APOIO

APOIO

sábado, 25 de março de 2017

Agentes penitenciários federais ficarão mais 30 dias no RN, diz ministério

O Ministério da Justiça e Segurança Pública prorrogou nesta sexta-feira (24), por meio de decreto publicado no Diário Oficial da União (veja AQUI), a presença de agentes penitenciários federais no Rio Grande do Norte por mais 30 dias.
Atualmente, 112 homens compões a Força Tarefa de Intervenção Penitenciária (FTIP) – ação que vem sendo realizada no presídio de Alcaçuz desde o fim das rebeliões de janeiro. Na ocasião, pelo menos 26 presos foram mortos. O episódio ficou conhecido como ‘Massacre de Alcaçuz’ – o mais violento da história do sistema carcerário potiguar.
A publicação autoriza os agentes a exercerem atividades e serviços de guarda, vigilância e custódia de presos, especificamente na Penitenciária Estadual de Alcaçuz. O presídio, o maior do Rio Grande do Norte, fica em Nísia Floresta, cidade da Grande Natal.
Ainda de acordo com o decreto, o número de profissionais disponibilizado pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública obedece ao planejamento definido pelos entes envolvidos na operação.
*G1RN

Nenhum comentário:

Postar um comentário