APOIO

APOIO

sexta-feira, 24 de junho de 2016

PF prende mulher suspeita de integrar quadrilha de assalto a banco


mulherPFA Polícia Federal prendeu nesta sexta-feira (24), em Ceará-Mirim, uma funcionária pública, de 35 anos, em razão de um mandado de prisão expedido pela Justiça Federal. A ação aconteceu em continuidade das investigações da Operação Trangola, deflagrada em 07 de junho de 2016 em Parnamirim.
Naquela oportunidade, seis homens foram presos acusados de assaltar agências dos Correios e promover explosões de caixas eletrônicos no RN. A mulher detida é companheira de um dos suspeitos presos junto com o bando.
A PF descobriu que ela registrou um sítio no seu nome em João Câmara, a mando do marido, cujo valor é incompatível com a renda do casal. A suspeita é que tal propriedade tenha sido adquirida com dinheiro supostamente obtido nos assaltos realizados pela quadrilha desbaratada.
Ouvida, ela negou saber onde o marido, que exerce a profissão de soldador, conseguiu recursos para adquirir o imóvel rural. Após prestar depoimento, a mulher foi levada para o ITEP onde realizou exame de corpo de delito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário