APOIO

APOIO

sexta-feira, 4 de agosto de 2017

José Dias analisa atual momento político e comenta decisão da Câmara sobre Temer

Motivado pelo atual momento político vivido pelo país, o deputado estadual José Dias (PSDB) usou o horário destinado aos oradores na sessão plenária desta quinta-feira 3 para refletir sobre o cenário nacional. De acordo com as palavras do parlamentar, a institucionalização da corrupção transformou o Brasil em uma nação insustentável.
“Nosso Estado é um ente pernicioso, demoníaco, que suga de forma doentia a seiva nacional. Os 13 anos de governo do PT transformaram a nação em um ser insustentável. Tivemos cumulativamente, a organização de um estado corrupto ao lado do estado jurídico, organizado constitucionalmente. Portanto, indiscutivelmente, vivemos uma situação absolutamente difícil e dolorosa, mas se tivermos o mínimo de conhecimento da vida politica e histórica desse país, vemos que o culpado foi esse sistema que instituiu essa política de corrupção organizada”, disse.
José Dias continuou discorrendo sobre a situação política do país e falou diretamente sobre a votação que impediu a investigação de denúncia contra o presidente Michel Temer (PMDB). “Ontem estava em julgamento não apenas um homem e seu destino. Estava em julgamento o interesse do povo brasileiro. Não há a possibilidade de fazermos a substituição do presidente, sem levarmos o país à bancarrota. Não estou defendendo o perdão, a inocência de ninguém”, afirmou.
Para o parlamentar é preciso enxugar a estrutura administrativa nacional. “Se não reduzirmos esse estado nós vamos ficar enxugando gelo. Não teremos solução para os nossos problemas de corrupção se o povo não fizer a sua parte, que é escolher corretamente os seus representantes”, analisou.
Em aparte, o deputado Jacó Jácome (PSD) parabenizou a postura dos deputados federais Rafael Mota (PSB), Zenaide Maia (PR) e Antônio Jácome (PODEMOS) que votaram pela continuidade das investigações. “O que estava e está em jogo é a condição de qualquer ser humano ser julgado. Eu aplaudo os três deputados do RN que votaram pelo prosseguimento da investigação. Foi uma posição de coragem”, defendeu.
Em colaboração ao pronunciamento de José Dias, os deputados Tomba Farias (PSB) e Getúlio Rêgo (DEM) parabenizaram a análise feita na manhã de quinta-feira. “Suas palavras demonstram consciência e lucidez, na interpretação e avaliação dos fatos nacionais”, disse Getúlio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário