APOIO

APOIO

segunda-feira, 6 de março de 2017

Parelhense acusado de matar familiar do cabo J. Neto é preso na capital do estado


Uma ação de policiais civis da Delegacia do Meio Ambiente (DEPREMA) e da 2ª. equipe do Plantão Zona Sul resultou na prisão do foragido da Justiça, Josenaldo Dias de Azevedo, conhecido como “Naldinho”, na noite desta sexta-feira (03).
O homem, que é da cidade de Parelhas, havia sido preso em 2014 com mais de 700 Kg de drogas na cidade de Parnamirim, acusado de comandar uma associação criminosa integrada por traficantes. Ele estava foragido da Justiça há mais de um ano.
No ano de 2012 "Naldinho" e o irmão mataram um sobrinho do Cabo J. Neto, que foi assassinado nessa madrugada em sua residência na cidade de Parelhas. A prisão de Naldinho pode produzir uma linha de investigação sobre a morte do PM.
Por outro lado policiais militares da cidade de Parelhas, prenderam em flagrante Josenildo de Souza Filho, 22 anos; Francilene Araujo Silva, 36 anos; Bruno Silva da Costa, 18 anos e apreenderam um adolescente de 17 anos que estavam portando dois revólveres e munições, na manhã do sábado (04).
O grupo foi conduzido para a Delegacia de Plantão de Polícia Civil de Caicó onde foi autuado em flagrante pelas práticas criminosas.
Josenildo e Francilene foram autuados pelos crimes de porte ilegal de arma de fogo de uso permitido, corrupção de menor e associação criminosa. Bruno foi autuado pelos crimes de porte ilegal de arma de fogo de uso permitido, disparo de arma de fogo, corrupção de menor e associação criminosa.
O adolescente foi autuado pelos atos infracionais análogos aos crimes de posse ou porte ilegal de arma de fogo de uso restrito e associação criminosa”, detalhou o delegado da DP de Caicó, Bruno Ferraz.
Fonte: Blog do Jair Sampaio

Nenhum comentário:

Postar um comentário