terça-feira, 31 de agosto de 2021

“Se soltar, leva tiro”, relata refém colocado em capô de carro em mega-assalto de Araçatuba; confira relato na íntegra

 

O morador de Araçatuba (SP) que foi colocado em cima do capô de um carro durante o mega-assalto a agências bancárias relatou que viveu momentos de terror enquanto era ameaçado de morte pelos criminosos para se segurar no veículo como ‘escudo’ humano.

O homem, que não terá a identidade revelada, estava indo buscar um passageiro próximo da rodoviária, quando se deparou com os bandidos, que arrancaram sua camisa, jogaram seu boné no chão e o colocaram no capô do carro.

“Davam tiro para o alto, deram tiro em cima dos prédios. Aí um deles tomou um tiro do meu lado, tomou tiro no pescoço e morreu na hora. Eles me fizeram puxar o corpo, colocar dentro do porta mala do carro. Na hora que me colocou no capô do carro, ele ainda falou: ‘se você soltar, se você se jogar, eu paro o carro e dou um tiro na sua cara’. Eu acho que eu nunca segurei num lugar tão forte igual eu segurei aquela hora. Eles passavam em lombada, passavam em depressão da rua, e o carro pulava, e eu segurando. Tanto é que uma hora que eles passaram próximo ao calçadão, na hora que teve um confronto com a polícia, levei um de raspão. A única coisa também que aconteceu, o único machucado que tive”, relatou.

SENHOR DE 66 ANOS NÃO RESISTE APÓS CARRO TOCAR EM SUA BICICLETA

Um senhor de 66 anos, não resistiu após ter sua bicicleta tocada por veiculo que fugiu sem prestar socorro, na RN 087, próximo ao Distrito Manoel Domingos, na zona rural de lagoa Nova, no rio Grande do Norte.

Currais Novos: Missa em memória aos 58 anos de morte do Mons. Paulo Herôncio será celebrada.

Nesta quarta-feira, 1º de setembro, acontecerá em Currais Novos a missa em memória aos 58 de falecimento do Monsenhor Paulo Herôncio. A celebração será realizada na Praça da Fé que carrega o nome do sacerdote, que foi pároco de Sant’Ana por 26 anos e deixou marcas que estão vivas até os dias atuais.

Toda programação será transmitida ao vivo pela Rádio Currais Novos FM, na TV Cristo Rei e nas redes sociais da paróquia de Sant’Ana. A orientação é que todos possam respeitar o distanciamento e fazer o uso da máscara.

Antes do início da celebração, que está marcada para as 18h30min, acontecerá a recitação do Santo Terço Mariano. Diversas associações e entidades ligadas à igreja estão sendo convidadas. Padre Cláudio, atual  pároco de Sant’Ana, presidirá a liturgia. “A gente fica feliz em celebrar a memória do Monsenhor Paulo Herôncio. Esta será a primeira missa após a reforma da praça que celebraremos no local. Por sinal tem uma cúpula muito bonita que no projeto foi idealizada exatamente para as missas. O convite é extensivo a todos”, contou.

A Praça Monsnehor Paulo Herôncio é um marco na fé católica. O espaço passou recentemente por uma ampla reforma, através de uma parceria público-privada e foi financiado pelo empresário Sérgio Dantas, que é admirador da obra do sacerdote.

Monsenhor Paulo Herôncio de Melo, nasceu em Natal aos 3 de janeiro de 1901. Foi Vigário de Currais Novos e deixou marcas expressivas como a construção e edificação da Escola de Nossa Senhora, Educandário Jesus Menino, Capelas de Nossa Senhora de Fátima, Santa Maria Goretti, Hospital, Maternidade e tantos outros feitos. O sacerdote faleceu em 1 de setembro de 1963 e foi sepultado no dia seguinte aos pés do altar de Sant’ana, padroeira da nossa cidade. Ao falecer, completaria 62 anos de idade e 39 de ordenação sacerdotal.

Polícia Rodoviária Federal realiza ação coordenada de segurança viária em ação integrada com a Polícia Civil no Rio Grande do Norte

 A Polícia Rodoviária Federal realizou neste final de semana (27 e 28/08) a Operação “Zero Álcool”, com a finalidade de intensificar as ações de fiscalização de alcoolemia e uso de substâncias psicoativas, em dias, horários e locais de maior ocorrência de acidentes causados pelo consumo de álcool e demais drogas, buscando a redução do número de acidentes.

A operação foi encerrada com os seguintes números: 328 veículos fiscalizados, 275 testes de alcoolemia, 37 autos de infração de alcoolemia, 6 pessoas detidas, sendo 03 delas por embriaguez, 01 mandado de prisão cumprido, 01 arma e 22 munições apreendidas. Os procedimentos foram realizados na Delegacia de Polícia Móvel levada aos locais de comando pela Polícia Civil. 

Na madrugada do sábado (28/08), dois homens foram presos dirigindo sob influência de álcool. O primeiro, com 25 anos de idade, dirigia um Onix, prata, e foi abordado, próximo ao viaduto de Igapó, no km 83, da BR 101, sendo identificado 0.39 mg/L (miligramas de álcool por litro de álcool alveolar), em teste de etilômetro, a ocorrência foi encaminhada à Delegacia de Polícia Civil, plantão Zona Norte. 

O segundo homem, com 44 anos, envolveu-se em um acidente, no km 94, da BR 101, em Natal, conduzindo uma Pajero HPE, branca. A equipe PRF compareceu ao local para o atendimento do acidente e constatou a alteração da capacidade psicomotora do motorista. No entanto, diante da recusa do condutor a se submeter ao teste de etilômetro, a influência de álcool foi registrada em termo de constatação de embriaguez. A companheira do condutor foi socorrida pelo SAMU e a ocorrência encaminhada à Delegacia de Polícia Civil, plantão Zona Sul.

 

*Com informações da PRF 

COCHILO AO VOLANTE PROVOCOU CAPOTAMENTO DO CAMINHÃO DE LAÉRCIO DA VERDURA

 

O comerciante Laércio Delfino da Rocha, conhecido por Laércio da verdura,  residente no bairro Frutilândia, em Assú-RN, que conduzia o caminhão do tipo Mercedes Benz, que capotou na RN 118, nas próximidades da cidade de São Rafael-RN, no início da noite de domingo (29/08), disse que cochilou ao volante. Falando ao Programa Microfone Aberto na Rádio 89 FM de Assu, Laércio, que comercializa frutas e verduras em várias feiras da região no fim de semana, disse que estava muito cansado e com sono. mesmo assim, resolveu ir para São Rafael e terminou cochilando ao volante. "Foi tudo muito rápido. Acordei com o barulho do caminhão saindo pista, ai pisei no freio e tentei levar o caminhão de volta para o asfalto, porém ele rodou na pista e capotou", disse Laércio. No caminhão estavam, além de Laércio, mais três pessoas. Duas delas foram identificadas. Maria Vitória, de 20 anos e Marta Maria, ambas de Assú. A terceira pessoa, ainda não teve o nome revelado, mas trata-se de uma idosa, que foi socorrida pelo SAMU para o Hospital Tarcísio Maia, em Mossoró, em estado grave. 
 
*Com informações de Adailton Amorim

RN inicia vacinação de gestantes e puérperas de 12 a 17 anos na sexta-feira (3)

O Rio Grande do Norte inicia nesta sexta-feira (3) a vacinação contra a Covid de crianças e adolescentes de 12 a 17 anos. A informação foi confirmada pela Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) nesta segunda-feira (30). De acordo com o órgão, assim como aconteceu com a população adulta, a imunização começará pelos grupos prioritários.

Inicialmente, serão vacinadas gestantes de 12 a 17 anos e, em seguida, os demais grupos. “Iremos começar pelas gestantes e puérperas para dar continuidade à vacinação. A ampliação de público será permitida nos municípios que completarem 90% da vacinação da população adulta”, disse Kelly Lima, coordenadora de Vigilância em Saúde da Sesap.

Segundo dados da secretaria, o Rio Grande do Norte atingiu a marca de 79% da população com 18 anos ou mais vacinados contra a Covid com a primeira dose – pouco mais de 2,1 milhões de potiguares com 18 anos ou mais, como aponta a plataforma RN + Vacina.

África do Sul detecta nova variante do coronavírus e estuda mutações

Débora Barreto/FioCruz

Cientistas da África do Sul detectaram uma nova variante do novo coronavírus com diversas mutações, mas ainda não determinaram se ela é mais contagiosa ou capaz de superar a imunidade fornecida por vacinas ou uma infecção anterior.

A nova variante, conhecida com C.1.2, foi detectada primeiramente em maio e já se disseminou na maioria das províncias sul-africanas e em sete outros países da África, Europa, Ásia e Oceania, de acordo com pesquisas ainda não submetidas à revisão da comunidade científica.

Ela contém muitas mutações associadas a outras variantes com uma transmissibilidade acentuada e uma sensibilidade reduzida a anticorpos neutralizadores, mas estas ocorrem em uma mistura diferente, e os cientistas ainda não têm certeza de como elas afetam o comportamento do vírus. Testes de laboratório estão em andamento para determinar o quanto a variante é neutralizada por anticorpos.

A África do Sul foi o primeiro país a detectar a variante Beta, uma de somente quatro classificadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como “variantes de preocupação”.

Acredita-se que a Beta se espalha mais facilmente do que a versão original do novo coronavírus que causa a covid-19, e existem indícios de que as vacinas têm menos efeito contra ela, o que leva alguns países a restringirem viagens de e para a África do Sul.

Richard Lessells, especialista em doenças infecciosas e um dos autores da pesquisa sobre a C.1.2, disse que o surgimento da variante mostra que “esta pandemia está longe do fim e que este vírus ainda está explorando maneiras de possivelmente ficar melhor em nos infectar”.

Agência Brasil

segunda-feira, 30 de agosto de 2021

Santana do Matos não se desenvolve e diminui números de habitantes segundo o IBGE

 


O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) divulgou na última sexta-feira (27) a estimativa populacional para 2021 por município, e Santana do Matos mais uma vez, não conseguiu o crescimento e desenvolvimento.

O município segundo dados do IBGE tem uma estimativa em 2021 de 11.808 moradores, em 2020 a estimativa era de 11.956, sendo assim em um ano o município perdeu 148 moradores já calculando nos últimos 10 anos Santana do Matos perdeu 2.001 moradores já que em 2010 era de 13.809 moradores.

O nosso estado, Rio Grande do Norte, tem uma população estimada em 3.560.903 (três milhões, quinhentos e sessenta mil, novecentos e três) habitantes. De acordo ainda com a estimativa do Instituto, o Brasil possuí cerca de 213.317.639 (duzentos e treze milhões, trezentos e dezessete mil, seiscentos e trinta e nove) habitantes.

*Com dados IBGE

FPM: Terceira e última parcela correspondente ao mês de agosto será liberada nesta segunda-feira

Será creditado nesta segunda-feira (30), nas contas das prefeituras brasileiras, o repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), referente ao terceiro decêndio do mês de agosto, no valor de R$ 2.487.837.524,27, já descontada a retenção do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).
Em valores brutos, incluindo o Fundeb, o montante é de R$ 3.109.796.905,34.
De acordo com os dados da Secretaria do Tesouro Nacional (STN), o terceiro decêndio de agosto de 2021, comparado com mesmo decêndio do ano anterior, apresentou um crescimento de 28,76% em termos nominais (valores sem considerar os efeitos da inflação).
O acumulado do mês, em relação ao mesmo período do ano anterior, teve crescimento de 63,28%.
O mês fechou em crescimento de 50,17%, comparado ao mesmo período de 2020, frisa informação do portal virtual da Confederação Nacional dos Municípios (CNM).

Lajes é Pedro Avelino são responsáveis por novos projetos eólicos no RN

 Foto FDamião Parque Eólico Serra de Santana

 

Lajes é hoje responsável por 36% da potência contratada para novos projetos eólicos no RN, seguido por Pedro Avelino, na mesma região, com 12%. Neste cenário, o município se tornará um dos maiores polos de geração de energia eólica do país, com mais de 2,3 GW em potência instalada.

Este cenário deve permanecer pelos próximos anos com a implantação de novos parques já contratados. Como é comum acontecer em municípios que recebem grandes investimentos, há a expectativa de que a população da cidade cresça.

Junto a Lajes, os municípios de Serra do Mel e João Câmara se consolidam como os novos polos de geração de energia eólica do estado, com 32,6% da potência instalada em operação.

Enem 2021 está marcado para 21 e 28 de novembro


 

O ministro da Educação, Milton Ribeiro, anunciou as datas das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2021. Pelo Twitter, ele informou que as provas serão aplicadas nos dias 21 e 28 de novembro, para as versões impressa e digital.

“Conforme eu já havia anunciado dias atrás, o Enem 2021 acontecerá e será aplicado neste ano. As provas serão aplicadas nos dias 21 e 28 de novembro, para as versões impressa e digital. É isso mesmo! A mesma prova, nas mesmas datas, para as duas modalidades”, postou o ministro na rede social.

Realizado anualmente, o Enem é o maior exame para ingresso no ensino superior do país, contando com milhões de inscrições em todo o território nacional. As notas do Enem podem ser usadas para participar de programas como o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), o Programa Universidade para Todos (ProUni) e o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

LAGOA NOVA: HOMEM MORRE AO SOFRER CINCO TIROS

 

 
Por volta de 05 da manhã deste domingo dia 29 de agosto de 2021, Ivanaldo Pereira dos Santos, mais conhecido como Vanaldo de Bento, 40 anos, foi assassinado a bala. Ele estava em um evento na comunidade Macambira quando foi alvejado com cerca de cinco disparos de arma de fogo. O criminoso fugiu com destino ignorado, mas já foi identificado pela Polícia Militar que realiza diligências na área.
 
POR BLOG DO JOTA DANTAS

Brasil atinge marca de 80% da população adulta vacinada contra Covid


 

O Brasil alcançou a expressiva marca de 128 milhões de brasileiros vacinados, pelo menos com a primeira dose do imunizante contra a Covid-19. Este número representa a 80% de toda a população adulta do país, aponta levantamento do Ministério da Saúde.

Aqueles que já completaram o esquema vacinal isto é, tomou as duas doses ou dose única, somam 60 milhões de pessoas.

Segundo estimado pela pasta, as doses de vacina que estão previstas para serem distribuídas até o dia 15 de setembro serão suficientes para imunizar toda a população adulta do país, composta por 160 milhões de brasileiros.

sábado, 28 de agosto de 2021

Tóquio. Nadadora Joana Neves (peixinha), falou com exclusividade ao nosso blog.

Foto: Alê Cabral/CPB

Na noite desta sexta feira, estivemos com exclusividade conversando com a nossa Joana Neves nadadora que representou o Rio Grande do Norte e foi ela o primeiro representante subir ao pódio nos Jogos Paralímpicos de Tóquio.
Para não tomar muito o tempo da mesma e também deixar ela descançar deixamos ela bem a vontade para falar um pouquinho como foi esses dias de competição. 
Proximo dia 01/09 a peixinha estará chegando ao nosso estado! 

Agradecemos desde já por sempre atender a nossa redação e desejamos mais suceso em sua vida profisional.

Acompanhe...



sexta-feira, 27 de agosto de 2021

Tenente Laurentino Cruz: MPRN recomenda que Prefeitura suspenda processo seletivo

 

O Ministério Público do RN (MPRN) recomendou (veja AQUI) à Prefeitura de Tenente Laurentino Cruz, cidade da região do Seridó, que promova a suspensão imediata do processo seletivo simplificado para a contratação temporária de profissionais por tempo determinado e cadastro de reserva para a Secretaria Municipal de Ação Social e Desenvolvimento Comunitário.
Essa suspensão deve seguir até que sejam corrigidas falhas apontadas pelo MPRN no edital do certame.
O MPRN levou em consideração o fato que os vícios jurídicos constantes no edital nº 001/2021 comprometem a lisura do processo seletivo simplificado, diz a  notícia que, em sua íntegra, tem publicidade no portal eletrônico institucional do MPRN.

Fux ‘joga lenha na fogueira’ na briga com o Planalto citando ditadura

 

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Luiz Fux, realizou pronunciamento, nesta quinta-feira (26), jogando “lenha na fogueira” da briga com o presidente Jair Bolsonaro, ao mencionar “ameaças” de “ditadura sectária”, destoando dos esforços de políticos e até mesmo membros do próprio STF para reduzir a animosidade entre o Executivo e o Judiciário.

Durante discurso em evento de investidores, um dia depois de o comandante do Exército elogiar publicamente a democracia, as liberdades e as instituições democráticas, o ministro voltou a falar em ditadura e dizendo que o pedido de impeachment de um ministro do STF é um “remédio extremo”.

“Não é possível no país que decisões judiciais sejam criminalizadas. Aqueles que não aceitam decisões judiciais devem se utilizar dos recursos próprios, das vias próprias jurisdicionais, e não do impeachment, porque o impeachment, tem, digamos assim, uma roupagem de ameaça, de cassação de um juiz por suas opiniões”, disse Fux. “O impeachment e um remédio extremo”, afirmou o presidente do Supremo.

Diário do Poder

Deputados comentam sobre a seca que atinge o RN, obras e recuperação de estradas

 

O deputado Vivaldo Costa (PSD), voltou a falar sobre a gravidade da seca no Rio Grande do Norte, no horário destinado aos deputados, na sessão desta quinta-feira (26), na Assembleia Legislativa. “É muito grave a situação do Rio Grande do Norte”, reafirmou Vivaldo, chamando atenção da classe política para tentar resolver o problema que atinge o setor agropecuário, e deixar de lado os embates políticos.

Ainda durante a sessão, o deputado Francisco do PT se pronunciou para rebater declaração do deputado Nelter Queiroz (MDB), que havia dito em seu pronunciamento que o ex-deputado Fernando Mineiro teria se posicionado contrário à construção da barragem Oiticica, ainda no Governo Dilma Rousseff (PT), o que teria impedido a assinatura da Ordem de Serviço por parte da presidente. “Quero fazer uma reparação histórica, corrigir uma injustiça”, declarou Francisco, depois de ter consultado o ex-deputado e atual secretário de Gestão do Governo do Estado.
Segundo Francisco, o ex-deputado participou de várias reuniões em favor da construção da barragem, inclusive quando o secretário de Recursos Hídricos do Estado era o ex-prefeito de Pau dos Ferros e filho do deputado Getúlio Rêgo (DEM), Leonardo Rêgo. “Nosso colega deputado pode atestar as reuniões que Mineiro participou. O parlamentar ressaltou que o projeto da barragem foi tirado do papel pela presidente Lula, assim como o projeto da Transposição do Rio São Francisco foi iniciado pelo ex-presidente Lula.

O deputado Ubaldo Fernandes (PL) também se pronunciou e comentou os serviços realizados pelo Governo do Estado, atendendo requerimentos do seu mandato, como a manutenção de trechos de estradas. “Temos que ter o papel de reconhecer e parabenizar, apesar de ser prerrogativa do Governo, as melhorias realizadas”, disse Ubaldo. O parlamentar ainda lembrou a situação da estrada que liga Jardim do Seridó a Ouro Branco, mas disse que já foi informado pelo DER que as providências estão sendo tomadas. Para encerrar o horário, o deputado José Dias (PSDB) fez críticas aos governos do PT e lembrou escândalos como o “mensalão” e os “desvios na Petrobras”.

Bebê de 2 anos morre após ser esquecido em carro por cuidadora

 

Foto: Arquivo Pessoal

Uma criança de apenas 2 anos morreu na quarta-feira (25), em Bauru (SP), depois de ser esquecida dentro de um carro. O caso aconteceu no Jardim Redentor.

Segundo a Polícia Civil, Arthur Oliveira dos Santos estava sob os cuidados da cuidadora Glaucia Aparecida Luiz que seria, junto com a filha, responsável por mais de 10 crianças em sua casa.

A polícia informou que o local funcionava como uma creche irregular.A polícia foi acionada no fim da tarde de quarta-feira após o menino ter sido levado por Glaucia para uma unidade de pronto-atendimento, mas a criança chegou sem vida.

De acordo com o delegado Mário Henrique de Oliveira, Arthur ficou mais de três horas, das 13h45 às 16h51, dentro do carro fechado.

Na UPA foi constatado sinais de desidratação e sufocamento, mas o corpo da criança foi encaminhado para o IML e a causa da morte será investigada.

A cuidadora foi presa por homicídio com dolo eventual e passou por audiência de custódia nesta quinta-feira (26).

A defesa dela informou que entraria com pedido de liberdade provisória nesta quinta-feira, pois “nunca houve a intenção de ocasionar tal resultado”.

“Glaucia e a família vêm colaborando veemente com as investigações, afim de esclarecer os fatos, até porque Glaucia não teve a intenção de levar a criança a óbito, tampouco de machucá-la. A defesa repassa as condolências e mais sinceros pêsames de Glaucia e sua família para os familiares do menino Arthur”, completou a defesa.

O corpo do menino foi velado em Bauru e o enterro aconteceu na tarde desta quinta-feira, no cemitério municipal de Macatuba (SP).

G1

CONFUSÃO: Advogada dá voz de prisão a delegada Karla Viviane por abuso de autoridade

 

Foto: reprodução

Uma confusão envolvendo a advogada Luciana Lopes e delegada titular da Deicor, Karla Viviane, movimentou o meio jurídico na noite desta quinta, 26.

A advogada deu voz de prisão à delegada com base na lei de abuso de autoridade. Segundo informações recebidas pelo Justiça Potiguar, a advogada teve negado diversos pedidos de acesso à investigação contra seu cliente.

Após nova negativa, foi acionada a comissão de prerrogativas da OAB-RN que também acompanha junto com outros advogados . outro delegado também está no local.

 

Foto: cedida

Via Justiça Potiguar

quinta-feira, 26 de agosto de 2021

Algodão Agroecológico Potiguar: Titulares da Sedraf e Emater/RN vêm a reunião sobre o projeto em Assú

O secretário estadual de Desenvolvimento Rural e Agricultura Familiar (Sedraf), Alexandre Lima, e o diretor geral do Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural do RN (Emater/RN), Cesar Oliveira, são anunciados nesta quinta-feira (26) na cidade do Assú.
Ambos participarão, entre 8h30 e 12h, nas dependências do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais do Assú, de uma reunião acerca do projeto Algodão Agroecológico Potiguar.
A programação envolverá todos os municípios pertencentes à área territorial do Assú e do Sertão/Central.
O projeto Algodão Agroecológico Potiguar busca a revitalização desta cultura associada aos sistemas agroalimentares e com a produção de algodão agroecológico já certificado e com comercialização totalmente articulada pelas entidades e instituições envolvidas.

Fiocruz: mortes mantêm queda, mas Delta requer cautela

 

Foto: Arquivo/Rovena Rosa/Agência Brasil

Por Vinícius Lisboa – Repórter da Agência Brasil

Dados divulgados nesta quarta feira (25) no Boletim do Observatório Covid-19, da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), informam que o cenário de queda de hospitalizações e óbitos se mantém na pandemia, mas indicam que a variante Delta do SARS-CoV-2 deve ser acompanhada com atenção. Para os pesquisadores da Fiocruz, o progresso na vacinação tem sido lento, com média de cerca de 1 milhão de doses por dia, enquanto a capacidade de distribuição e aplicação de doses do Sistema Único de Saúde (SUS) é de 2 milhões.

“Embora as vacinas venham claramente contribuindo para a redução de casos graves, internações e óbitos no país como um todo, o surgimento e crescimento da presença de novas variantes de preocupação, como a Delta, deve manter em alerta os serviços de vigilância em saúde, com amplo uso de testes, detecção de casos, isolamento e quarentena”, diz o boletim, que reforça a necessidade de continuar com medidas como uso de máscara e distanciamento físico mesmo entre vacinados e especialmente no contato com pessoas com maior risco de agravamento da doença.

Segundo o levantamento divulgado nesta quarta-feira, a incidência diária de novas mortes por covid-19 no país teve queda de 1,5% ao dia na última semana e chegou a 770 vítimas diárias, o menor patamar desde o início de 2021.

Já a tendência de casos confirmados da doença por dia subiu, após quatro semanas seguidas com redução média de 1% ao dia. Nos últimos sete dias, houve aumento diário de 0,6% no registro de novos casos confirmados, que oscilam no patamar de 30 mil novos diagnósticos por dia, o que os pesquisadores consideram preocupante.

“A oscilação no número de casos diários reflete, em certa medida, um ambiente que tem sido propício para a transmissão da doença, na retomada de muitas atividades, envolvendo a circulação de pessoas, o uso de transporte público, o trabalho e o lazer” afirmam os pesquisadores. “A circulação de novas variantes do vírus tem causado infecções, mas não necessariamente um aumento no número de casos graves na mesma proporção, devido à proteção já adquirida pelos diferentes grupos populacionais vacinados”.

Os pesquisadores também veem um cenário positivo na ocupação dos leitos de terapia intensiva (UTI) destinados a pacientes com covid-19 no SUS. Somente Roraima está na zona de alerta crítico para esse indicador, com 84% dos leitos ocupados, enquanto Distrito Federal (63%), Goiás (64%), Paraná (60%) e Rio de Janeiro (69%) estão na zona de alerta intermediário.

As demais unidades federativas apresentam menos de 50% dos leitos de UTI para covid-19 do SUS ocupados, o que as deixa fora da zona de alerta. O boletim destaca que isso ocorre em um momento em que 14 estados vêm reduzindo, de forma lenta, a quantidade de leitos de UTI para covid-19. 

Entre as capitais, Boa Vista (84%) e Rio de Janeiro (96%) estão na zona de alerta crítico, enquanto em Belo Horizonte (64%), Curitiba (72%), Goiânia (73%) e Brasília (63%) o alerta é intermediário. As outras 20 capitais estão fora da zona de alerta.

O boletim da Fiocruz pede cautela diante da Delta e ressalta que a variante pode estar associada ao aumento da demanda por hospitalizações no estado do Rio de Janeiro.

“É fundamental acompanhar a tendência nas próximas semanas, pois a variante Delta, que já apresenta elevada prevalência no Rio de Janeiro, pode alterar a situação. Soma-se a isso, o fato de o estado, especialmente a capital, ter uma população idosa expressiva, para a qual o benefício inicial da vacinação, ocorrida ainda entre os meses de janeiro e fevereiro, pode vir se reduzindo, em razão das características imunológicas desse grupo”.

Padre Gleiber anuncia a 2ª temporada do leilão mais animado do Brasil

 

 

Em Florânia-RN, o padre Gleiber Dantas já anuncia através das redes sociais que a 2ª temporada do leilão mais animado do Brasil, já tem dia e hora para voltar.

Será no dia 13 de setembro, às 20h, pelas redes sociais do Santuário de Florânia YouTube e Facebook. 

No ano passado, o padre Gleiber Dantas, da paróquia São Sebastião, no município de Florânia, viralizou na web após fazer um leilão virtual se balançando em uma rede. A live foi realizada nas redes sociais do Santuário de Nossa Senhora das Graças, dentro das comemorações à santa, padroeira da cidade. 

De acordo com o Padre Gleiber, a ideia de colocar uma rede no cenário da live foi para fazer relação com a transmissão nas redes sociais. “Eu estava aqui me balançando na minha rede, esperando a hora de entrar ao vivo com você que está também aí na sua rede, na sua cama, na sua sala”, explicou ao G1 durante o programa virtual.

Somente no Instagram do Padre Fábio de Melo, um dos muitos que compartilharam, o vídeo passou de 2 milhões de visualizações. “Parabéns pelo humor, pela simplicidade. Tudo isso atrelado à responsabilidade de fazer o bem às pessoas, com o seu sacerdócio, é uma dádiva em tempos tão difíceis. Obrigado! Abrace o seu povo por mim. E diga à Gilma Aranha: “a lasanha mais famosa do Brasil precisa ser comida com muito ritual.” E não deixem Gabriel, o fiel escudeiro, fora do banquete!”, escreveu o Padre Fábio de Melo.

#Compartilhem

#LeilãoDeFlorânia

Em Currais Novos Juiz Dr. Ricardo Cabral relata sobre Júri

 
 
 
 Relembre o caso
Raienne Dantas de Assunção Brandão foi morta pelo companheiro Ivan Ferreira Davi, de 38 anos por esganadura na manhã de uma sexta-feira em 19 de julho de 2019 em Currais Novos, na região Seridó potiguar. 

Foto: (Cleto Filho)

Bolsonaro assina decreto que cria sistema de crédito facilitado para pequenas empresas


Foto: Mateus Bononi/Getty Images

O presidente Jair Bolsonaro editou decreto nesta quarta-feira (25) que cria o SNGC (Sistema Nacional de Garantias de Crédito), iniciativa com o objetivo de facilitar o acesso de micro e pequenas empresas ao crédito simplificado.

O novo sistema permitirá que essas empresas consigam garantias para tomar crédito por meio de outras instituições, que funcionariam como o “fiador” do empréstimo. O decreto não precisa da aprovação do Congresso e será publicado na próxima edição do DOU (Diário Oficial da União).

Sociedades de garantia solidária, sociedades de contragarantia, cooperativas de crédito e fundos públicos ou privados poderão ser usados para garantir a operação, facilitando o acesso aos pequenos empreendedores que não possuam patrimônio necessário à operação”, informou a Secretaria Geral da Presidência.

Segundo o governo, os órgãos reguladores do sistema financeiro serão “responsáveis por estabelecer condições mais flexíveis nos empréstimos para esse segmento do mercado, como forma de estimular as operações”.

Caberá ao Conselho Monetário Nacional regulamentar a aceitação e a prestação de garantias por parte das instituições financeiras, definindo “critérios prudenciais e de supervisão”. Com o sistema, o Executivo espera incentivar a competição bancária, ampliar o acesso ao crédito e contribuir para a retomada da economia.

O órgão informou que “fundos já em operação, como o FGO [Fundo de Garantia de Operações, do Pronampe] e o FGI [Fundo Garantidor para Investimentos, do BNDES] poderão participar do novo sistema”.

Segundo o governo, o novo sistema permitirá, por exemplo, que um grupo de empresas possa “se juntar e montar uma cooperativa de crédito e garantir as operações que forem contratadas pelos seus cooperados”.

Entenda

Os bancos e instituições financeiras exigem garantias em seus financiamentos para cumprir as normas do Banco Central e também para reduzir o risco da operação. Essa garantia solicitada ao tomador do empréstimo é parte do contrato.

A Secretaria Geral afirma que as micro e pequenas empresas “possuem dificuldades de acessar o sistema de crédito tradicional, por não conseguirem prestar as garantias normalmente exigidas nessas operações” e, por esse motivo, são preteridas pelas instituições financeiras.

Poder 360

Energia eólica produzida no Nordeste vai compensar escassez de Sul e Sudeste

 

Foto: ABEEólica – Parque Aracati – CE

O Ministério de Minas e Energia anunciou nesta quarta (25/08), que vai enviar energia elétrica produzida no Nordeste para compensar a escassez do Sul e do Sudeste. Segundo Luiz Carlos Ciocchi, presidente do CMSE (Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico), isso se deve à “espetacular” geração de energia eólica.

O Brasil passa pela pior seca dos últimos 91 anos, o que está afetando a produção de energia hidráulica em todo o país. De acordo com Ciocchi, o governo esperava que no mês de agosto chovesse mais na região sul, o que não aconteceu, causando assim a necessídade de transferência entre regiões.

“Agosto foi um mês muito seco. A única região do Brasil onde poderia ter uma chuva esperada era a região Sul. Essa chuva não apareceu na intensidade que a gente esperava. Então temos aí uma situação bastante crítica”, explicou durante coletiva de imprensa na tarde desta quarta-feira.

Por outro lado, a região Nordeste tem energia acumulada porque as hidrelétricas de Sobradinho e Três Marias, ambas no rio São Francisco são as que tiveram melhor desempenho. Além disso, ele destacou o papel da energia eólica, comum na região.

“Uma performance espetacular, espetacular, diga-se de passagem, das usinas eólicas. As usinas eólicas no nordeste batendo recordes atrás de recordes”, afirmou. “O nordeste era bastante deficitário e agora ele é exportador”, completou.

Como o sistema nacional de energia é interligado, não será necessário fazer nenhum tipo de compensação financeira para que a transferência ocorra.

O nosso sistema é interligado. Isso é uma questão de operação do sistema e ele opera aquilo que tem disponível ao menor custo. O que nós visamos primeiro é a segurança. Se hoje o nordeste está em melhores condições, amanhã poderá ser o sul que estão suprindo o nordeste e vice-versa, nao há que se pensar em compensação nesse sentido”, disse Bento Albuquerque, ministro de Minas e Energia.

Ainda segundo Luiz Carlos Ciocchi, o cenário atual do fornecimento de energia no país é “preocupante”. Ele, porém, disse acreditar que com a obtenção de energia adicional, feita por meio de usinas termelétricas, por exemplo, é possível chegar ao final de novembro sem nenhum problema. Depois disso, o cenário ainda é nebuloso, principalmente pela falta de previsão em relação às chuvas.

Bônus para redução

O Ministério de Minas e Energia também anunciou a criação de um programa de bonificação para quem reduzir o consumo de energia em casa. Bento Albuquerque afirmou que o programa voluntário entrará em vigor no dia 1º de setembro, mas não deu mais detalhes de seu funcionamento.

A expectativa, segundo o Ministério de Minas e Energia (MME), é divulgar as regras da medida no início da próxima semana. “O programa está sendo estruturado e contará com definição de meta mínima de redução para concessão de crédito”, informou o ministério em nota distribuída à imprensa.

UOL com Estadão Conteúdo

quarta-feira, 25 de agosto de 2021

Em visita ao RN, Lula é recebido por políticos e recebe título de Cidadão Natalense

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) foi recebido em Natal na tarde desta terça-feira 24 por cerca de 400 artistas e participantes de movimentos sociais no hotel Holliday Inn. O evento contou com a presença de vários políticos do PT e alinhados à esquerda.

Estiveram presentes a governadora do RN Fátima Bezerra, o vice-governador Antenor Roberto, o senador Jean Paul Prates, o secretário Fernando Mineiro, a deputada estadual Isolda Dantas, a deputada federal Natália Bonavides, além de vereadores da capital potiguar como Brisa Bracchi, Divaneide Basílio, Pedro Gorki e Margareth Régia.

Representantes do Movimento Sem Terra (MST) falaram sobre a busca por moradia digna e defenderam as atuações do governo estadual em defesa da regularização fundiária.

Artistas também estiveram presentes e fizeram algumas apresentações. A atriz potiguar Titina Medeiros falou representando a classe. “Me sinto honrada por, no Dia do Artista, estar aqui representando milhares de amigos do RN. Lula, você foi um sonho construído no berço da minha família. Antes do seu governo, nós não sabíamos o que era edital público. Você acreditou na arte do Nordeste e agora não precisamos ir pra o Rio de Janeiro nem São Paulo para trabalhar”. O cantor Pedro Mendes apresentou uma canção em homenagem ao petista.

Lula recebeu o título de Cidadão Natalense das mãos do ex-vereador Fernando Lucerepna e dos demais parlamentares da cidade. Também foi homenageado com o título de Cidadão Carnaubaense, pelas mãos do ex-vereador de Carnaubais Nicolau Cavalcanti Dantas.

A deputada federal e presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, convocou manifestações pacíficas para o próximo dia 7 de setembro, quando estão marcados atos a favor do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). “A rua não é dos golpistas. A rua é dos militantes. No 7 de setembro, vamos para a rua defender a democracia. Que o povo tire Bolsonaro pelo impeachment ou pelo processo eleitoral. Pegue a sua bandeira e vamos ocupar a rua. O Brasil tem dono e é o povo brasileiro”, afirmou.

Ao ouvir comentários do público contrário ao governo federal, Fátima Bezerra demonstrou confiança nas eleições de 2022. “Lula vai voltar a ser presidente e essa história de autoritarismo vai acabar. Agradeço a Lula porque cada vez que a gente chega junto, a gente aprende mais”, pontuou.

“Sabemos a perseguição que Lula passou. Nós sofremos com ele e sabemos qual foi o resultado disso: o País mergulhado nos tempos de maior obscurantismo e conservadorismo, mas a militância nunca abandonou Lula. Nunca estaremos sós”, frisou a governadora do Estado.

No começo do discurso, Lula chorou ao ouvir Lula Lá. “Essa música permitiu que a gente fizesse a campanha mais emocionante da história desse País. Quase 35 anos e eu continuo me emocionando com ela”.

“Natal sempre foi um incentivo porque eu sabia que aqui tinha uma militância que queria eleger alguém da esquerda. Portanto, vocês fazem parte de tudo que aconteceu de bom na minha vida. O que aconteceu de ruim foi erro meu. Hoje é dia 24 de agosto, dia em que Getúlio Vargas deu um tiro no próprio coração. Esse homem foi tão grande que tirou o povo da semi-escravidão. Em 1939, criou o salário mínimo. Eu lembrei de falar dele porque ele foi um cara que fez um esforço imenso para que a gente construísse a Petrobras. O RN começou a fazer a exploração do petróleo em terra. Agora, estão vendendo tudo”.

Do Agora RN

Indígenas acampam em Brasília na semana de julgamento sobre demarcação de terras

Desde o último domingo (22), indígenas de todo o País chegam a acampamento montado em Brasília para participar do movimento "Luta pela Vida". Mais de 5,5 mil indígenas já estão no acampamento e outras delegações ainda estão a caminho.

A programação, que vai até sábado (28), conta com várias ações diariamente, como plenárias e discussões sobre território, produção sustentável e direitos.

O evento é realizado na semana em que o Supremo Tribunal Federal (STF) deve retomar o julgamento do marco temporal para demarcação de terras indígenas. A sessão está marcada para esta quarta-feira (25).

A tese é que a demarcação deve ser feita somente se o povo que reivindica a terra a ocupava no dia 5 de outubro de 1988, quando a Constituição Federal foi promulgada.

Ação de Santa Catarina

A ação trata de um pedido de reintegração de posse do governo de Santa Catarina contra o povo Xokleng. A decisão é de repercussão geral e vai afetar todas as deliberações da Justiça e ações administrativas e legislativas no País.

O assessor político da Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (Apib), Marcos Sabaru, critica a abrangência do julgamento. Para ele, é inconstitucional condicionar situações tão distintas entre os povos indígenas em todo o Brasil a uma situação específica que ocorre em um estado.

Outro assunto com atenção dos indígenas é o Projeto de Lei 490, de 2007, que, além de determinar um marco temporal, passa para o Congresso o poder de decisão sobre a demarcação de terras indígenas.

O texto passou pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados e precisa ser votado em plenário.

Violências

O movimento indígena vem denunciando rotineiramente o agravo das violências contra os povos originários dentro e fora dos territórios tradicionais. 

No dia 9 de agosto, data que marca o Dia Internacional dos Povos Indígenas, a Apib entrou com um comunicado no Tribunal Penal Internacional (TPI) denunciando o governo Bolsonaro por genocídio e ecocídio. 

A organização solicitou que a procuradoria do Tribunal de Haia examine os crimes praticados contra os povos indígenas pelo presidente desde o início do seu mandato, em janeiro de 2019, com atenção ao período da pandemia de Covid-19.

“O desmantelamento das estruturas públicas de proteção socioambiental e aos povos indígenas desencadeou invasões nas Terras Indígenas, desmatamento e incêndios nos biomas brasileiros, aumento do garimpo e da mineração nos territórios", diz trecho do comunicado.

.

Dinheiro do governo Bolsonaro para água em 83 municípios do RN acaba no fim de agosto

No ano em que pode ser registrada a seca mais severa do século no Brasil, há risco de suspensão da Operação Carro-Pipa, mantida pelo Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) em parceria com o Exército Brasileiro, que leva água para municípios sem rede de abastecimento e que estejam totalmente sem água nas cisternas. A situação pode agravar a seca enfrentada em áreas rurais do semiárido brasileiro onde mananciais e cisternas já não têm água em agosto, antes mesmo do pior período de estiagem. Nesses locais, se o carro-pipa não chega, não há água para situações básicas para a sobrevivência humana, como consumo. Esses municípios reúnem cerca de 2 milhões de brasileros (1,8 milhão de pessoas foram atendidas em julho).

Em fevereiro deste ano, a operação foi interrompida por alguns dias por falta de recursos, já que o Orçamento 2021 não havia sido aprovado. Agora, de acordo com o MDR, as verbas serão insuficientes para garantir a operação até o fim do ano. A previsão é que os recursos do MDR acabem até o fim do mês de agosto, situação que deixou em alerta as defesa civis regionais e pipeiros, os motoristas dos caminhões-pipa.

Em seis dos nove estados atendidos pela operação, já houve suspensões temporárias em julho, de acordo com dados do Exército Brasileiro, parceiro do MDR e das Defesas Civis dos estados na operação. Não há registro de que as suspensões sejam por falta de recursos em julho, mas, em alguns municípios, não há pipeiros interessados em executar o serviço. “Quando a distância do manancial para o município é muito curta, o valor do frete não paga os custos. E aí os pipeiros não fazem o trajeto”, afirma Eduardo Rodrigues de Aragão, diretor do Sindicato dos Pipeiros do Ceará.

No Piauí, a operação foi suspensa em julho em um quarto dos 36 municípios atendidos. Em sete locais, a suspensão ocorreu por falta de pipeiros interessados, já em uma região faltou o laudo de potabilidade, documento que deve ser apresentado pela prefeitura. No estado, de acordo com o presidente do Sindicapi (Sindicato dos Transportadores de Carga do Piauí), Humberto Lopes, houve alerta aos pipeiros de que os recursos terminarão em breve.

Para o Ceará ainda não há informações sobre falta de dinheiro para a operação. Lá, três novos municípios devem ser atendidos pela operação a partir de setembro, entre eles Quixadá, onde os caminhões-pipa já eram vistoriados na semana passada. O problema é que se houver interrupção dos repasses, como pode acontecer caso não sejam liberados novos recursos pelo governo federal, a operação será novamente suspensa.

Uma portaria de 28 de julho assinada pelo MDR garantiu mais recursos para a Defesa Civil do Ceará, no total R$ 19 milhões, atendendo a um pedido feito pelo Estado em maio deste ano. O dinheiro pode ser usado até 31 de dezembro.

O diretor do Sindicato dos Pipeiros do Ceará alertou que a falta de água pode fazer a população deixar as áreas rurais. “Quando não tem a operação, alguns moradores tentam comprar água ou se juntam para pagar um carro-pipa. Os que não podem estão deixando mesmo as zonas rurais para as cidades da região”, garante Eduardo Rodrigues.

O MDR informou ao R7 que busca alternativas no âmbito do governo federal para garantir a execução da Operação em sua integralidade e evitar prejuízos. Em fevereiro, após a interrupção, a pasta conseguiu fazer um repasse emergencial de R$ 89,7 milhões por meio da Defesa Civil Nacional para o Exército, que realizou o serviço.

Os recursos para a Operação Carro-Pipa são variáveis, pois dependem da decretação de Emergência pelo município em função da seca e da estiagem, além da aprovação pelo MDR após análise de documentos, como os laudos de potabilidade da água. Desde 2017, os recursos no Orçamento para a Operação têm caído, ano a ano. Em 2017, os valores chegaram a quase R$ 1 bilhão. Este ano, foram destinados R$ 379,8 milhões.

 

Recursos da Operação carro-pipa

2017: R$ 960 milhões

2018: R$ 704,8 milhões

2019: R$ 643,2 milhões

2020: R$ 539,2 milhões

2021: R$ 379,8 milhões

Em julho, a Operação Carro-Pipa atendeu Alagoas (38 municípios), Bahia (94 municípios, sendo 7 temporariamente suspensos), Ceará (43 municípios, sendo 7 temporariamente suspensos e 2 em reconhecimento), Minas Gerais (5 municípios), Paraíba (153 municípios, sendo 3 temporariamente suspensos), Pernambuco (109 municípios, 4 temporariamente suspensos), Piauí (36 municípios, 8 temporariamente suspensos e 1 em reconhecimento), Rio Grande do Norte (83 municípios, sendo 6 temporariamente suspensos), Sergipe (12 municípios).

A Operação Carro-Pipa é realizada desde 1998 para suprir a falta de rede de água em algumas regiões do país — sertão do Nordeste, Norte de Minas e Espírito Santo, quando há necessidade. Essas cidades não são conectadas à rede de abastecimento e dependem de cisternas, que secam sem chuva. A execução do programa, incluindo a contratação e o pagamento dos pipeiros, é realizada pelo Comando de Operações Terrestres do Exército Brasileiro, sob a supervisão da Sedec (Secretaria Nacionado de Proteção Civil) do MDR.

O MDR estuda alternativas a essa dependência dos carros-pipa durante a seca. No final de 2020, a pasta selecionou localidades para serem priorizadas nos investimentos de ações estruturantes de segurança hídrica, como perfuração de poços, implantação de sistemas simplificados de abastecimento de água, cisternas e dessalinizadores do Programa Água Doce.

Do R7

No ano em que pode ser registrada a seca mais severa do século no Brasil, há risco de suspensão da Operação Carro-Pipa, mantida pelo Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) em parceria com o Exército Brasileiro, que leva água para municípios sem rede de abastecimento e que estejam totalmente sem água nas cisternas. A situação pode agravar a seca enfrentada em áreas rurais do semiárido brasileiro onde mananciais e cisternas já não têm água em agosto, antes mesmo do pior período de estiagem. Nesses locais, se o carro-pipa não chega, não há água para situações básicas para a sobrevivência humana, como consumo. Esses municípios reúnem cerca de 2 milhões de brasileros (1,8 milhão de pessoas foram atendidas em julho). Em fevereiro deste ano, a operação foi interrompida por alguns dias por falta de recursos, já que o Orçamento 2021 não havia sido aprovado. Agora, de acordo com o MDR, as verbas serão insuficientes para garantir a operação até o fim do ano. A previsão é que os recursos do MDR acabem até o fim do mês de agosto, situação que deixou em alerta as defesa civis regionais e pipeiros, os motoristas dos caminhões-pipa. Em seis dos nove estados atendidos pela operação, já houve suspensões temporárias em julho, de acordo com dados do Exército Brasileiro, parceiro do MDR e das Defesas Civis dos estados na operação. Não há registro de que as suspensões sejam por falta de recursos em julho, mas, em alguns municípios, não há pipeiros interessados em executar o serviço. “Quando a distância do manancial para o município é muito curta, o valor do frete não paga os custos. E aí os pipeiros não fazem o trajeto”, afirma Eduardo Rodrigues de Aragão, diretor do Sindicato dos Pipeiros do Ceará. No Piauí, a operação foi suspensa em julho em um quarto dos 36 municípios atendidos. Em sete locais, a suspensão ocorreu por falta de pipeiros interessados, já em uma região faltou o laudo de potabilidade, documento que deve ser apresentado pela prefeitura. No estado, de acordo com o presidente do Sindicapi (Sindicato dos Transportadores de Carga do Piauí), Humberto Lopes, houve alerta aos pipeiros de que os recursos terminarão em breve. Para o Ceará ainda não há informações sobre falta de dinheiro para a operação. Lá, três novos municípios devem ser atendidos pela operação a partir de setembro, entre eles Quixadá, onde os caminhões-pipa já eram vistoriados na semana passada. O problema é que se houver interrupção dos repasses, como pode acontecer caso não sejam liberados novos recursos pelo governo federal, a operação será novamente suspensa. Uma portaria de 28 de julho assinada pelo MDR garantiu mais recursos para a Defesa Civil do Ceará, no total R$ 19 milhões, atendendo a um pedido feito pelo Estado em maio deste ano. O dinheiro pode ser usado até 31 de dezembro. O diretor do Sindicato dos Pipeiros do Ceará alertou que a falta de água pode fazer a população deixar as áreas rurais. “Quando não tem a operação, alguns moradores tentam comprar água ou se juntam para pagar um carro-pipa. Os que não podem estão deixando mesmo as zonas rurais para as cidades da região”, garante Eduardo Rodrigues. O MDR informou ao R7 que busca alternativas no âmbito do governo federal para garantir a execução da Operação em sua integralidade e evitar prejuízos. Em fevereiro, após a interrupção, a pasta conseguiu fazer um repasse emergencial de R$ 89,7 milhões por meio da Defesa Civil Nacional para o Exército, que realizou o serviço. Os recursos para a Operação Carro-Pipa são variáveis, pois dependem da decretação de Emergência pelo município em função da seca e da estiagem, além da aprovação pelo MDR após análise de documentos, como os laudos de potabilidade da água. Desde 2017, os recursos no Orçamento para a Operação têm caído, ano a ano. Em 2017, os valores chegaram a quase R$ 1 bilhão. Este ano, foram destinados R$ 379,8 milhões. Recursos da Operação carro-pipa 2017: R$ 960 milhões 2018: R$ 704,8 milhões 2019: R$ 643,2 milhões 2020: R$ 539,2 milhões 2021: R$ 379,8 milhões Em julho, a Operação Carro-Pipa atendeu Alagoas (38 municípios), Bahia (94 municípios, sendo 7 temporariamente suspensos), Ceará (43 municípios, sendo 7 temporariamente suspensos e 2 em reconhecimento), Minas Gerais (5 municípios), Paraíba (153 municípios, sendo 3 temporariamente suspensos), Pernambuco (109 municípios, 4 temporariamente suspensos), Piauí (36 municípios, 8 temporariamente suspensos e 1 em reconhecimento), Rio Grande do Norte (83 municípios, sendo 6 temporariamente suspensos), Sergipe (12 municípios). A Operação Carro-Pipa é realizada desde 1998 para suprir a falta de rede de água em algumas regiões do país — sertão do Nordeste, Norte de Minas e Espírito Santo, quando há necessidade. Essas cidades não são conectadas à rede de abastecimento e dependem de cisternas, que secam sem chuva. A execução do programa, incluindo a contratação e o pagamento dos pipeiros, é realizada pelo Comando de Operações Terrestres do Exército Brasileiro, sob a supervisão da Sedec (Secretaria Nacionado de Proteção Civil) do MDR. O MDR estuda alternativas a essa dependência dos carros-pipa durante a seca. No final de 2020, a pasta selecionou localidades para serem priorizadas nos investimentos de ações estruturantes de segurança hídrica, como perfuração de poços, implantação de sistemas simplificados de abastecimento de água, cisternas e dessalinizadores do Programa Água Doce.

