APOIO

APOIO

sábado, 11 de março de 2017

Temer enfrenta protestos durante visita à PB e responde com ironia a manifestantes

Foto: Paraibaonline
Durante sua passagem pela Paraíba, nesta sexta-feira (10), o presidente Michel Temer foi alvo de críticas e protestos nas cidades de Campina Grande e Monteiro. Em menor escala, o primeiro protesto ocorreu no Aeroporto João Suassuna, em Campina Grande, onde a comitiva do presidente desembarcou durante a manhã.
No aeroporto, algumas pessoas que estavam no local aproveitaram a passagem da comitiva de Temer para proferir palavras de ordem e o chamarem de “golpista”.
Já no município de Monteiro, no Cariri paraibano, onde Temer participou da cerimônia que marcou a chegada das águas do rio São Francisco ao Estado, um grupo maior, formado por cerca de 100 pessoas, entre estudantes e membros de entidades sindicais, se reuniu para protestar contra medidas adotadas em seu governo.
Como a solenidade foi restrita a convidados, o grupo não pode entrar na estrutura montada para o evento. Com faixas e cartazes, os manifestantes permaneceram ao lado da estrutura, também proferindo palavras de ordem durante os discursos de algumas autoridades.
Em seu discurso, Temer falou sobre o protesto, destacando que eles fazem parte da democracia. Também se dirigindo ao grupo, o presidente disse, em tom irônico, que, devido ao calor no local, tinha certeza de que após a solenidade o grupo de manifestantes aproveitaria a oportunidade para dar um mergulho nas águas do recém-chegadas do rio São Francisco.

Nenhum comentário:

Postar um comentário