APOIO

APOIO

quinta-feira, 9 de junho de 2016

Esposa do Cabo PM Rangel, assassinado em Caicó, é presa acusada de ser autora intelectual do crime


Esposa do Cabo Rangel, assassinado em Caicó, é presa acusada de ser autora intelectual do crime

A esposa do cabo PM Rangel que foi assassinado no mês de abril deste ano em Caicó, Rita de Cássia Rangel, foi presa na noite desta quarta-feira (08), apontada pela Polícia Civil como a autora intelectual da morte do policial.
A informação foi confirmada pelo Blog Sidney Silva em contato com a Delegacia de Polícia Civil.
A mulher estava sendo interrogada nas dependências da Delegacia quando recebeu voz de prisão. A Polícia já tinha solicitado um mandado de prisão temporária, mas, foi decretada a prisão preventiva. Ela foi detida e agora aguarda movimentação de seu advogado que deve pedir a sua liberdade.
Os delegados não foram encontrados para dar declarações sobre a prisão.

Advogado afirma que sua cliente e inocente.

O Blog Sidney Silva conversou com o advogado Bartolomeu Linhares que atua na defesa de Rita de Cássia Rangel, viúva do Cabo PM Rangel. Ela foi presa na noite desta quarta-feira (08), acusada de ser a autora intelectual do crime, ou seja, mandou matar o marido.
O advogado, Bartolomeu, foi reticente nas declarações, limitando-se apenas a dizer que acredita na inocência de sua cliente e que vai, na manhã desta quinta-feira, se reunir com a família para traçar a melhor estratégia de defesa. “Ela é inocente, nega que tenha mandado matar o marido. Nós vamos nos reunir com a família para tratar sobre a defesa dela e saber como vamos agir“, disse.
O delegado não foi encontrado pelo Blog para informar detalhes da prisão de Rita de Cássia que ocorreu quando ela prestava depoimento.


Blog Sidney Silva

Nenhum comentário:

Postar um comentário