banhistas, a balneabilidade das praias não foi afetada. Conforme a Superintendência do Ibama no Estado, o instituto pediu relatórios aos municípios sobre as ocorrências.

A Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade de Pernambuco informou que está em contato com os órgãos ambientais do Rio Grande do Norte e da Paraíba para auxiliar na identificação da origem do lixo. A pasta pediu amostras do material recolhido nas praias para análise.

Sobre as chuvas em Recife, a Secretaria de Infraestrutura da capital informou que, desde o início do ano, investiu mais de R$ 90 milhões em ações para prevenção e monitoramento das áreas de risco, além de limpeza de canais e eliminação de pontos de alagamento. No total, foram retiradas 3,7 mil toneladas de resíduos de 50 canais e 168 vias públicas, galerias e canaletas para prevenir enchentes.

Correio Braziliense

terça-feira, 27 de abril de 2021

Salvador (BA): Recém-nascida é encontrada em caixa de papelão com carta dos possíveis pais


Uma bebê recém-nascida foi encontrada em uma caixa de papelão, na manhã do sábado (24), no bairro Paripe, em Salvador (BA). De acordo com a Polícia Militar, ela foi encontrada por um homem que coleta materiais de reciclagem. Com ela, havia um bilhete dos possíveis pais. As informações são do G1.

O bebê foi resgatado pela PM em frente a um estabelecimento comercial de transportes coletivos, após terem sido acionados pelo catador.

Na mensagem deixada junto com a caixa, a criança é chamada pelo nome de Sophia, e os autores comentam sobre as dificuldades que passam em casa para comer, e que não possuem condições financeiras e psicológicas para cuidar da criança.

“Peço que cuidem muito bem da minha pequena Sophia e que ela cresça nos caminhos do Senhor. Saiba que nós te amamos, filha. Beijos de seu pai e de sua mãe”, escreveram.

Sophia foi encaminhada pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) para a Maternidade Tsylla Balbino, para receber cuidados médicos. O caso foi registrado na 5ª Delegacia Territorial.

Reservas hídricas superam os 44% da sua capacidade

O Relatório do Volume dos Principais Reservatórios Estaduais, divulgado nesta segunda-feira (26), indica que as reservas hídricas superficiais totais do RN somam 1.941.755.222 m³, percentualmente, 44,36% da sua capacidade total, que é de 4.376.444.842 m³. No relatório do dia 19 de abril, a soma dos volumes dos reservatórios monitorados pelo Igarn, totalizava 1.895.370.192 m³, correspondentes a 43,3% da sua capacidade total.

O Governo do Estado do Rio Grande do Norte, por meio do Instituto de Gestão das Águas do RN (Igarn), monitora os 47 reservatórios, com capacidades superiores a 5 milhões de metros cúbicos, responsáveis pelo abastecimento das cidades potiguares.

A maior barragem do RN, Armando Ribeiro Gonçalves, acumula 1.294.250.907 m³, correspondentes a 54,54% da sua capacidade total, que é de 2.373.066.510 m³. Em relação ao relatório anterior, o reservatório também recebeu aporte hídrico, no dia 19 de abril, o manancial acumulava 1.258.136.519 m³, correspondentes a 53,02% do seu volume total.

Ministro Fabio Faria é cotado para vice de Bolsonaro em 2022

O ministro das Comunicações, Fabio Faria, começa a despontar no Palácio do Planalto como um forte nome a compor a chapa como vice do presidente Jair Bolsonaro na disputa presidencial do ano que vem. O chefe da pasta é, hoje, o principal conselheiro de Bolsonaro e tem participado das principais articulações envolvendo o governo para 2022.

Deputado eleito pelo Rio Grande do Norte, Fabio Faria foi escolhido por Bolsonaro em junho de 2020 para assumir o Ministério das Comunicações, criado especialmente para ele. Na época, o governo sofria pressões e desgastes por falhas nas estratégias de comunicação e Bolsonaro negou que a escolha seria uma aceno ao Centrão, já que Faria é do PSD.

“Vamos ter alguém que, ele não é profissional do setor, mas tem conhecimento até pela vida que ele tem junto à família do Silvio Santos. A intenção é essa, é utilizar e botar o ministério pra funcionar nessa área que estamos devendo há muito tempo uma melhor informação”, disse Bolsonaro na época. O ministro é genro de Silvio Santos, dono do SBT.

Desde então, Fabio Faria adotou um novo modelo na comunicação do Palácio do Planalto e assumiu a articulação do Brasil no leilão da tecnologia 5G, onde empresas da China e dos Estados Unidos disputam o direito de explorar a tecnologia no mercado brasileiro. Além disso, o ministro mantém uma boa interlocução com o Congresso, o que permitiu uma aproximação do Executivo com alguns grupos de parlamentares.

Ainda sem partido para a disputa do ano que vem, Bolsonaro estuda a possibilidade de alguns partidos “nanicos” como Patriota, PMB e DC. Segundo interlocutores do Planalto, Fabio Faria tem participado dessas conversas e conversado com outras lideranças do Centrão, no intuito de compor a coligação de reeleição para Bolsonaro.

“Já estou atrasado. Não tenho outro partido, espero que esse mês eu resolva. Abril está bom (como prazo para definir). O duro foi quando eu me candidatei (em 2018), que eu acertei em fevereiro, março (do ano da eleição), em cima da hora”, explicou Bolsonaro em conversa com apoiadores na entrada do Palácio da Alvorada no último dia 19.

Além de participar dessas articulações sobre o futuro partido do presidente, o ministro das Comunicações tem sido o principal defensor da agenda pragmática que deve ser adotada pelo presidente Bolsonaro. Fabio Faria tem aconselhado o presidente a manter uma base de aliados no Congresso e ao mesmo tempo aprofundar relações diplomáticas com outros países como China e Estados Unidos.

Recentemente, o ministro reuniu cerca de 40 pessoas em sua casa, em Brasília, onde serviu um almoço para o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles. Com a presença de Bolsonaro, o encontro foi em reação às pressões pela saída de Salles, que ocorreram na véspera da Cúpula de Líderes pelo Clima.

Segundo fontes ouvidas pela reportagem e que estiveram no almoço, Faria defende a manutenção de Salles no cargo, mesmo com a pressão contra o ministro. No entanto, Bolsonaro teria sido aconselhado a adotar uma nova agenda ambiental, como forma de segura o ministro no cargo e ao mesmo tempo não gerar novos desgastes ao governo.

Aos seus interlocutores, o presidente Bolsonaro tem afirmado que o ministro das Comunicações seria um bom nome para estar ao seu lado na disputa de 2022, principalmente pelo seu poder de articulação com o setor empresarial e com o Congresso. Recentemente, após o ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinar a instauração da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid, Fabio Faria foi o primeiro integrante do primeiro escalão a sair em defesa do governo.

Em uma de suas publicações, o ministro disse que o resultado da CPI será “uma vitória antecipada” para Jair Bolsonaro. Segundo Faria, a atuação do presidente foi “responsável e íntegra”. “Se forem investigar omissões e desvios na pandemia, será uma vitória antecipada do PR Jair Bolsonaro, que vai comprovar uma atuação responsável e íntegra”, escreveu nas redes.

Em outra frente, o ministro também esteve na organização do jantar entre Bolsonaro e empresários que ocorreu no começo de abril em São Paulo. Ao mercado financeiro, Fabio Faria sinalizou que o governo estava passando por mudanças e citou como exemplo as seis trocas de ministros e recentes alianças para evitar mais atritos com o Congresso. “Tudo o que os empresários querem é um ambiente político calmo”, afirmou Faria ao jornal “O Estado de São Paulo”.

Com embate com PSD, Faria pode mudar de partido para 2022

Indicação pessoal de Bolsonaro, Fabio Faria poderá ter que deixar o seu partido, caso queira permanecer no governo na disputa de 2022. O ministro tentou levar o PSD para a base governista, no entanto, o partido tem dado sinalizações contrárias a isso.

Recentemente o presidente do PSD, Gilberto Kassab, afirmou ao jornal “Valor Econômico” que a pandemia e o cenário econômico, com desemprego e inflação em alta, podem deixar o presidente Jair Bolsonaro fora do segundo turno das eleições presidenciais de 2022. As declarações irritaram Fabio Faria, que já admite a possibilidade de deixar o partido.

Kassab afirmou que o cenário atual sugere que, sendo Luiz Inácio Lula da Silva o candidato do PT a presidente, a tendência é que o petista dispute o segundo turno do pleito com um adversário do centro. “Bolsonaro vai ter que trabalhar muito para reverter sua imagem […] poderemos ter um segundo turno que tenha um candidato que não seja ele [Bolsonaro] contra o Lula. Acho mais fácil ter um candidato de centro contra o Lula do que ter um candidato de centro contra o Bolsonaro”, disse Kassab.

Como reação, Bolsonaro já ameaça exonerar nomes indicados por Kassab para o governo federal. Entre esses nomes estão o presidente da Telebras, José Jarbas Valente, e da Fundação Nacional da Saúde, coronel Giovanne Gomes da Silva. Embora tenha sido comandante da Polícia Militar de Minas Gerais, o coronel é uma indicação política e chegou ao órgão, que tem um orçamento bilionário, pelas mãos do deputado Diego Andrade (PSD-MG).

Uma possibilidade de partido para Fabio Faria seria o PP, presidido pelo senador Ciro Nogueira (PI), que vem sendo a principal sigla de apoio ao projeto de reeleição de Bolsonaro. Na visão de pessoas do entorno do ministro, caso ele fosse escolhido para vice na chapa de 2022, o PP garantiria estrutura partidária para campanha, enquanto o presidente poderia abarcar seus demais parlamentares no partido nanico que escolher para se filiar.

Gazeta do Povo

segunda-feira, 26 de abril de 2021

Caicó: Motorista esqueceu paciente dentro de ambulância por 4 horas e meia


Em contato com o prefeito Dr. Tadeu, indagamos sobre o caso de um paciente que ficou trancado dentro de uma ambulância da Secretaria Municipal de Saúde, na última quinta-feira (22). Ele disse que o motorista já foi identificado, é servidor efetivo e que adotando as medidas necessárias que o incidente não volte a ocorrer.

O assunto ganhou as redes sociais no sábado (24). Um paciente da Residência Terapêutica de Caicó, localizada no Bairro Vila do Príncipe, foi esquecido dentro do veículo na quinta feira por um motorista da Secretaria de Saúde. Ele foi transportado da Residência para o Caps, porém, esqueceu o paciente dentro da ambulância das 8h da manhã às 12h30. Quando foi retirado do interior do carro, estava encharcado de suor e com semblante abatido.

BLOG SIDNEY SILVA via CNPolícia

Lagoa Nova terá Centro de Zoonoses Municipal


A Prefeitura de lagoa Nova deverá implantar nos próximos meses o Centro de Zoonoses Municipal.
Na última quinta-feira (22) o secretário de saúde, Ruxley Santos, e o coordenador de zoonoses, José Félix, visitaram a cidade de Serra Negra do Norte. A equipe foi ver de perto o funcionamento do Centro de Zoonoses daquele município. O trabalho, que é referência para a região, servirá de base para o planejamento do centro lagoanovense.

Redução na fila de espera e divergências em decretos: a situação da pandemia de covid-19 no RN

A última semana foi de esperança para a população do Rio Grande do Norte com a redução dos índices de ocupação em leitos para tratamento da covid-19. No entanto, o tempo entre as gestões de Fátima Bezerra e de Álvaro Dias voltou a fechar.

O novo decreto do Governo do Estado, que entrou em vigor nesse sábado (24), até afrouxou algumas medidas de contenção ao coronavírus. Entre as ações, está a redução do tempo de toque de recolher. Antes, a população deveria se resguardar em casa das 20h às 6h do dia seguinte. Agora, o horário é das 22h às 5h. Aos domingo e feriados, o toque permanece integral.

Por outro lado, o governo estadual se mostrou irredutível no quesito consumo de bebidas alcoólicas em bares e restaurantes. A decisão vai de encontro ao que foi decretado pela Prefeitura de Natal, que liberou a prática. O atrito foi parar na Justiça. Ainda nesse sábado (24), o desembargador Cláudio Santos, do Tribunal de Justiça do RN, liberou o consumo nos estabelecimentos da capital. Neste domingo (25), a Procuradoria Geral do Estado (PGE-RN) disse que vai recorrer da decisão.

Esse não foi o único entrevero entre governo do estado e prefeitura. No início da semana, Natal suspendeu pela segunda vez a aplicação da segunda dose da CoronaVac por falta de vacinas. Sem imunizantes, a Secretaria Municipal de Saúde da capital pediu a que a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap-RN) liberasse doses da reserva técnica.

Contudo, o pedido não foi bem recebido pela equipe do Estado, que se pronunciou e declarou que a falta de doses ocorreu por erro estratégico de Natal. O embate se arrastou ao longo da semana e só teve desfecho favorável para a capital na sexta-feira (23), quando a Sesap anunciou que liberaria 2.890 doses, além de outras 7.190 para os demais 166 municípios potiguares com distribuição equitativa.

Ainda na sexta-feira, o Rio Grande do Norte recebeu uma nova remessa de imunizantes - com 41 mil doses da vacina de Oxford e outras 10,4 mil da CoronaVac. As doses foram suficientes para Natal retomar a aplicação da segunda dose com 5 mil imunizantes.

Para dar prosseguimento à imunização, a SMS destinou dois pontos para aplicação exclusiva da segunda dose da CoronaVac: Shopping Via Direta (zona Sul) e Ginásio Nélio Dias (zona Norte). O que se viu, na manhã de sábado (24), data da retomada, foram os dois pontos lotados. No Via Direta, conforme o Portal da Tropical mostrou, houve tumulto dentro e fora do shopping, com fila quilométrica no drive-thru.

Também no sábado (24), a Prefeitura de Natal expandiu a faixa etária de idosos e passou para 62 anos. Nesta segunda-feira (26), idosos com 61 começarão a ser imunizados.

Ocupação de leitos

Ao longo da semana, o Rio Grande do Norte apresentou uma redução na taxa de ocupação de leitos. No domingo da semana passada, dia 18, 94,4% dos leitos estavam ocupados no RN. Na Região Metropolitana de Natal, a ocupação era de 93,8%. Já no Oeste, a taxa era de 98,2% enquanto que no Seridó era de 87,5%.

Neste domingo (25), em consulta à plataforma Regula RN às 15h10, a ocupação geral do RN era de 93,9%. Na Região Metropolitana, 93% e no Seridó era de 82,5%. No Oeste, a taxa registrou piora em relação à semana passada e atingiu 100%.

Na quarta-feira (21), o Rio Grande do Norte chegou a ter mais leitos disponíveis do que pacientes esperando por vaga. A fila só não foi zerada, de acordo com o governo estadual, por causa da necessidade de transferência de pacientes. Além disso, a taxa de ocupação chegou a ficar abaixo dos 90%.

Dos 412 leitos críticos instalados, 23 estavam disponíveis, 352 ocupados e 37 bloqueados. Já em relação aos leitos clínicos, eram 98 disponíveis, 296 ocupados ee 57 bloqueados, totalizando 451 leitos, segundo indica o Regula RN. A lista de espera tinha 30 pessoas, sendo 16 da Região Metropolitana e 14 do Oeste.

Dos 27 hospitais monitorados na plataforma, 16 estavam operando com 100% da capacidade de atendimento. Em Natal, cinco hospitais ainda estavam com pelo menos uma vaga cada: Hospital Giselda Trigueiro, Hospital de Campanha de Natal, Hospital Colônia João Machado, Hospital Municipal de Natal, além do Hospital Universitário Onofre Lopes.

Neste domingo (25), de acordo com a Sesap, o Rio Grande do Norte chegou aos 218.045 casos confirmados. Ao todo, desde o início da pandemia 5.322 vidas foram perdidas para o vírus. 

Na terça-feira (20), o relatório do Indicador Composto mostrou que mais de 80% da população do RN vive em zona de alerta para a covid-19. Segundo o documento, a situação mais crítica é na Região Metropolitana de Natal, com sinal amarelo.

Pescadores fisgam atum azul com mais de 400 Kg no litoral potiguar

 Foto: cedida

 Um grupo de pescadores conseguiu fisgar um atum azul na costa do município de Areia Branca neste domingo (25). O peixe descarregado no ‘Cais do Tavinho’, na mesma cidade pesa cerca de 412 quilos.

A carne deste peixe é considerada uma iguaria no mercado do Japão e é comercializada a preços altíssimos. Para se ter ideia, em uma matéria publicada pelo UOL em setembro de 2019, um grupo de irlandeses pescaram um atum azul de 272 quilos e 2,5 metros de comprimento avaliado em 3 milhões de euros (cerca de R$ 14 milhões), na época.

Entretanto, os pescadores disseram que o peixe sofreu uma lesão, o que faz com que ele perca valor de mercado e acabou sendo vendido pelo preço de atum ‘normal’.

 

30 municípios do RN terão parada no abastecimento de água nesta terça-feira

Os municípios atendidos pela Adutora Monsenhor Expedito terão uma parada de 12 horas no abastecimento de água nesta terça-feira (27), no período das 7h às 19h. A parada será necessária para que sejam feitas as adequações de equipamentos da Caern para a entrada no mercado livre de energia. Logo que o serviço for concluído, com o apoio da concessionária de energia elétrica, o fornecimento será retomado.

Desta vez, as adequações serão feitas nas estações de bombeamento 03 e 05, localizadas em Boa Saúde, e 15, localizada no município de Tangará.

Depois da retomada do abastecimento, ao final do serviço, o sistema levará até 48 horas para que esteja completamente normalizado. A Caern recomenda que, nesse período, a população utilize a água de forma racional, a fim de diminuir os eventuais transtornos.

As cidades atendidas pela Adutora Monsenhor Expedito – e que serão afetadas pela parada - são Rui Barbosa, São Pedro, São Tomé, São Paulo do Potengi, Japi, Coronel Ezequiel, Jaçanã, São Bento do Trairi, Lajes Pintadas, São José de Campestre, Serrinha, Sítio Novo, Boa Saúde, Serra Caiada, Lagoa de Velhos, Barcelona, Bom Jesus, Lagoa Salgada, Lagoa de Pedras, Tangará, Santa Cruz, Monte das Gameleiras, Serra de São Bento, Passa e Fica, Lagoa D`anta, Monte Alegre, Ielmo Marinho, Santa Maria, Senador Eloi de Souza e Campo Redondo.

Vacinas da Pfizer e da Moderna não apresentam risco para grávidas, diz estudo preliminar

Um estudo preliminar realizado pelo CDC (Centro de Controle e Prevenção de Doenças) dos Estados Unidos não encontrou evidências de que as vacinas fabricadas pela Pfizer e pela Moderna apresentam risco sério a mulheres grávidas.

A pesquisa foi publicada na revista científica The New England Journal of Medicine (íntegra) na quara-feira (21).

Os pesquisadores analisaram os dados de 35.691 mulheres grávidas norte-americanas, com idades de 16 a 54 anos de 14 de dezembro de 2020 a 28 de fevereiro de 2021.

Elas tiveram acompanhamento do CDC por meio de um aplicativo por smartphone chamado “V-Safe”, que monitora reações adversas e o estado de saúde.

Do total de participantes, 3.958 foram vacinadas, sendo que 2.136 mulheres receberam a vacina da Pfizer (54%) e 1.822, a da Moderna (46%).

Efeitos colaterais como dor no local da injeção foram mais relatados em mulheres grávidas do que em não grávidas. Já fadiga, dores de cabeça, calafrios, febre e mialgia foram relatados com menor frequência pelas gestantes.

O CDC afirmou que “dificilmente as vacinas representarão algum risco específico”, mas que é necessário um acompanhamento a longo prazo para saber os resultados e a segurança da vacina contra a covid-19 em relação às mães, aos bebês e as aplicações realizadas no 1º trimestre da gestação.

Ainda segundo o estudo, apenas 827 mulheres registraram dados completos de toda a gravidez. Desse total,  104 perderam a gestação antes das 20 semanas e uma mulher deu à luz um bebê natimorto após a 20ª semana. Nenhuma criança recém-nascida morreu.

Os pesquisadores consideraram que esses números não eram “significativamente maior” do que o registrado em pessoas que não haviam recebido a vacina.

“Além da vacinação proteger as mulheres contra a covid-19 e suas complicações durante a gravidez, evidências mostraram a transferência transplacentária de anticorpos da síndrome respiratória aguda grave coronavírus (SARS-CoV-2) após a vacinação materna com covid-19 durante o terceiro trimestre, o que sugere que a vacinação materna pode fornecer algum nível de proteção ao recém-nascido”, apontou o estudo. 

Brasil

No Brasil, o Ministério da Saúde afirmou em 16 de abril que estuda incluir grávidas no grupo prioritário da campanha de vacinação depois de ter recebido relatos de que a variante de Manaus (P.1) pode afetar mais a saúde das gestantes.

Poder 360

sábado, 24 de abril de 2021

Santana do Matos Foi registrado o primeiro homicidio do ano de 2021

Foi registrado no final da tarde deste sabado em Santana do Matos o primeiro homicidio do ano de 2021, o crime aconteceu no conjunto Laivosier Maia, aonde foi vitima Francisco Ronaldo de Carvalho Silva conhecido por Naldiho (27 anos), que estava na calçada quando segundo informações de populares um veiculo Toyota Hilux, de cor preta chegou e fez os desparos, tendo Naldinho morte no local, no momento tambem foi baleado no rosto uma outra pessoa conhecida por Luizinho que foi socorrido para o Hospital Dr Cloves Avelino e encaminhado para Natal.

Informações que Luizinho foi atingido porque estava proximo da vitima.
A PM fez o isolamento do local e acionou a policia civil e o ITEP/Caicó para fazer a remoção do corpo.

sexta-feira, 23 de abril de 2021

Centrais do Cidadão reabrem exclusivamente para atendimento de serviços do Itep


As Centrais do Cidadão reabrirão, a partir da próxima segunda-feira (26), exclusivamente, para disponibilizar o serviço de emissão de Carteiras de Identidade/Registro Geral (RG). A medida foi acordada após uma série de reuniões realizadas pela Secretaria de Estado da Administração (Sead) com a Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) e o Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep).

Tal decisão é justificada mediante a demanda reprimida por esse serviço, notadamente na Região Metropolitana de Natal, bem como em função do pagamento do Auxílio Emergencial pelo Governo Federal, que exige do cidadão documento oficial de identificação com foto. A ação faz parte da retomada segura e gradual dos serviços das Centrais do Cidadão, coordenada pela Secretaria Sead, por meio da Coordenadoria de Atendimento ao Servidor e ao Cidadão (Codaci).

A reabertura das unidades seguirá o regramento disposto na Portaria Conjunta nº 02 – SEAD/SESAP/ITEP, de 20 de abril de 2021, que estabelece a ampliação do tempo entre os agendamentos, o qual passa de 10 minutos para 15 minutos; a proibição de entrada nas Centrais do Cidadão e de atendimento de pessoas sem agendamento prévio; e o cumprimento dos protocolos de segurança sanitária, como o distanciamento social e o uso obrigatório e correto de máscara, por exemplo.

Sobre o horário de funcionamento das Centrais do Cidadão, ficou estabelecido que as unidades do Shopping Via Direta (Zona Sul) e do Shopping Estação (Zona Norte) funcionarão das 9h às 18h; a unidade de Parnamirim funcionará das 8h às 18h; e os demais postos de atendimento funcionarão, inicialmente, das 7h às 13h.

Os usuários deverão agendar os atendimentos na plataforma virtual das Centrais do Cidadão, disponível no endereço http://www.centraldocidadao.rn.gov.br. Neste site, seleciona a opção de Registro Geral (RG). As vagas são liberadas sempre no dia útil anterior ao dia de atendimento.

Campanha Nacional de vacinação contra a Febre Aftosa de 2021 começa no dia 1º de maio

A primeira etapa da campanha nacional de vacinação contra a febre aftosa de 2021 começa no dia 1º de maio.

Nessa fase deverão ser vacinados bovinos e bubalinos de todas as idades, para a maioria dos estados brasileiros, conforme o calendário nacional de vacinação. 

Ao todo, a meta é imunizar cerca de 170 milhões de animais.

Dos 21 estados que realizam a imunização dos animais neste período, no Amazonas e em Mato Grosso participam apenas os municípios que ainda não suspenderam a vacinação, enquanto no Espírito Santo ocorrerá para bovinos e bubalinos com até 24 meses de idade.

As vacinas devem ser adquiridas nas revendas autorizadas e mantidas entre 2 e 8 graus centígrados desde a aquisição até o momento da utilização – incluindo o transporte e a aplicação, já na fazenda. 

Devem ser usadas agulhas novas para aplicação da dose de 2 mililitros na tábua do pescoço de cada animal, preferindo as horas mais frescas do dia, para fazer a contenção adequada dos animais e a aplicação da vacina.

O produtor deve também declarar a vacinação  de seu rebanho ao órgão de defesa sanitária animal de seu estado. A declaração de vacinação deve ser realizada de forma online ou, quando não for possível, presencialmente nos postos designados pelo serviço veterinário estadual nos prazos estipulados.

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento reforça que devem ser adotadas medidas de cuidado com a Covid-19 para a garantia da manutenção dos compromissos com as zonas reconhecidas como livre de febre aftosa com vacinação perante a Organização Mundial da Saúde Animal.