APOIO

APOIO

sábado, 2 de julho de 2016

Mulher de 117 anos morre horas após receber certidão de nascimento

Uma mulher de 117 anos recebeu, enfim, a certidão comprovando seu nascimento em 1898. As celebrações, porém, foram adiadas, já que horas depois ela morreu.
Trinidad Alvarez Lira faleceu na quarta-feira (29) na Cidade do México. Ela aguardava ansiosamente o papel para comprovar sua idade e, com isso, receber todos os benefícios aos quais tinha direito.
O Departamento de Desenvolvimento Social da Cidade do México informou que, finalmente, nesta semana, havia sido emitida a certidão de nascimento de Trinidad Alvarez, segundo reportagem do New York Times. As autoridades locais não informaram ainda se a família teria direito aos pagamentos retroativos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário