APOIO

APOIO

sábado, 13 de agosto de 2016

Da pra acreditar: "Surpresa", prefeita "ostentação" das redes sociais acusada de roubar dinheiro da merenda escolar reassume cargo

Afastada há quase um ano, a prefeita de Bom Jardim (MA), Lidiane Leite da Silva (sem partido), reassumiu o cargo durante sessão na Câmara de Vereadores, no final da manhã da terça-feira (9). Durante a posse, Lidiane destacou várias vezes que o resultado da decisão judicial foi uma "surpresa" e que ela é inocente das acusações. 

Lidiane é suspeita de fraudes em licitação e desvio em recursos de merenda escolar. Ela que ficou conhecida como "prefeita ostentação" por postar fotos nas redes sociais em festas de luxo e com roupas caras. Lidiane nega as acusações.

O retorno de Lidiane ocorreu após a Justiça Federal acatar pedido, em caráter de liminar, para remoção de medidas cautelares restritivas que proibiam acesso dela aos prédios da prefeitura e Câmara de Vereadores. Na segunda-feira (8), o juiz federal José Magno Linhares considerou desnecessárias as medidas cautelares que restringiam o acesso de Lidiane aos prédios municipais.

A Justiça autorizou a modificação do domicílio de Lidiane, de São Luís para Bom Jardim, e liberou-a do uso de tornozeleira eletrônica, beneficiando-a para o regime de recolhimento domiciliar noturno, das 22h às 6h.

O pedido de Lidiane foi baseado em ofício da Câmara de Vereadores de Bom Jardim informando que ela deveria ser reempossada ao cargo. O presidente da Câmara de Vereadores, Arão Silva (PTC), explicou que Lidiane foi afastada do cargo irregularmente.

Segundo Silva, o decreto da perda de mandato de Lidiane, de número 06/2015, foi assinado apenas por um vereador. A câmara analisou a documentação e decidiu, em sessão extraordinária, ocorrida na semana passada, a revogar a decisão que decretou a perda de mandato de Lidiane.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário