segunda-feira, 19 de novembro de 2018

PASSA E FICA/RN: Dona de padaria se encontra desaparecida


Informações chegadas a nossa redação e do desaparecimento da dona da Padaria Amarelinha em Passa e Fica, RN, a mesma é conhecida como Fátima.
Segundo informações,  ela está desaparecida desde das 14 horas deste domingo (18), foi encontrado a sua moto junto com chave nas proximidades do cemitério da cidade.

Familiares e amigos estão bastantes preocupado atrás de  notícias  do paradeiro dela, qualquer informações ligar imediatamente para polícia ou para familiares através do contato (84) 988726601.

sábado, 17 de novembro de 2018

Acidente com ônibus da Gatinha Manhosa deixa um morto no Piauí





O ônibus da banda de forró Edson Lima e Gatinha Manhosa se envolveu em um acidente na tarde desta sexta-feira, 16, na BR-020, no município de Simplício Mendes no sul do Piaui.
De acordo com informações, o acidente ocorreu por volta das 17h, o ônibus da banda tombou ao tentar desviar de um motociclista que morreu no acidente.
Os integrantes da banda sofreram ferimentos leves e foram socorridos por equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência - SAMU e encaminhados para hospitais da região.
O cantor Edson Lima divulgou um comunicado em seu instagram: "Aos familiares, amigos e fãs, venho por meio desta informar que acabamos de sofrer um acidente com o ônibus da banda na estrada, mas graças  a Deus estamos todos bem.
“Tenho que agradecer a Deus por tudo que aconteceu, não lamentar por nada, porque estamos todos bem. Olha a situação que ficou o ônibus gente, estamos na estrada, estamos sujeito a tudo, fiquem tranquilos que o pior já passou, alguns arranhões com algumas pessoas da banda mas nada de tão grave que nos preocupe mais, desde já muito obrigada a todos que está dando apoio para gente aqui próximo a Simplício Mendes a 130 km de Picos no Piauí, está tudo bem, fiquem tranquilos.” desabafou o cantor.

Jucurutu/RN: Prefeito frusta diálogo e servidores municipais cruzam os braços por direitos



Da Confederação dos Trabalhadores do Serviço Público Municipal (CONFETAM)

Os servidores públicos municipais de Jucurutu (RN) deflagraram greve nesta sexta-feira (16). A decisão foi tomada em assembleia da categoria realizada na última segunda (12).
Os trabalhadores reivindicam  a manutenção do Plano de Cargos, Carreiras e Salários, condições de trabalho, o pagamento reajustado do PMAQ aos agentes de saúde e servidores (de acordo com o 3º ciclo), a realização de exames rotineiros para os agentes, revisão das Gratificações por Titulação e a não redução de salários.
De acordo com o Sindicato dos Servidores Públicos do Município de Jucurutu (SINDJUC), a pauta reflete os anseios de todo o funcionalismo, principalmente os dois primeiros pontos, que ganharam maior ênfase durante o movimento.
Prefeito fecha as portas para servidores
Os servidores e as entidades sindicais, entre elas o SINDAS/RN e o SINDSAÚDE, que também participam da luta, esperavam ser recebidos pelo prefeito Valdir Medeiros na segunda (12), mas encontraram as portas do Gabinete fechadas. O comunicado do cancelamento chegou no domingo (11) à noite, véspera da reunião, sem qualquer explicação sobre o motivo da suspensão do encontro.
Nesta segunda-feira (19), os trabalhadores realizam o primeiro ato oficial da greve geral, com concentração marcada para às 7h30, na sede do Sindicato dos Trabalhadores Rurais da cidade. Na ocasião, os servidores da prefeitura farão o enterro simbólico da Lei do Plano de Cargos, Carreiras e Salários do município de  Jucurutu.
“De luto estamos pela morte do PCCS dos servidores de Jucurutu – Plano de Cargos que tão curta vida teve e que sua partida deixará um vazio nos bolsos dos servidores… Lamentamos a sua partida, ainda mais pela forma que se deu: ‘morte decretada’, a qual ainda fere a Constituição Federal e o Regime Jurídico Únicos dos Servidores”, ironiza a direção do SINDJUC em comunicado da entidade.
Veja a nota do Sindicato dos Servidores Municipais de Jucurutu (SINDJUC)  
Quando os diretos dos servidores conseguidos por meio de Leis Municipais e de muita luta são retirados de maneira arbitrária, quando os servidores tentam de todas as maneiras terem diálogo com o gestor municipal e o mesmo não estabelece conversação com a categoria, não existe outra forma dos servidores agirem via sindicato senão por meio da GREVE. Não importa se sexta-feira o atual gestor decretou ponto facultativo,  o que importa é que dia 16 de Novembro de 2018 será o primeiro dia de Greve dos Servidores Municipais. A população de Jucurutu é testemunha de que os servidores municipais buscaram de todas as formas dialogar com o atual gestor, mas infelizmente ele “fechou as portas do Gabinete” para os servidores.
Servidores Municipais de JUCURUTU/RN, essa luta é de todos vocês!
A união é importante nesse momento de RETIRADA de DIREITOS!

Segue abaixo programação da greve dos servidores municipais:


 

Suspeito de raptar, matar e queimar corpo de Geane Melo em Mossoró é preso no Estado do Ceará



A Polícia Militar de Limoeiro do Norte, no Ceará, confirou a prisão na manhã desta sexta-feira (15) de um dos acusados de raptar, e matar queimada a adolescente Geane Melo de Nogueira, de 12 anos, no dia 4 de novembro, no bairro Nova Vida (Malvinas), zona leste de Mossoró.
Fábio David da Silva Aquino, de 18 anos, conhecido como Ceará, foi preso após ação de policiais militares no bairro Bom Nomes. Ele, uma mulher que se apresentou com o nome de Letícia Vital Ramos e mais dois adolescentes estariam na cidade de Limoeiro escondidos..
Na abordagem, os suspeito reagiram e Fábio David acabou sendo baleado na altura do ombro na troca de tiros com os policiais. Ele foi levado para o hospital local e em seguida encaminhado à Delegacia de Russas juntamente com os demais detidos.
Fábio David fugiu de Mossoró após o assassinato brutal da menina Geane, em retaliação pelos assassinato do bebê Anthony Caleb, de 1 ano e 6 meses, na mesma noite do dia 4 de novembro. Caleb estava com os pais na praça quando foi morto com tiro na cabeça.
Após prender os assassinos do bebê Caleb e balear os pais dele, os policiais da Divisão de Homicídios e Proteção a Pessoa de Mossoró  chegaram os sete nomes dos suspeitos de raptar, matar e queimar o corpo da menina Geane.
Em contato com a imprensa, o delegado Rafael Arraes, da DHPP, pediu ajuda para localizar e prender os assassinos.
Como a polícia prendeu o principal suspeito de raptar, matar e queimar a menina Geane Melo? O que aconteceu, na prática, foi que a guerra urbana dos bairros Dom Jaime Câmara e Nova Vida (Malvinas) se transferiu de Mossoró para a cidade de Limoeiro do Norte (CE).
Após raptar, matar e queimar a menina Geane Melo, os assassinos, que são do Primeiro Comando da Capital (PCC), fugiram para Limoeiro do Norte, onde alugaram uma casa. Ocorre que os criminosos do Sindicato do RN descobriram onde eles estavam.
Segundo a polícia cearense, os criminosos Bacleudo, Bobi, Waldim e Mazin foram matar Jonatas, Carol e Fábio em Limeiro. No entanto, os três perceberam que estavam sendo caçados pelos membros da facção rival e Carol se passou por Jossiane e ligou para a policia pedindo socorro.
Os policiais militares agiram rápido e conseguiram evitar a chacina, que estava previsto de acontecer na quinta-feira, 15. Na manhã do dia 16, os policiais receberam informações de quem seria os alvos e fez a abordagem. Houve reação e na ocasião Fabio foi baleado no ombro.
Os três foram levados para a Delegacia Regional de Russas, onde foram apresentados ao delegado Fixina, que por sua vez fez contato com o delegado Rafael Arraes, de Mossoró, que enviou para a autoridade policial de Russas a ordem de prisão.
Com relação aos outros suspeitos detidos, ainda não se sabe se participaram ou não do rato e assassinato brutal da menina Geane Melo.

Mossoró Hoje

Oito municípios do RN são atendidos apenas por médicos cubanos, entre eles a cidade de Bodó

Médico Raul Hernandez, de Cuba, atuando em São Miguel do Gostoso, RN, através do programa Mais Médicos - Foto de 2015 — Foto: Karina Soares
Oito cidades potiguares ficarão sem nenhum médico, após a saída dos 142 profissionais cubanos que atuam no Mais Médicos no Rio Grande do Norte. A informação é da coordenadora da comissão do programa no estado. Além de perderem os serviços, os municípios também correm risco de ficar sem repasses do governo federal para as ações de saúde. Ao todo, 489,9 mil potiguares serão afetados.

As cidades que devem ficar sem médicos são Bodó, Taboleiro Grande, Timbaúba dos Batistas, Vila Flor, que têm um profissional cada; além de Jardim de Angicos, Riacho de Santana, São Francisco do Oeste e Itajá, que contam com dois médicos cubanos cada uma.

De acordo com assessoria de comunicação da Secretaria Estadual de Saúde Pública, ao todo, 282 médicos estão em atividade no RN através do Programa Mais Médicos. Destes, 142 são cubanos e atuam em 67 municípios do RN.

No caso das oito cidades citadas acima, os cubanos são os únicos médicos. Com a saída deles, as equipes de enfermeiros, técnicos e agentes devem permanecer atuando nas comunidades, mas poderão ser desfeitas, caso as vagas de profissional médico não sejam preenchidas em até quatro meses.

De acordo com Ivana Fernandes, que é coordenadora da Comissão Estadual do Programa Mais Médicos no Rio Grande do Norte, conforme as regras atuais, se as cidades ficarem inconsistidas (sem médico) e não conseguirem contratar profissionais em até 90 dias, terão recursos federais bloqueados.

Caso passem quatro meses sem médicos, as cidades podem ser descredenciadas do programa Saúde da Família (onde os profissionais cubanos do Mais Médicos atuam), prejudicando toda a estrutura, como o pagamento do restante das equipes e causar a suspensão completa do atendimento à população.

Ainda não há data definida para os médicos deixarem o país, mas quando isso ocorrer, começará a valer o prazo para recomposição das equipes começaria a valer. A data ainda não é confirmada. A preocupação da comissão é justamente com a dificuldade para reposição dos profissionais.

Mesmo com a previsão de abertura de editais para reocupar as vagas, a situação é de alerta para quem acompanha o programa. Conforme Ivana, os editais são abertos inicialmente para profissionais brasileiros. Quando as vagas não são preenchidas, ele passa a acatar brasileiros que têm formação em outros países e não revalidaram diplomas.

Por fim, se ainda constinuam sem ser preenchidas, as oportunidades passam a abranger médicos estrangeiros. Os cubanos entram numa quarta etapa, quando as possibilidades do edital se esgotam e entrar em vigor a cooperação que existia entre os governos brasileiro e cubano. "Eles (cubanos) vêm para locais que outros médicos não querem vir", explica.

População afetada

Segunda maior cidade potiguar, Mossoró vai perder 14 médicos dos 66 que estão nas equipes de Estratégia de Saúde da Família. Caicó, no Seridó potiguar, perderá um terço - oito dos 24 médicos que atuam na cidade. Pau dos Ferros, na região do Alto Oeste, ficará sem 4 dos 12 profissionais atuais.

Ao todo, 489,9 mil potiguares deverão ser afetados pela saída de médicos cubanos do Brasil. O cálculo da comissão é feito baseado no número de médicos (representam uma equipe de estratégia) multiplicado pela quantidade (teto) de pessoas que devem ser cobertas numa área por uma equipe, que é de 3.450 pessoas.

Substituição
O Ministério da Saúde informou na manhã desta sexta-feira (16) que a seleção de médicos brasileiros para ocuparem as vagas que serão deixadas pelos profissionais cubanos do programa Mais Médicos ocorrerá ainda em novembro.

Na última quarta (14), o Ministério da Saúde Pública de Cuba anunciou a decisão de deixar o programa Mais Médicos, criado durante o governo da ex-presidente Dilma Rousseff. Cuba enviava profissionais para atuar no Brasil desde 2013.

O governo cubano atribuiu a decisão a "declarações ameaçadoras e depreciativas" de Bolsonaro. O presidente eleito afirma que Cuba não quis aceitar condições para continuar no programa.

De acordo com o Ministério da Saúde, a formulação do edital para substituição dos médicos cubanos será finalizada ainda nesta sexta, durante reunião com a Organização Pan-Americana de Saúde (Opas).
 

G1RN

Radialista ganha ação trabalhista contra FM CABUGI CENTRAL de Angicos



O Radialista conhecido como “Louro” ganhou ação trabalhista na justiça do trabalho, contra a FM Comunitária Cabugi Central de Angicos.
A ação, movida desde o ano passado, quando foi demitido da rádio, teve sua sentença em primeira instância oficializada durante esta semana.
Segundo as informações, pelos anos prestados, ele deverá receber valores na casa dos R$ 20.000,00 (vinte mil reais).
A instituição poderá recorrer, mas deverá depositar valor aproximado de R$ 5.000,00 (cinco mil reais).
Isso põe por terra a teoria de alguns sobre a questão envolvendo pessoas que prestam serviços as rádios comunitárias. Já existem outros precedentes na justiça.
A direção da FM informou que irá recorrer desse pagamento para as instâncias superiores, pois entende que o serviço prestado não é passível de indenização trabalhista.

Apos tentativa de homicídio em Acarí, PM apreende adolescentes com arma de grosso calibre e moto adulterada

Blog PM Currais Novos: Na noite dessa sexta-feira, 16/11/18, uma tentativa de homicídio foi registrada na comunidade Rajada, município de Acarí, onde dois adolescentes infratores efetuaram disparos de arma de fogo, calibre 12, contra outro jovem que foi atingido. 
Policiais Militares foram acionados e a viatura de Carnaúba dos Dantas se deparou com os acusados em uma motocicleta, o carona portando uma arma longa. Foi dada ordem de parada, porém os acusados não atenderam e empreenderam fuga. Durante a perseguição o garupa tentou atirar na viatura, um dos PM's revidou e conseguiu atingir um dos suspeitos que em seguida se renderam. A dupla estava em uma motocicleta Yamaha pintada de preta, sem placa, com chassis raspado e que a cor original seria vermelha.
Com a dupla foi apreendida uma escopeta calibre 12 com duas munições intactas.
O adolescente atingido e a vítima da tentativa de homicídio foram encaminhados para o Hospital Regional de Caicó e não sabemos o estado de saúde deles.
Os adolescentes são velhos conhecidos da Polícia local, inclusive são suspeitos de roubarem uma motocicleta na última terça-feira, onde a descrição da vítima bate com as característica dos acusados. Na ocasião foi usada uma arma longa e a motocicleta tinha as mesmas características da apreendida com os eles.
Parabéns aos guerreiros pela agilidade com que atenderam a ocorrência.
 
Da redação

RJ: MULHER MATA HOMEM A FACADAS DEPOIS DO SEXO


Vítima foi esfaqueada ao sair da loja

Rosilene Santaiago da Luz, de 38 anos, foi presa nesta sexta-feira, em Volta Redonda, no Sul Fluminense, após esfaquear Juscelino Natal de Oliveira, de 62, pouco depois de manter relação sexual com a vítima.

O idoso ainda foi levado com vida para o Hospital São João Batista, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Segundo o delegado Celso Gustavo Castello Ribeiro, da 93ª DP (Volta Redonda), a mulher foi autuada em flagrante por crime de homicídio.
Ao prestar depoimento, ela alegou que se relacionava com Juscelino há algum tempo, e que cometeu o crime porque a vítima não pagou um programa de R$ 70 e também não lhe deu drogas como havia prometido.
Faca usada na morte do idoso
O crime ocorreu na saída de uma loja, após uma discussão, e foi flagrado por uma câmera de segurança. As imagens que circulam nas redes sociais mostram o idoso já ferido, cambaleando até cair. Rosilene aparece pegando uma mochila rosa que caiu no chão, para, em seguida, deixar o local rapidamente.

Segundo a polícia, Rosilene foi presa pouco depois do crime por guardas municipais. Os agentes também apreenderam a mochila rosa que estava com a mulher.

Na delegacia, ao abrir a bolsa, os policiais encontraram a faca usada no assassinato.

— Já ouvimos testemunhas do crime. A vítima e Rosilene se relacionavam há algum tempo e, segundo ela, nessas ocasiões ele sempre pagava uma quantia em dinheiro, além de lhe dar drogas. Roseline confessou o crime e disse que fez isso porque, desta vez, não recebeu o dinheiro nem a droga. Ela vai responder pelo crime de homicídio qualificado — disse o delegado.

Caso seja condenada pelo assassinato, Rosilene estará sujeita a uma pena que pode chegar a até 30 anos de prisão.
Extra