APOIO

APOIO

segunda-feira, 6 de março de 2017

Policial é assassinado em sua própria residência

Um crime de morte foi registrado na noite desta sexta-feira (03/03) na cidade de Parelhas-RN, onde assassinaram o PM J. Neto em sua própria residência. 
O PM levou tiros no rosto, cabeça e em um dos braços. O assassino, que seria um ex-presidiário, também morreu. O cabo Humberto Almeida, que também trabalha em Parelhas, contou que o cabo J. Neto e a família estavam dormindo quando o criminoso invadiu a casa. "Disseram que ele entrou pelo telhado, mas isso ainda está sendo apurado. O fato é que ele invadiu a residência e executou o policial. Antes, o assassino ainda disse: mandaram eu fazer, então eu vim fazer", ressaltou.
"A mulher viu tudo. Já filha, que ficou trancada no quarto dela, foi quem ligou para o 190 e acionou a guarnição. Na fuga, o criminoso ainda fez a mulher do cabo de refém, trocou tiros com os policiais que foram atender a ocorrência e acabou baleado e morto", acrescentou Humberto.
O homem que matou J. Neto foi identificado apenas como 'Nico'. Segundo o cabo Humberto, ele teria deixado a prisão a pouco tempo após cumprir pena por homicídio. A arma que estava com ele, um revólver calibre 38, foi apreendida.
 
Foto: Milton Oliveira
Matéria: G1 RN

Nenhum comentário:

Postar um comentário