APOIO

APOIO

terça-feira, 28 de setembro de 2010

Ministério Público abre inquérito para apurar revenda ilegal de gás liquefeito de petróleo GLP em Assú

A promotora Fernanda Bezerra Guerreiro Lobo assinou portaria Nº 17/2010, abrindo inquérito para apurar revenda ilegal de gás liquefeito de petróleo GLP em Assú. A origem da representação foi dos próprios representantes das seguintes empresas: Liquigás, Mossoró Gás, Constantino Gás e Santana Gás.
De acordo com informações que o Blog teve acesso, a promotora mandou juntar aos autos a documentações e notificou os revendedores autorizados citados na representação, para audiência no dia 13 de outubro, às 15h30 no Ministério Público de Assú. O comandante do 10º BPM e o delegado de Polícia de Assú também foram convidados para a mesma audiência.
Por Marcos Dantas

Nenhum comentário:

Postar um comentário