Saiba mais em: https://agorarn.com.br/ultimas/dinheiro-do-governo-bolsonaro-para-agua-em-83-municipios-do-rn-acaba-no-fim-de-agosto/ | Agora RN

PF convoca Ramos, Heleno e Ramagem a depor sobre live do voto impresso realizada pelo presidente Jair Bolsonaro

Fotos: Antonio Cruz/ABr – Marcos Corrêa/PR/Flickr – Marcos Oliveira/Agência Senado

Após autorização do Supremo Tribunal Federal (STF), a Polícia Federal agendou, nesta terça-feira (24), os depoimentos de três nomes do governo no inquérito que investiga a utilização da estrutura do Palácio do Planalto, inclusive com a TV pública, para a transmissão de informações falsas relacionadas às urnas eletrônicas.

Serão ouvidos sobre a live realizada pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) a respeito do voto impresso o secretário-geral da presidência da República, Luiz Eduardo Ramos; o ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), general Augusto Heleno, e o diretor da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), Alexandre Ramagem.

A lista da Polícia Federal em relação aos depoimentos é ainda mais extensa e foi fechada antes do pedido de impeachment de Bolsonaro contra o ministro do STF Alexandre de Moraes, que é o relator deste caso. Ao menos dois desses três depoimentos acontecerão ainda nesta semana.

A transmissão do presidente, realizada no final de julho, para tratar de supostas fraudes no sistema eletrônico de votação teve a afirmação de que não seria possível comprovar que pleitos anteriores tiveram resultados burlados. Em várias ocasiões antes e depois de ser eleito, o presidente disse haveria provas de que as eleições foram fraudadas.

CNN Brasil

Lajes/RN: Broca de dentista se solta durante atendimento e vai parar dentro de pulmão de paciente.

 Foto: Reprodução

Depois de nossa redação tomar conhecimento, nesta terça feira foi destaque na imprensa estadual sobre a  paciente de 55 anos que engoliu uma broca durante a extração de um dente em uma unidade de saúde no município de Lajes (cidade distante 65Km aqui de Santana do Matos), Região Central potiguar. O caso aconteceu no dia 26 de julho.

Iolanda Mariano de Melo Simplício está com o material alojado no pulmão deste então. O filho dela conta que a mãe sente muitas dores e já perdeu cerca de 10 quilos desde o ocorrido.

“A Secretaria Municipal de Saúde nos deu assistência para a realização dos exames. A gente foi para Natal inúmeras vezes com ela para fazer tomografia, raio-x, hemograma, risco cirúrgico, mas até agora nada. Já são quase 29 dias e praticamente não temos resposta. A gente quer uma solução, porque é um corpo estranho que está dentro do pulmão dela”, conta Rohnhalyson Mariano.

A Prefeitura de Lajes informou que a cirurgia da paciente chegou a ser marcada para 11 de agosto, mas não aconteceu pois um dos equipamentos necessários para o procedimento quebrou. O município informou que está se preparando para realizar a cirurgia de forma particular. A Prefeitura está analisando os orçamentos e vai pagar pelo procedimento de retirada do objeto do pulmão da paciente.

De acordo com a secretaria municipal de saúde, o dentista responsável pelo acidente foi afastado e não voltará a trabalhar no município, que já providencia um profissional substituto.

De acordo com o professor Laércio Melo, do Departamento de Odontologia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, essa situação pode acontecer em consultórios odontológicos. “A principal causa é a não adaptação entre a caneta de alta rotação, que é o motor que o cirurgião dentista utiliza na realização de procedimentos odontológicos, com a broca. A partir dessa não adaptação, é possível o paciente acidentalmente broncoaspirar esse instrumento”, falou.

O especialista explica que existem medidas preventivas para que o acidente não aconteça. “A primeira delas é sempre o profissional verificar essa real adaptação entre a broca e a caneta, e a segunda é utilizar um lençol de borracha separando essa área que está sendo tratada com a região de orofaringe”, finaliza.

terça-feira, 24 de agosto de 2021

Jucurutu: A nossa Reportagem esteve fazendo imagens da Barragem Oiticica

 
A nossa reportagem esteve no último domingo visitando a Barragem de Oiticica, que trata-se de um grande reservatório de água em construção nos municípios de Jucurutu, Jardim de Piranhas e São Fernando, no estado do Rio Grande do Norte que de inicio tinha uma previsão de conclusão para dezembro de 2020. 
 
Em conversa com um funcionário da empresa responsável pela obra uma nova previsão para o termino da obra seria no final deste ano (2021), mais segundo ela acredita que não será concluída nestes últimos meses deste ano.
 
Com capacidade de armazenamento de 592.000.000m³ de água, o reservatório será o segundo maior do Rio Grande do Norte. Antigo pleito dos moradores da região do Seridó, a barragem de Oiticica tem como finalidade promover o abastecimento de água e a irrigação de culturas agrícolas do Seridó, bem como auxiliar na contenção de enchentes no Vale do Açu.
 
No dia 24 de junho de 2021o presidente Jair Bolsonaro fez uma visita à Barragem de Oiticica, onde anunciou a liberação de R$ 38 milhões para a conclusão da obra que se encontra 90% pronta e tem previsão de ser finalizada até dezembro deste ano. A obra receberá as águas do Eixo Norte do Projeto de Integração do Rio São Francisco.
 

Fábio Faria: Ou o Senado ou nada!

O Ministro das Comunicações Fábio Faria declarou nesta segunda (23), em Natal (RN), que “Meu ciclo como Deputado Federal terminou no RN”.

Foi para o tudo ou nada. Ou é candidato a Senador ou não será candidato a nada. Seu paia e Ex-Governador Robinson Faria é o candidato a Deputado Federal.

Fábio disputa a vaga de Senador com o Ministro Bolsonarista, Rogério Marinho.

TRT/RN: Instituição trabalhista no estado publica edital para doação de veículos

 

O Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região (TRT/RN) publicou nesta segunda-feira (23) o Edital de Desfazimento de Bens nº 001/2021, em conformidade com a Lei nº 8.666/93, o Decreto nº 9.373/2018 e com o Ato nº 161/2020 do próprio TRT norte-rio-grandense.
De acordo com o edital (veja AQUI), serão doados quatro automóveis dos modelos Ford Fiesta, Renault Megane e Corolla.
Os bens poderão ser aproveitados por órgãos das três esferas do poder público.
A retirada, o carrego e o transporte dos bens doados são de responsabilidade do donatário.
Havendo mais de um interessado no veículo, o desempate será em conformidade com o disposto no Ato nº 161/2020.
Os interessados terão um prazo de 15 dias úteis para se inscrever, por meio de ofício encaminhado à presidência do Tribunal, indicando os bens de seu interesse, o quantitativo e anexar a documentação exigida para qualificação.
Para mais informações, os interessados devem procurar a Divisão de Logística e Patrimônio do TRT/RN pelo telefone (84) 4006-3159 ou através do e-mail patrimonio@trt21.jus.br, salienta nota da assessoria de comunicação social do Tribunal.